01 junho 2015

Fenix

Para quem não conheçe a estória da Fênix, ela é um pássaro da mitologia grega que, quando morria, entrava em auto-combustão e, passado algum tempo, renascia das próprias cinzas. Outra característica da fênix é sua força que a faz transportar em voo cargas muito pesadas, havendo lendas nas quais chega a carregar elefantes. Podendo se transformar em uma ave de fogo.
Pois é, como uma fenix o portador de TOC ressurge das cinzas depois de cada crise. Alguns também vão considerar esse post como uma fenix afinal o blog está renascendo das cinzas após 1 ano sem post :). Sem um post novo porém sempre com novos comentários (que já estou ficando atrasado na leitura dos comentários).
O TOC é uma montanha russa e tem seus altos e baixos, passamos um período de tranqüilidade onde os pensamentos estão mais amenos e tudo parece ir bem e períodos de crise onde os pensamentos se acentuam e achamos que não vamos dar conta ou que vamos morrer mas passado esse período de crise, renascemos das cinzas e vem novamente o período de bonança. Apesar do TOC ser uma doença crônica seus sintomas não são crônicos, eles podem até sumir por um tempo e voltar, pode piorar muito mas não fica assim para sempre e é nesses momentos de calmaria que recuperamos as forças para enfrentar novas crises.
Todo portador de TOC é muito parecido então falo muito de mim, de como eu sou e quase todos que leem os posts acham que eu escrevi contando a estória deles mas não, é a NOSSA estória. Apesar disso somos indivíduos e como a própria palavra diz temos gostos individuais, características individuais e pensamentos individuais então sempre em uma coisa ou outra vamos nos diferenciar. Mas na essência mesmo, no sofrimento com os rituais somos todos iguais. Não podemos pensar que nosso sofrimento é maior que o do colega "tocado" ou então que nossos rituais são mais esmagadores que o do outro pois cada pensamento obsessivo, cada ritual compulsivo é baseado em nossos medos individuais. O TOC molda cada obsessão e compulsão de forma personalizada para que ela traga sofrimento ao portador e muitas vezes essas mesmas compulsões e obsessões não traga sofrimento na mesma proporção para outro "tocado".
Por isso se voce tem pensamentos de pedofilia que invadem sua mente e voce tem medo de ficar perto de crianças achando que vai fazer algum mal a elas, com certeza isso te traz muito sofrimento e angústia e definitivamente isso caracteriza que voce NÃO é um pedófilo, apesar de voce achar o contrário. Se voce fosse um pedófilo voce não se importaria em ter esses pensamentos, pelo contrário, voce sentiria prazer nisso e o TOC não te permite ter prazer.
É difícil aguentar as compulsões, é impossível impedir os pensamentos mas voce precisa saber, durante as crises, que voce não é homossexual como o TOC sugere, que voce não tem uma má índole e que voce não vai fazer mal a alguém e muito menos a voce. Voce precisa ter convicção disso para que, depois que o TOC te consuma e voce vire cinzas, voce possa renascer delas e viver mais um ciclo.
Eu gostaria de fazer uma tatuagem de uma fenix em minhas costas para me lembrar o tempo todo da minha natureza, da minha capacidade de renascer das cinzas cada vez que o TOC me consome como fogo, principalmente nos momentos no qual ele está me consumindo ou quando sou apenas cinzas. Enquanto isso tenho a foto de uma amiga que tem uma linda fenix em suas costas então enquanto isso me contento olhando para as costas dela quando estou assim :). Espero que ela leia esse post pois com certeza vai se identificar, quem sabe ela até não me deixa colocar essa foto nesse post para que muitos façam o mesmo?!?!?!
Gosto muito de fábulas e no próximo post vou contar uma fábula que talvez ajude a aceitar nossa natureza e entender que não somos o que o TOC muitas vezes diz que somos. Não podemos mudar nossa natureza mas podemos resistir aos instintos que o TOC nos impõe e insiste em dizer que faz parte de nossa personalizade.
Abraços a todos os irmãos(ãs) "tocados"
Miguelito

58 comentários:

  1. Mig e amigos, saudades do blog :)

    "...Como uma fênix o portador de TOC ressurge das cinzas depois de cada crise" e, igualmente, como uma fênix suportamos cargas por vezes tão pesadas...

    Recordemos sempre as palavras de Jesus "Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve. Mateus 11:29,30".

    Sigamos, nos apoiando em nossa fé e uns nos outros! Somos irmãos! Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Opa! Que ótimo q não tenho q colocar códigos de confirmação! Eu não sou um robô! kkkkk :D

    ResponderExcluir
  3. o amigo muitas vezes conversei contigo sobre o toc no face continue com suas postagem sao bençaos na vidas de todos nos Deus te abençoe !

    ResponderExcluir
  4. miguelito, que bom q escreveste!!!!!!!! nao abandona o blog! ele nos ajuda bastante!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que pensa assim, pretendo voltar a escrever sim

      Excluir
  5. Grande texto Miguelito. O grande problema para o portador do TOC realmente são as dúvidas, não é atoa que a doença é chamada de "doença da Dúvida", por maior a certeza que se tenha o simples fiapo de dúvida é o estopim para gerar um Medo terrível. Sempre procuro utilizar a Razão acima de tudo, mas quando estes pensamento obsessivos aparecem, chego a duvidar até das minhas certezas! Mas o importante é não desistir e fazer como a Fenix... Continue a escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amigo, que bom que gostou do texto e que ele te faz bem, sem esse feed back é triste escrever.

      Excluir
  6. Olá a todos,
    tenho andado mto triste e sem esperança. Passo os dias quase vegetando e já não sei mais o q fazer.
    Miguelito, Deus te abençoe por vc ter voltado a escrever, eu esperei ansiosamente por isso. Esse espaço é um dos poucos em português pra discutirmos e abrirmos os nossos corações. Eu tenho escrito bastante no fórum do site ocdaction, q é inglês. Tem sido o meu apoio nesses tempos de crise.
    To com mto medo e minhas forças estão se esvaindo... O meu toc não tem compulsões físicas, e piorou mto há 2 meses. Estou desesperada! Amanhã faz 1 mês q to indo à psicóloga, mas ainda não consegui contar td a ela. Eu fico horrorizada com os meus próprios pensamentos.
    To tomando sertralina há quase 1 mês (25mg) mas não sei se ela fez algum efeito já, acho q não...

    Eterna!! Pensei tanto em vc e no seu apoio! Vc é iluminada!
    Gente, eu to sentindo q a corda tá no último fiozinho, prestes a arrebentar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, passados 6 meses com a medicação espero que vc esteja melhor. Nos escreva dizendo como está para nos confortar.
      Abraços

      Excluir
  7. A metáfora da fênix foi fantástica! Tb me sinto assim! Passa a crise, vem a vida, vem o ar puro pra respirar, some a cortina de fumaça q nos priva de existir.
    Eu tv mto feliz esse ano, ia fazer 1 ano sem crise de pensamentos obsessivos. Eu tv cheia de planos pro presente e pro futuro, realizei alguns sonhos, tv apaixonadinha por um menino maravilhoso, prestes a investir nele, me realizando acadêmica e profissionalmente... aí o toc simplesmente resolveu me nocautear! To devastada!
    Por favor, mandem algum alento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, não se deixe derrubar pelo TOC, assim como os homens, o TOC também não mereçe as lágrimas das mulheres :D

      Excluir
  8. Deixo aqui pra vcs o link do ocdaction: http://www.ocdaction.org.uk/
    E tb o projeto do suíço Elvis Gomes, lindo demais: http://ocdletmego.com/

    Espero q leiam com carinho! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa noite, peço sua permissão para passar esse material para outras pessoas. muito bom, parabéns por postar.

      Excluir
  9. Se eu dissesse q tv com saudade do blog, pra mim seria a pior mentira do mundo, pois se voltei ao blog e pq to no meio de uma crise. Queria msm era q nao precisasse mais ter um blog como esse pra ninguem.
    O pouco q me alegra e o apoio e carinho de vcs, amigos.

    Bem, eu tenho uma pergunta e gostaria de saber se isso e normal: to na medicacao vai fazer um mes, e o q sinto no momento e como se eu estivesse sentindo dor estando anestesiada. E a minha quarta crise e to bem mal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, acredito que agora já esteja se sentindo melhor pois se passaram mais de 6 meses né? Como vc está?

      Excluir
  10. Bom, eu nunca fui de escrever nada em internet, nunca mandei perguntas no yahoo ou outros veículos de mídia, mas sempre busquei ler coisas parecidas com o que eu passava e nesse post o Miguelito tocou em 2 obsessões que eu passei e venho passando ao longo dessa jornada contra o toc, então decidir fazer um relato para ajudar pessoas a entender o que estão passando, talvez se identificarem e verem que não estão sozinhas. Bom, comecei a ter essas obsessões de pensamentos em 2011, tudo começou com um breve pensamento “e se um dia eu virar gay?”, ai pronto... Comecei a alimentar esse pensamento, comecei a ficar paranoico porque sempre tinha me relacionado com mulheres, sempre fui atraído por elas e o meu medo era que em algum momento, do nada, eu virasse gay... só que esse momento nunca chegava, mas a “espera” causava angustia e muuuuita ansiedade. Com isso, encheu minha mente de pensamentos intrusivos, fiquei tentando lembrar se tinha alguma coisa na minha vida que me levasse a ser gay (até o modo de sentar ou falar) até que surgiu o primeiro ritual... eu ficava me testando mentalmente, todo homem que passava eu pensava: “deixa eu ver se eu sinto algo por ele” e ficava tentando forçar uma possível atração, mas não me atraia e só causava mais sofrimento. Cheguei a ficar um dia vendo fotos de homem pra ver se sentia algo, sendo que com mulher essa atração era natural, pensamentos do tipo: “deixa eu ver se sinto vontade de beijar esse cara... OPA, que mulher linda atrás dele. Agora deixa eu voltar a tentar sentir algo por ele” Pensamento sem nexo, mas os tocados sabem, tem convicção que a maioria dos pensamentos que surgem não tem sentido, só que não param e se você alimentar só pioram. Agora sobre a pedofilia, a obsessão surgiu da mesma forma, resumindo... eu ficava com medo de me tornar pedofilo um dia e isso me fez ficar longe de crianças e quando eu passava perto de alguma, ficava ansioso demais e muito nervoso, a ponto de voltar pra casa e ficar lá sofrendo. Os pontos que eu reparei nesses anos de sofrimento são que: 1- os Pensamentos nunca geraram desejo, só sofrimento /2- Focava nos meus maiores medos e o toc tem gatilho forte para te fazer acreditar em algo que não existe/ 3- Prestei atenção que meus pensamentos eram sempre focados em “um dia vc vai virar isso”, mas o dia nunca chega. Bom galera, ser pedofilo e gay são só duas obsessões de várias que ando tendo, é uma luta diária mas estou aqui pra falar que vocês não estão sozinhos nessa. Tem dias que o toc nos vence, mas tem outros que a gente vence de “GOLEADA” haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e desculpa os erros de português, escrevi na pressa aqui kkkk

      Excluir
    2. Eu te entendo completamente, FA. Essa tb e uma obsessao pra mim. :( O q acontece e q o toc me faz ter horror as mulheres, por mais lindas q elas sejam. Sempre fui apaixonada pelos meninos, sonhando em ter um namorado q me ame e me respeite, e q case cmg e td o mais... Sao sentimentos diferentes: com um menino gatinho ou q gosto, o q sinto e nervosinho, aquele friozinho e talz. Agora menina, e um pavor q o toc instaura em mim, tipo: "ela e bonita, q bom q ela e bonita, nao sou como ela, vou vomitar ecaaaa"!!

      Excluir
    3. Estranho ver alguém com os mesmos pensamentos que você... Incrível como sofremos por causa de um simples pensamento!

      Excluir
  11. Parabéns pela mensagem! Fico feliz em ter descoberto este blog. Me identifiquei com as palavras e o sofrimento descrito. Tenho TOC há pelo menos uns 20 anos, desde criança. Nunca tomei nenhum remédio por medo de efeitos colaterais, medo de ficar pior. Sempre suportei as crises através da reflexão e da fé, mas sempre foi muito doloroso, enfim. Penso como você: A fênix descreve muito bem o peso e o ciclo que enfrentamos e, apesar de tudo, nos mostra que para passarmos por tudo isso somos tão fortes quanto ela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amigo ou amiga, reflexao e fe sao fundamentais a tds nos, mas o tratamento e imprescindivel. Nao deixe de busca-lo, eu te peco de td o coracao. Nao e so tomar remedio, tem a parte da terapia td. Por favor, procure ajuda.

      Excluir
  12. Apos 18 anos de muito sofrimento.comecei meu tratamento faz tres meses.estou tomando medicação e fazendo tcc.estou melhorando.aprendendo a entender meus pensamentos.mas assim como um viciado em drogas.tenho recaidas.vivendo um dia de cada vez.finalmente consegui postar nesse blog.fazia dias que tentava.desejo força a todos nos.pois só quem tem toc sabe o sofrimento que é.abraço

    ResponderExcluir
  13. eu sou portador de toc tambem começou quando tinha 17 anos mais nunca fui salvável psicologicamente, queria conversar sobre isso com alguem, como funciona esse grupo do yahoo achei muito confuso nao tem outro grupo nao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Anônimo!
      Você conhece a Astoc - Associação Brasileira de Síndrome de Tourette, Tiques e Transtorno Obsessivo Compulsivo - Lá tem os grupos de apoio disponíveis em várias cidades. Talvez vc dê sorte de sua cidade estar lá. E fique a vontade para expressar o q sente, tenho certeza q eu e todos amigos estarão disposto a te ajudar. Pois só quem passa pelo TOC, sabe como é horrìvel. E vc está tendo algum tipo de ajuda profissional? Abraço e fique com Deus.

      Excluir
  14. Boa noite a todos !

    Sou a Talita.

    Primeiramente gostaria de agradecer ao Miguel pelo blog, pois através dele fui mto ajudada e espero poder ajudar alguém assim como fui. Eu visito o blog faz um tempo...a primeira vez acho que foi a 2 ano atrás, melhorei e no ano passado após o falecimento do meu tio , eu voltei a ler, isso faz 1 ano...já li vários post e mtoos comentários.
    Conheço o TOC desde que conheço por gente, quando criança, eu tinha que tocar nos objetos,pisar no mesmo lugar, um determinado número de vezes, cresci e me lembro de ter o TOC de pensamento, foi uma fase, eu me lembro que teve uma época da minha vida que não tinha toc, ou eles estava tão brando que não me incomodava, sempre vinha uns pensamentos , mas nada que me paralisasse, pois bem, 1ano atrás, após o falecimento do meu tio, doenças, o Toc veio com muita força, horrível, pensamentos, rituais me paralizavam e eu lembro bem do seu " retorno" , eu senti que ele estava voltando e eu? Perdi o controle, me entreguei, quis entender, revirei o blog...
    Eu entendo o que o ocorre comigo e pode ser com você tbm, eu tenho mto medo de perder familiares, de morte, de acontecer algo com eles e é aí que o toc me pega. Eu préciso fazer rituais dentro da minha cabeça, foi até como um comentário que li, mas desculpem, não lembro o nome da pessoa, mas o mesmo ocorre comigo, eu precisopensar algo, as vezes " despensar" aquilo que pensei, pensar em situações uma determinada de vezes, dizer frases mentalmente, palavras, lembrar de situações, esquecer outras... É horrível, não posso pensar em algo, as vezes não posso falar algo, as vezes não posso escrever algo, até em mudar de canal o toc me pega...
    E como controlar o pensamento? Qto mais eu não quero pensar,mas me vem o pensamento na cabeça...
    Com a ajuda do blog, eu estou tentando me entender e passo a voces o que faço, quando vem o pensamento na minha cabeça, eu paro, analisou e vejo que ele é fruto da minha imaginação, mtas vezes acho que se eu não fizer determinada coisa, tem uma força do mal q vai agir,matar,sei lá minha família s eu me cobro e eu quero salva-los...pois bem, comecei a confrontar minha mente, é ela que faz isso comigo, não existe força do mal, as forças que estão comigo são do bem, querem o meu bem e da minha família, não sou Deus, não eh porque deixode fazer isso ou aquilo que vai acontecer algo ...sei que é difícil, estou melhor, mas é um dia de cada vez, sinto que qdoesrou ansiosa o toc vem com tudo, quando ele vier,o confrote, não faça o que ele pede, vá fazer outra coisa, aja ao contrário, não somos Deus, não temos o controle e não somos ruins ao ponto de viver a vida com culpa...é um exercício diário, não dê trela aos pensamentos, a unica coisa ruim que existe é a sua mente querendo te sabotar, não a ouça, seja mais forte, se eu passo por isso e mtas pessoas aqui tbm, é porque toc é algo que ocorre por uma ansiedade fortíssima e nada do que ele fala acontece. O toc pega no nosso ponto fraco, aquilo que mais temos medo de ocorrer, enfrente esse medo. Vamos juntos.
    Um beijo a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa vc falou certinho tudo que eu passo !!! Mas sempre que tento deixar " os comandos " de lado os pensamentos forçam e me pegam pelo ponto fraco , familia . E eu tenho medo e acabo fazendo . Ando ficando paralizada sem vontade de me levantar da cama pq sei q vou ter que fazer uma serie de coisas, ultimamente nem consigo olhar pra fotografias sem passar ao menos 10 minutos seguindo rituais absurdos !
      Mas com fé em Deus nós podemos nos livrar disso !

      Excluir
  15. Boa noite a todos !

    Sou a Talita.

    Primeiramente gostaria de agradecer ao Miguel pelo blog, pois através dele fui mto ajudada e espero poder ajudar alguém assim como fui. Eu visito o blog faz um tempo...a primeira vez acho que foi a 2 ano atrás, melhorei e no ano passado após o falecimento do meu tio , eu voltei a ler, isso faz 1 ano...já li vários post e mtoos comentários.
    Conheço o TOC desde que conheço por gente, quando criança, eu tinha que tocar nos objetos,pisar no mesmo lugar, um determinado número de vezes, cresci e me lembro de ter o TOC de pensamento, foi uma fase, eu me lembro que teve uma época da minha vida que não tinha toc, ou eles estava tão brando que não me incomodava, sempre vinha uns pensamentos , mas nada que me paralisasse, pois bem, 1ano atrás, após o falecimento do meu tio, doenças, o Toc veio com muita força, horrível, pensamentos, rituais me paralizavam e eu lembro bem do seu " retorno" , eu senti que ele estava voltando e eu? Perdi o controle, me entreguei, quis entender, revirei o blog...
    Eu entendo o que o ocorre comigo e pode ser com você tbm, eu tenho mto medo de perder familiares, de morte, de acontecer algo com eles e é aí que o toc me pega. Eu préciso fazer rituais dentro da minha cabeça, foi até como um comentário que li, mas desculpem, não lembro o nome da pessoa, mas o mesmo ocorre comigo, eu precisopensar algo, as vezes " despensar" aquilo que pensei, pensar em situações uma determinada de vezes, dizer frases mentalmente, palavras, lembrar de situações, esquecer outras... É horrível, não posso pensar em algo, as vezes não posso falar algo, as vezes não posso escrever algo, até em mudar de canal o toc me pega...
    E como controlar o pensamento? Qto mais eu não quero pensar,mas me vem o pensamento na cabeça...
    Com a ajuda do blog, eu estou tentando me entender e passo a voces o que faço, quando vem o pensamento na minha cabeça, eu paro, analisou e vejo que ele é fruto da minha imaginação, mtas vezes acho que se eu não fizer determinada coisa, tem uma força do mal q vai agir,matar,sei lá minha família s eu me cobro e eu quero salva-los...pois bem, comecei a confrontar minha mente, é ela que faz isso comigo, não existe força do mal, as forças que estão comigo são do bem, querem o meu bem e da minha família, não sou Deus, não eh porque deixode fazer isso ou aquilo que vai acontecer algo ...sei que é difícil, estou melhor, mas é um dia de cada vez, sinto que qdoesrou ansiosa o toc vem com tudo, quando ele vier,o confrote, não faça o que ele pede, vá fazer outra coisa, aja ao contrário, não somos Deus, não temos o controle e não somos ruins ao ponto de viver a vida com culpa...é um exercício diário, não dê trela aos pensamentos, a unica coisa ruim que existe é a sua mente querendo te sabotar, não a ouça, seja mais forte, se eu passo por isso e mtas pessoas aqui tbm, é porque toc é algo que ocorre por uma ansiedade fortíssima e nada do que ele fala acontece. O toc pega no nosso ponto fraco, aquilo que mais temos medo de ocorrer, enfrente esse medo. Vamos juntos.
    Um beijo a todos

    ResponderExcluir
  16. Boa tarde a todos.

    Primeiramente gostaria de parabenizar o dono do blog, pois através deste já encontrei várias situações semelhantes que já vivenciei ou tenho vivenciado.
    Descobri que também sou portador do TOC há 10 anos, sofro muito pelos pensamentos obsessivos. Faço o tratamento por medicação e recentemente comecei a TCC.
    Tenho enfrentado uma crise novamente, mas como na história da Fênix "...o portador de TOC ressurge das cinzas depois de cada crise."
    Gostaria de compartilhar o que venho sentindo e ver se mais alguém já passou ou passa por isso.
    Ultimamente o que tem mais me incomodado é o medo, que gera ansiedade e aflição e me causa alguns sintomas físicos como cabeça pesada, vista embaçada,sensação de tontura etc.
    Vou citar aqui alguns medos que me incomodam:
    - medo de perder algum ente querido e de aceitar que um dia todos irão morrer;
    - medo de morrer, de ter ou estar com aluma doença. Como tenho a presença dos sintomas físicos como vista embaçada e tontura, que acredito que sejam causados pela ansiedade, eu penso que posso estar com alguma coisa, a sensação parece real;
    - medo de desmaiar ou ter alguma convulsão, isso me gera uma sensação de pânico.

    Infelizmente os medos que venho sentindo são estes. Alguém já teve estes sentimentos?

    Obrigado. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses são os pensamentos que me atacam a todo momento . O medo de perder alguem é o mais comum e o que me faz realizar mais manias ... Tambem se sinto qualquer tipo de dor ja me atacam os pensamentos , o medo de pegar alguma doença me faz fazer tudo oq as manias pedem, Tem momentos em que entro em desespero pois acho que nao vou conseguir mais parar de colocar e tirar uma peça de roupa, de ligar e desligar o chuveiro, de entrar e sair de dentro de casa , eu procuro pensar que um dia isso vai passar , gritoo pra essas manias em voz alta ( quando estou sozinha ) que essas manias não são verdadeiras e que Deus é maior .

      Excluir
    2. Oi Jaqueline, vc nunca está sozinha. Deus está com vc e vc tem esse blog para desabafar.
      Beijos,

      Excluir
  17. Querido(a) amigo(a), é incrível, estou com minha mãe aqui do lado e tivemos a sensação enquanto líamos que vc estava contando a minha história, exatamente igual. Tenho esses mesmos medos seu.
    Pra mim é como se viver fosse perda de tempo, pois um dia vai acabar mesmo, tudo virará passado. Medo de perder a minha mãe ou meu pai. E assim por diante. Vou citar o que estou fazendo para melhorar desta crise, aproveite o que achar interessante e abandone o que não faz sentido pra vc.Porém, através de pesquisas estatísticas, foi reconhecido que o tratamento multidisciplinar que gera o melhor resultado é a união de medicamentos, tcc, psico educação e apoio da família. Abaixo vou te passar um livreto para a sua família ler e entender como se relacionar com vc para que obtenha substancial melhora. Também estou tomando remédio e começei semana passada na TCC, to gostando bastante. Já li o livreto pra minha família, creio que o correto seria eles lerem sem a minha presença, mais como meus pais tem um pouco de dificuldade de interpretarem o que le. resolvi le-lo para eles. Faça como achar mais interessante. Procuro também informação na net sobre o Toc. Conselho! informação é essencial só não se deixe levar pelo excesso dela, isso faz mal. Nós com toc temos obsessão em saber tudo a fundo. não sei se é seu caso, mas se policie nisso. Até água demais faz mal rsrs. Creio q um dos passos mais importantes rumo a melhora é entender que nossos pensamentos são apenas eventos mentais, é apenas a mente te dando opções, mas não quer dizer que todas estão corretas ou são a realidade e vc necessita entender que pode escolher se vai usar aquele pensamento ou não. Vc é o chefe da sua vida e não seus pensamentos. Quer ver, pare agora, e pense em um elefante rosa, tenho certeza q conseguiu. Então diz pra mim, elefante rosa existe? É mais ou menos por ai. Se já ouviu essa tecnica,que valha pra relembrar então. E a ansiedade que gera é tenso né! E com certeza sua terapeuta vai falar pra vc, se já não falou, que para melhorar deverá aceitar a ansiedade e é isso mesmo. Sei que é difícil viver com ela, mais creia, o jeito mais fácil de diminui - la será a aceitando. Vou te enviar também uma tecnica chamada A.C.A.L.M.E - S.E, se já conhece dá mais uma lida para fixa-la mais. Estou lendo um livro muito bom também chama -se ATENÇÃO PLENA de Mark Williams e Danny Penman. Puxa o resumo na net pra ver ser acha interessante. Posso ir te ajudando durante as meditações, já estou quase no fim e gostei muito das tecnicas.Eu sei que é difícil fazer isso e nesse caso vc não pode falar que só quem sabe que tem, por que eu tenho rsrs e ele é bem forte em mim, acredite. Muito obrigado por me ouvir e tenha a certeza que me ajudou muito. Fique com Deus e seja mais insistente do que o TOC, retroceda as vezes, mais não desista jamais.
    Livreto:
    https://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=2&cad=rja&uact=8&ved=0CCMQFjABahUKEwig5MmxmsPHAhUGIZAKHTx7Cc8&url=http%3A%2F%2Fwww.protoc.com.br%2Fwp-content%2Fuploads%2F2011%2F10%2FAprendendo-a-Viver-com-TOC.pdf&ei=etXbVaC_NobCwAS89qX4DA&usg=AFQjCNHq6f_nJAXZ5QRfCMG9Z-Utu7JC8Q&sig2=nC_-yp6qzVQhpPqJl02M8w

    pdf técnica A.C.A.L.M.E – S.E:
    filesystem:https://mega.nz/temporary/mega/fZxRyRoY

    E vídeo falando sobre a técnica:
    https://www.youtube.com/watch?v=x4yJeq1qiXk

    ResponderExcluir
  18. Olá amigo(a), obrigado por sua resposta, como é bom saber que alguém já passou por isso também, me senti mais confortável ao ler seu depoimento. Temos que enfrentar esse medo/ansiedade. Vou dar uma olhada nas referências que me passou.
    Qualquer coisa que precisar pode contar comigo também. Vamos trocando experiências.
    As pessoas que estiverem lendo este post, fiquem à vontade também para relatar suas experiências.
    Fiquem com Deus. Abraços

    ResponderExcluir
  19. Ola, eu sou a Mary!
    Agradeço a todos vós os relatos vivenciados nos quais me identifico. Ao Miguelito um muito obrigada pela criação deste blog que nos permite uma entreajuda mútua. Um porto seguro nas horas difíceis.
    Deixo-vos o testemunho de como o toc devastou a minha vida.
    Tudo começou quando tinha cerca de 17anos (atualmente tenho 36): ao passar na rua por uma moça, surgiu-me um pensamento intrusivo " será que molestei a moça?" a partir desse dia, minha vida virou um inferno.
    Tal pensamento/duvida não saia da minha cabeça, foram surgindo cada vez mais pensamentos absurdos, a ansiedade consumia-me diariamente, não dormia, ataques de pânico acompanhados de tremores de frio e calor...sentia-me culpada por acontecimentos externos.....sentia-me a eloquecer. Não podia contar com a ajuda da minha família, pois minha mãe era muito doente (desde muito nova sofria de depressão que se agravou com a morte de um irmão meu quando este tinha 9 anos, que fez com que fosse internada varias vezes. Não era eu ainda nascida) meu pai uma pessoa fria. Ja sem mais forças, decidi procurar ajuda num psiquiatra, que não deu em nada (não gostei do atendimento)...... Entretanto fui arranjando maneiras para afugentar os pensamentos, arranjava namoricos, tentava não ficar muito tempo em casa, embora não me sentisse bem em lado algum...
    Era boa aluna mas no ultimo ano do liceu acabei por perder em matematica para espanto dos professores, o que me obrigou a repetir mais um ano. Quando entrei na faculdade....os pensamentos apareceram com mais intensidade, acompanhados de compulsoes, comecei a controlar os meus atos (pois nao me restavam duvidas que eu so podia ser/estar louca) evitava chegar perto de criancas, mulheres gravidas...tinha medo de estar em espacos publicos com medo de perder o controlo. Ate que decidi contar ao meu pai e namorado que tinha na altura o que se passava comigo.....simplesmente, disseram que estava louca e ia acabar num hospício tal como minha mae. O namoro terminou e nesse mesmo dia tomei um embalagem inteira de comprimidos e fui parar no hospital....queria morrer..não queria mais sofrer...não aceitava a minha condição de ser tao jovem e estar a eloquecer, sem apoio de ninguém....
    Quando acordei no hospital, encontro meus pais do lado e algumas colegas da faculdade.....mas tudo pensou que fosse o rompimento com o namorado...
    Voltei para casa e so queria apenas morrer.....cheguei a comprar por 2 vezes veneno para tentar novamente o suicidio.....mas nao tive coragem!
    Procurei psiquiatras, psicólogos, fiz psicoterapia...de nada resultou (uns referiam que sofria de agorafobia, outros diziam que era ansiedade extrema , outros depressao....) até que conheci ha 2 anos um psiquiatra conceituado que me diagnosticou oToc. Durante 1 ano tomei cipralex...agora refere que tenho que ir conseguindo dar a volta aos pensamentos.....e largar a medicação..! O pior é que não me sinto segura.....
    Obrigada
    Até breve

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, boa noite!
      Você não é o seu TOC, ele é uma parte pequena de você. E quando pensares distorcidamente perceba que vc não é aquele pensamento, que pode dizer assim:
      " Tenho medo de querer molestar uma criança" Esse pensamento de forma alguma quer dizer que vc é pedófila. É apenas um pensamento intrusivo e repetitivo da sua mente. Deixe-o passar como uma nuvem passa no céu. Sei que falar assim soa fácil. Tenha certeza que também sofro. Mas creio ser uma questão de prática, entendimento e aceitação. Ame-se e nutra a compaixão por si e pelo outro. Confia em mim, vai passar. E sobre a falta de apoio da família, estamos aqui. Lembre-se disso, considere-nos como irmãos e conte com nosso apoio. Juntos somos mais fortes.

      E para saber, além do psiquiatra, está fazendo TCC?

      Veja esse vídeo é bem reconfortante e o blog é bem reconfortante.

      http://www.ocdaction.org.uk/
      E tb o projeto do suíço Elvis Gomes, lindo demais: http://ocdletmego.com/

      Excluir
    2. Olá Mary, espero que não tenha mais pensado em suicídio. Certeza de que vc é uma garota muito bonita e será feliz quando o TOC te der uma trégua

      Excluir
  20. MARY
    Tenho toc desde pequena...com alguns riuais apenas, mas aos 16 anos tive uma crise horrível e começou exatamente como a sua...com o mesmo pensamento...nunca me esqueci desse dia.
    Agora.começo do ano tive outra crise exatamente igual, foi onde não suportei, quando.fiz planos até de me matar foi quando procurei ajuda onde fui diagnosticada com toc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, vc tbm tentou se matar? Será uqe o TOC vale isso?

      Excluir
  21. Olá pessoal, bom dia. Alguém já teve pensamentos sobre a sua existência, porque estamos aqui, como fomos criados e também aquela sensação que parece que nada é real, e também dúvidas sobre o que é certo ou errado.

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, amigo(a), isso é típico do toc, é horrível né. Mas tenha paciência. Com o tratamento correto, isso vai passar: Psiquiatra, TCC, psico educação e apoio da família e fé na sua crença tenha certeza. VAI PASSAR.

      Excluir
    2. Anônimo tenho essa mesma sensação q vc, é horrivel...
      Mas tenho fé em Deus q tudo isso vai passar!!!

      Excluir
    3. Anônimo tenho essa mesma sensação q vc, é horrivel...
      Mas tenho fé em Deus q tudo isso vai passar!!!

      Excluir
    4. Oi Faby,

      Pois é, estas sensações são horríveis.
      Estes pensamentos sobre a origem da vida, como tudo foi criado, se você é real ou não, porque vivemos se um dia vamos morrer, qual o sentido de tudo isso, nos deixa bem confusos.
      Mas acredito em Deus e sei que a criação veio Dele e que cada um de nós tem um objetivo aqui e temos que viver este milagre que é a vida.

      Abraços

      Excluir
  22. Oii sou a Vanessa....falei antes que tive as mesmas dúvidas que a Mary...e ja tive pensamentos sobre se somos reais mesmo...É muito estranho...

    ResponderExcluir
  23. Creio que o primeiro passo é aceitar a nossa condição. Não tenho vergonha nenhuma em ter TOC. Na nossa sociedade a doença mental é muito estigmatizada, e as vezes reclamo disso. Mas veja bem, se nós próprios temos vergonha em tê - la, por que os outros que não as tem deveria. Acredito que o fim do preconceito, deve se iniciar por nós e só assim poderemos conscientizar as outras pessoas. Não temos culpa em tê - la, mas temos certa culpa em como a administramo -as. Quanto maior a divulgação do TOC, melhor pra nós. Entenderão melhor nosso sofrimento, a informação consciente traz isso consigo e aumentará o incentivo para pesquisas. Devemos lutar por isso.
    Olha o que esse cara faz pela gente. Só dando crédito foi um anônimo acima que os postou.
    Segue o vídeo e o blog, muito dignificante.

    http://www.ocdaction.org.uk/
    E tb o projeto do suíço Elvis Gomes, lindo demais: http://ocdletmego.com/

    ResponderExcluir
  24. Bom dia. Alguém de vocês quando está em crise já passou dias com a cabeça pesada, vista um pouco embaçada, um pouco de tontura ? Acredito que seja por causa da ansiedade/medo. Abraços

    ResponderExcluir
  25. Sim, eu fico assim. Se vc já descartou outras possibilidades para esses sintomas, como por exemplo, problemas cardíacos, pressão, etc. E já foi diagnosticado com TOC pelo psiquiatra, perceba que a tontura é por causa da respiração curta, pois seu cérebro está se preparando para fugir ou lutar e está te tornando mais apto para isso, a vista embaçada pode ser pelo dilatamento das suas pupilas para que vc encontre mais rápido a saída para fuga e a cabeça pesada pode ser do excesso de glicose que seu corpo manda para o cérebro, te dando mais oxigênio e energia. O que precisa mudar é sua interpretação em relação aos pensamentos distorcidos, entender que eles não são a realidade, são apenas construções mentais, sei que não é fácil, mas garanto, é possível.

    Já procurou ajuda profissional?

    Fique com Deus e que ele te conceda bons pensamentos.

    ResponderExcluir
  26. Oii,sempre que procurava por alguma coisa sobre toc,caia nessa página aqui é toda vez que leio algo eu sinto um "certo" alívio no peito de ter pessoas no mesmo barco que eu..Olha,o que eu já sofri nesse ano com o toc não é brincadeira,esse ano ele veio com uma intensidade enorme(logo após uma decepção amorosa),sabe,as vezes me sinto a pior pessoa do mundo,com pensamentos que vou me machucar,que vou machucar minha família,algumas vezes até meus amigos,eu tive uma gestação muito difícil,em que a pessoa que se chama "pai" batia na minha mãe,espancava e uma certa vez quando bebe (poucos meses de vida),ele bateu na cara da minha mãe e o sangue respingou todo em mim..Tem horas que só peço a Deus que tudo isso passe(eu faço tratamento com psicanalista),vem coisas terríveis na minha cabeça,as crises de ansiedade,principalmente nos domingos acabam com minha auto estima,já vi minha mãe chorar tanto por causa dessa doença que tenho que tenho que demonstrar ser forte pra que ela não fique péssima,é como se fosse uma gangorra tem horas que o pensamento some e outras que ele volta ,eu só peço a Deus que um dia ele me cure disso!

    ResponderExcluir
  27. Olá pessoal,
    Gostaria de compartilhar com vocês alguns pensamentos e ver se alguém já passou por isso.
    Os pensamentos tem haver com agredir alguma pessoa querida. Tenho pensamentos com faca quando estou almoçando, medo de fazer alguma coisa em alguém da minha família, medo de matar e por aí vai. São horríveis estes sentimentos, a sensação parece real.
    Infelizmente esses pensamentos vêm me incomodando. Alguém já passou por isso?

    Fiquem com Deus, obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá anônimo, tenho esses mesmos pensamentos vc...
      Tenho medo de agredir alguem, principalmente alguem da minha familia, fora as imagens violentas q entram na minha mente...sofro muito com tdo isso.
      Vc procurou ajuda médica?

      Excluir
    2. Olá Faby,
      O sofrimento é grande mesmo, infelizmente. Mas como tudo na vida, isso passa. Já procurei ajuda médica sim, e utilizo medicação e faço terapia.

      Excluir
  28. Olá Faby,
    O sofrimento é grande mesmo, infelizmente. Mas como tudo na vida, isso passa. Já procurei ajuda médica sim, e utilizo medicação e faço terapia.

    ResponderExcluir
  29. Pessoal, descobri também o ano passado que tenho TOC. Entrei num tratamento que Graças a Deus deu muito certo, mas acho que agora estou passando por uma crise. Mas não sabia que era comum ter essas crises, mas espero com fé em Deus melhorar assim como conta a história da Fênix. Amei o blog e quero compartilhar mais das minhas experiências com vcs!!!

    ResponderExcluir
  30. Adorei o blog.
    Esses comentários são a dura jornada que nos que temos toc passamos no dia a dia com medo e as vezes somos tomados a querer acabar com esse sofrimento.
    Tenho vários dos sintomas mas,O que mais me agoniada e o medo de engolir objetos pequenos.
    Aos pouco vou postar minhas histórias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi anonama, já vi vários medos no TOC mas nunca medo de engolir objetos pequenos. Geralmente temos medos de ferir outras pessoas mas não temos medo de nos ferir

      Excluir
  31. Criei um blog sobre o tema...

    https://naometocblog.wordpress.com/

    Sua ideia me inspirou, Miguelito!

    ResponderExcluir
  32. Os comentários me ajudaram muito, já passei por várias "fases" no TOC. Já sofri com idéias de machucar minha mãe, medo de ser pedófila, medo de morrer... Tomo medicação a 2 anos, mas as vezes a ansiedade trás de volta tudo. Espero algum dia ficar livre disso, é a pior sensação do mundo!!

    ResponderExcluir