23 junho 2013

Viagem Insólita

Andei ausente mas resolvi postar novamente, queria pelo menos 1 post por mes mas vi que o último post foi a 2 meses atrás!!! Quase imperdoável, só é perdoável porque eu estava em um momento de transição nesses 2 meses e estava numa viagem insólita entre medicamentos tentando associar mais alguma droga junto da clomipramina na tentativa de diminuir os pensamentos. Sempre fui a favor de todo e qualquer experimento desde que eles me prometessem uma possível melhora do TOC. Não me importava em ir aumentando a dosagem do remédio até chegar ao máximo, estudando os efeitos e avaliando os pós (diminuição nos pensamentos) e contras (efeitos colaterais).  Não me importava em trocar de medicamento até chegar naquele que eu melhor me adaptasse, tanto que clomipramina foi a minha 2 opção, me adaptei com ela mas mesmo assim rodei os outros antidepressivos com ação anti-obsessiva para ter a certeza de que realmente a clomipramina era a melhor. Mas, depois de 13 anos tomando clomipramina e fazendo terapia a 1 ano e não vendo melhora além daquilo que eu já havia melhorado, resolvi ao invés de trocar de remédios experimentar associaçõs com a clomipramina. O ótimo é inimigo do bom e o que estava bom e devia ficar ótimo não ficou, piorou. Começei a tomar risperidona e aos poucos fui me apagando, me fechando até que eu não tinha vontade nem de dar bom dia quando acordava. Começei a ficar triste e até um pouco depressivo e quando expus ao médico ele me disse que esse é um dos efeitos da risperidona. Caracas, se tomo antidepressivo para o TOC não quero entrar em depressão então para que tomar um remédio que me anule e me deixa para baixo? Ai resolvemos tentar a venlafaxina, que ao contrario do remedio anterior era para me dar ânimo, me colocar para cima. Colocou-me tão para cima que eu ficava em estado de alerta sempre, estava a todo momento atento achando que algo de ruim podia acontecer, que estava o tempo todo em perigo e começei a desenvolver sindrome do pânico.
Ai resolvi me contentar com a minha velha e boa clomipramina que não me cura 100% mas tb não me deixa depressivo, paranóico ou super agitado e acho que voltei a ser eu novamente, aquele eu que tem TOC mas que estou acostumado a conviver com ele, não aguentava mais conviver com a pessoa estranha que eu estava me transformando.
É inacreditável que uns comprimidinhos aparentemente tão inofensivos possam mexer tanto com o cérebro e a personalidade da gente. Ainda sou favorável aos experimentos pois não existe um remédio numa determinada dose para curar o TOC, cada um responde de uma maneira a um medicamento numa determinada dosagem então, infelizmente o único jeito de chegar próximo do ótimo é fazendo experimentos mas lembrando que o ótimo é inimigo do bom. Apenas vou dar um tempo para conviver com eu mesmo antes de tentar mais alguma coisa.
Tem gente que usa droga para ficar doidão, eu usei remédios e também estava ficando doidão rs. Cada um se vira com o que tem.

157 comentários:

  1. Um novo post e sou o primeiro a comentar I don't believe!

    Miguelito, quando li que você estava tomando risperidona me deu até um frio na espinha. Quando comecei meu tratamento a cada vezes que a médica aumentava minha dosagem, ficava pior. Já li muitos relatos de pessoas que melhoram com a risperidona, mas em mim esse remédio foi péssimo, ficava desanimado e com sono o dia inteiro, fiquei deprimido só pensava em coisas relacionadas a morte, tive síndrome do pânico e quando resolvi procurar outro médico para trocar está medicação já estava no estado de querer me enclausurado e não querer sair de casa para nada, pois os medos, os pensamentos estranhos as sensações ruins eram indescritíveis, sério! Não desejo para ninguém o que passei!

    Hoje estou muito bem com a fluoxetina (dose máxima) e não tenho coragem de arriscar outro fármaco, mesmo que ele prometa me deixar 100%, pois tenho medo de voltar a passar o que passei.

    Força meu camarada!

    ResponderExcluir
  2. Oi meninos!
    Bom, eu não tenho uma longa experiência medicamentosa em relação ao toc - primeiro usei citalopram durante uns 6 meses, parei por conta e os sintomas voltaram em dobro! Hoje faz mais de um ano que uso o fluvoxamina - adiantou bastante, não nego, mas noto que quando venho numa fase muito boa, a medicação me serve como a bengala de que "tudo seguirá bem"

    Mas o tudo seguirá bem, às vezes é traiçoeiro: eu nos últimos meses me considero mais estável em relação aos pensamentos intrusivos, no entanto noto que quando você está tranquilo ocorre uma angústia pois não se pode apagar a lembrança das coisas horríveis, nojentas que mesmo que inconscientemente passou pela tua mente - o contrário de que quando se está mal, onde eu só podia me imaginar melhor.
    E antes que falem: Aiya, você não quer estar melhor? NÃO, EU NÃO QUERO PIORAR. No entanto, estar estável é um sentimento um tanto estranho, e pensamentos intrusos pequeninos são assustadores e vez que outra fazem conexões terríveis com atos passados, que antes da minha primeira crise do toc eu sequer me lembrava

    A super memória. Nas provas você nunca aparece né maldita :P
    Me desviei do assunto, mas tava com isso travado na garganta

    Abraço forte meninos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiya, quando estamos bem o remédio não serve de bengala. Serve como manutenção para o tratamento, pois se nos sentimos bem e paramos de tomar sem o controle adequado os sintomas voltam muito piores.

      Eu gostaria de não ter de tomar fluoxetina diariamente, mas infelizmente está é uma realidade que tenho de enfrentar, pois mesmo com ela as vezes não me sinto bem. Não sei o que é pior ficar na dependência de remédios (os antidepressivos de tarja vermelha que a maioria de nós fazemos uso não trazem dependência química e nem psicológica)ou ser escravo do TOC. Acho que a primeira opção é menos torturante e nos dá ao menos dignidade e qualidade de vida.

      Excluir
    2. Quis dizer mais dignidade e qualidade de vida.

      Excluir
  3. Descobrir esse blog foi uma das melhores coisas que me aconteceram nos últimos tempos.
    A sensação de poder falar com pessoas que realmente podem te entender é libertadora.
    Claro que podemos falar sobre TOC com pessoas mais íntimas...e algumas podem entender...outras acham que entenderam (e depois percebemos por suas falas e atitudes que não entenderam nada)...mas só quem tem TOC sabe como é...
    Frases recorrentes que escuto: "você analisa demais as coisas"; "tudo pra você vira um drama"; "tem que aprender a relaxar mais"; "tem que aprender a equilibrar as coisas"; "você quer sempre respostas imediatas"; "tudo pra você é ao extremo: 8 ou 80"....e por aí vai...
    Pesquisei por aí, queria falar com meu médico (pretendo fazer isso ainda) sobre um tópico bem específico...carência....medo de perder o afeto de uma pessoa...insegurança...necessidade de reafirmar se os sentimentos ainda existem... Isso vem do TOC? Eu creio que sim...é só minha opinião... mas sabemos que o TOC tem uma amiga chamada depressão que é prima da ansiedade... também me pergunto qual a ordem das coisas...TOC-depressão-ansiedade ou ansiedade-TOC-depressão...mas enfim, tanto faz...tudo junto e misturado na minha vida.
    Muito dói as pessoas não perceberem que não fazemos "drama" por querer, até mesmo porque quem mais sofre somos nós mesmos..quem "escolhe" se sentir triste ou ter aperto no peito ao sentir-se rejeitado?
    Um segredo...EU NÃO ESCOLHO ME SENTIR ASSIM!
    Estou muito triste esses dias, desculpem pela minha postagem "nuvenzinha negra"...(dramático isso, não?rs).
    Abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois bem ,como você mesmo falou,medo de perder,esse tal de medo é o principal aliado do toc,sabe acho que outro aliado do toc talvez seja o medo do sobrenatural do encantado do mágico,que pode colaborar com o fato de não se querer ser assim ,mais ser,entre outros...

      Excluir
  4. Me recordo que quando entendi a doença que existia em mim (8 anos), passei pelo fluvox e cai na bobeira de interromper do nada o tratamento, fiquei pior, passei a ficar dando socos no ar, chutes no ar e por ai vai!!!! Nunca interrompam um tratamento sem fazer o desmame.
    Depois de um tempo retornei ao médico, e ele me receitou o ANAFRANIL (eita remedinho bomm), me recordo de ter ajudado bastante, mas perdi o convênio da empresa e tbm tive que interromper.
    Resumindo, hoje estou sem nada, e numa depreeeeeeee que não acho motivação em nada!
    Alguém ai ja tomou o Anafranil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ops, corrigindo ... a doença apareceu com 8 anos, mas descobri com 22

      Excluir
  5. Sofro com o TOC em segredo ha mais de 15 anos, e gostaria muito de dividir experiências e conversar com alguém sobre isso. Meu skype é andrefk2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi André, eu tentei te add no skype mas nao consegui. :/

      Excluir
  6. Medo... Pq isso? TOC... Pq isso?
    Sinceramente não sei o pq, mas de uma coisa eu tenho certeza: EU NÃO ESCOLHI SER ASSIM.
    Infelizmente as pessoas não entendem que se temos isso não eh pq queremos, quem iria querer ter isso?
    Seila, acho que cada um de nós tem uma cruz pra carregar, e a nossa se chama TOC, MEDO, ANSIEDADE, DEPRESSÃO...
    Tem hora que não sei o que fazer...
    Ontem meu marido foi viajar pra fazer serviço de campo (georreferenciamento) em uma fazenda que fica a uns 1000 km daqui. Nossa, só Deus sabe como fiquei. Um medo, uma dor muito forte no peito, uma ansiedade, medo de acontecer algo com ele.. Ah, alguns dizem que isso eh falta de fé.. Não sei... Pois sou mto religiosa, tenho mta fé em Deus... Mas, não consigo evitar tais pensamentos, infelizmente.
    Eu tomo o Luvox há seis meses.. Antes eu tomava o venlafaxina... Mas depois de uma crise terrivel tomando o venlafaxina, mudei de médico, e ele mudou de remédio. Tomo há 6 meses o Luvox com alprazolan.

    Já ouviram falar em uma cirurgia pra quem tem TOC?

    Thais

    ResponderExcluir
  7. oi, tenho TOC há mais de 15 anos, comecei aos 14 anos...tive uma infância normal, embora alguns sintomas ja apareciam pois tinha uma imaginação muito fértil. mas não afetou minha infância. Na adolescência comecei a ter pensamentos que voltavam contra a minha fé. mistura sexo e religião, para mim era um absurdo, me sentia pecadora, indigna, mas enfim, consegui esconder isso. sempre fui uma aluna dedicada, me cobrava muito e sempre fui muito independente. Essa independência demais, por não ter muito apoio familiar, me gerou uma insegurança muito grande. mas mesmo assim, consegui ter uma adolescência normal, na medida do possível. tinha minhas horas de sofrimento, mas não conseguiu afetar minha rotina. Na época do vestibular, comecei com uma espécie de síndrome do pânico, que também não deixa de ser por causa dos pensamentos obscessivos. mas consegui ser aprovada numa universidade pública como eu queria.Passei parte da minha adolescência tendo que ser muito independente porque minha mãe já estava doente, com depressão, mas na verdade era TOC. Ver minha mãe se definhando, uma pessoa que era tão ativa, não foi fácil, mas na época não sabia como funcionava a doença, não tinha como ajudá-la. Foi quando ela se matou, num ato de desespero tirou a sua própria vida e eu estava presente na casa. aquela cena terrível, como um pesadelo, foi só o começo de grande sofrimento para mim. sozinha, continuei meus estudos, prometi a mim mesma que seria forte, meu pai sempre foi ausente, meus irmãos morava em outra cidade e por circunstâncias da vida acabamos não sendo tão unidos, mas decidi que precisava continuar estudando e prometi a mim mesma que minha vida seria diferente. Suportei a dor da perda da minha mãe querendo ser o mais forte do que eu podia, tentando vencer meus medos, encarava-o. foi quando por ter tanto medo de enlouquecer e me desequilibrar como aconteceu com minha mãe que não conseguia parar de pensar, ter medo, insegurança, ansiedade, achava que fosse pirar e ninguém podia me ajudar. Fui em vários médicos, e tinha horror a psiquiatras, primeiro pq eles só dopavam minha mãe e não conseguiram ajudá-la, segundo porque conheci uns horríveis, falando que era genética e pronto, q teria que viver com isso, para sempre, mas não me explicavam o que eu tinha.(ps continua)

    ResponderExcluir
  8. Na faculdade ninguém sabia, na república de estudantes em que morava ninguém sabia, sofri sozinha,apenas uma grande amiga me ajudava.procurei explicações pelo que tinha acontecido com minha mãe, tentei de todas as formas encontrar uma saída..até que conheci as aulas de ioga, a acumpultura, e isso me ajudou muito, a ter mais conhecimento sobre mim, a treinar pensamentos positivos também, a ter mais concentração. tomei remédios alguns meses, mas abominava-os pelo que tinha acontecido com minha mãe. enfrentei meus medos, a insegurança de não consegui me formar, mas me formei em Direito, passei na OAB no primeiro exame, mesmo tendo uma crise de medo entre a primeira e a segunda etapa. Uma característica que temos que ter para enfrentar a doença é lutar até o fim para vencer o medo. decidi encara-los, comecei minha vida profissional, batia insegurança, mas enfrentava, praticava sempre exercícios físicos e ioga para melhorar. Mas simplesmente sentia também sintimas físicos, fortes enxaquecas, dores musculares de tensão, não era algo normal, mas pensava vou continuar minha vida mesmo com sintomas físicos, não posso parar. lia muito a bíblia e encontrava forças em Deus. também li um libro de Hermógens chamado Ioga para nervosos e aprendi a compreender a aceitar, não lutar qdo viesse pensamentos ou sintomas, apenas esperar passar. lutar sim, pela vida, mas não o tempo todo contra os sintomas. aprendi cada vez mais a aceitar meus limites quando preciso, mas superá-los quando necessários. Nessa época morava com meu namorado, mas não dividia isso com ele, sabia que não entenderia, resolvir lutar só, apenas eu poderia me ajudar e prometi a mim mesma que não deixaria de fazer nada na vida por medo algum, ainda que as vezes fosse tão cansativo lutar contra isso. Tive um sofrimento muito grande quando terminei meu relacionamento uma decepção muito grande e, mais uma vez, estava sozinha e longe do apoio familiar. enfrentei com garra, nessa época não tomava remédios, lutava todos os dias sem eles..e na medida do possível tive uma vida normal, consegui trabalhar, ter experiências na carreira, mesmo com uma cruz tão pesada. O maior enfrentamento da insegurança foi quando decidr jogar o que conquistei na profissão, largar tudo e morar no exterior, onde tudo era desconhecido, Parece um milagre né. como uma pessoa tem TOC, medo e ansiedade excessiva e consegue fazer coisas tão corajosas, que uma pessoa normal e acomodada não faria?porq'ue a todo momento Jesus estava comigo, sabia que nao estava só. passei um ano fora do país e foi o ano mais feliz da minha vida desde o TOC. nesse ano um milagre aconteceu, praticamente não tive TOC, fui treinando eliminá-lo da minha vida que isso acabou acontecendo.nos momentos de ansiedade que vinhas pensamentos ruins não dava importância a eles, que passavam... quando voltei p BR, depois de 1 ano, voltei p realidade, sem emprego, com pouco apoio da familia, tinha uma reserva de dinheiro que minha mãe deixou, resolvi investir em mim e estudar para concursos, resolvi encarar a vida de concurseira, mesmo sabendo que para mim ia ser dificil. Sim porque qualquer concurseiro tem ansiedade além da conta, imagina para quem sofre de um tipo de transtorno de ansiedade. Mesmo assim resolvi encarar, pois havia feito uma promessa para mim mesma, que não ía deixar de viver nada por causa do medo. Encarei e foi um ano difícil, pela volta da ansiedade em, consequentemente do TOC. (ps continua)

    ResponderExcluir
  9. Quando resolvi procurar ajuda, não conseguia mais sozinha, sem remédios, sem ajuda de ninguém. Rezer muito e pedi para Deus um bom profissional. Jesus, como sempre não me decepcionou, e fui num bom psiquiatra, que passou um antidepressivo, me diagnosticou com o TOC, juntamente com a psicóloga. li um livro sobre o transtorno de ansiedades (Mentes Inquietas) e me identifiquei com os sintomas do TOC. Antes desconfiava que tinha, mas como não tinha manias externas, achava que não era isso, Mas no meu caso o TOC vem com os pensamentos acelerados, e comecei a perceber que, mesmo que estava com um bom "estado de espírito" sentia uns sintomas físicos estranhos e já sabia o que era. Descobrir que tinha TOC ao mesmo tempo que foi um alívio por saber que não sou louca, é uma doença, mas foi difícil ,porque eu mesmo tenho preconceito e não queria ter. Ao mesmo tempo que ler sobre o TOC onde fala que não tem cura mas controle sempre me desanimou. Mas posso falar firmente, sim a luta vem valendo a pena. Hoje as crises voltaram, mas não demoram muito, porque tenho controle, espero os pensamentos passarem e adotei a postura de nunca, mas nunca mesmo duvidar da minha capacidade, mesmo que venha pensamentos contrários sobre isso. Para que não tem isso, é fácil falar, tenha fé, não seja negativa, mas eu entendo que não é opção da pessoa. mas o que apendi com isso é, não ser vítima por ter isso, encaro como se fosse uma doença como tantas outras, que colocam limitações para serem superadas. Ou é fácil ser um cadeirante, ou um paraplégico que mesmo assim lutam por uma vida normal?resolvi pensar, se eles podem superar limites eu também posso. E sempre quando o peso tá pesado demais, peço para Jesus misericórdia, carrega minha cruz junto comigo, pois sozinha não consigo. um ano e meio depois dos estudos, fui nomeada em três concursos, mas um milagre da minha vida. Hoje estou tomando um dosagem considerada fraca para o TOC, 20 mg, mas que me ajuda muiiito. além disso faço exercícios físicos e vou voltar para o ioga e estou trabalhando e adorando o que faço, no momento estou bem, mas sei meus limites e decidi nunca mais ter qualquer mania de perfeccionismo e um principal de tudo, ser generosa e tolerante comigo mesmo. Não é fácil, mas estou praticando, afinal sem amor interior como amaremos a vida, as pessoas, como teremos gratidão a Deus? Parei de questionar, porque tenho isso, hoje acredito no principal milagre da minha vida, a CURA PLENA. Porque mesmo que os médicos dizem que não tem cura, apenas controle, acredito no meu Deus do inPOSSÍVEL e no poder da fé. a Mente é muito além do que imaginamos e assim como temos capacidade (por algo disfuncional) de ter pensamentos ruins, temos a maior ainda de cultivarmos bons pensamentos, bons habito e uma outra forma de olhar a vida. Esse cura está em processo e serei testemunha viva de Deus. E não falo em igreja, falo em Deus, em Jesus e no Espirito Santo, falo no poder da fé. por isso, NÃO DESISTAM, acreditem em vcs, aceitem essa cruz, que sei que é pesada sem desistir da vida, cultive o belo, a paisagem, mudem o olhar sobre a vida, supere seus desafios, e sempre quando o medo vier ou pensamentos ruins, treine sua mente para não importar e desvalorizar tudo isso. O fato de estarmos vivos já é um milagre e então viva esse milagre a cada dia. E nos dias ruins lembrem-se vai passar, não como um dia como o outro, a felicidade não dura para sempre, mas a tristeza também não. A luta contra o TOC é diária, eu sei, mas precisamos valorizar outras coisas mais importantes que a doença, precisamos valorizar a vida, então o TOC será infinitamente menor, face à beleza do milagre da Vida. Jesus abençoe você e acreditem ele sabe nossa dor e não nos julgam, o importante não são os pensamentos ou manias que temos, o importante são os sentimentos que trazemos em nossos corações. Jesus abençoe. Ass- Borboleta (caminhando para a transformação)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Borboleta, surpreendente sua história de superação. Estou impressionado com sua determinação e vontade de vencer, gostaria de ter ao meno uns 10% de toda está garra que teve em sua vida.

      Verdadeiramente você foi como uma borboleta que saiu do meio das folhas, fez o seu casulo e depois voou alto.

      Parabéns por suas vitórias, conquistas, por ter vencido as dificuldades da vida. Além de tudo você conseguiu vencer o nosso poderoso inimigo o TOC.

      Parabéns mesmo, nossa.......

      Excluir
    2. Mto bonita a sua msg. Parabens etb espero ficar tao bem como vc. Com certeza, Deus e nossa fortaleza. Foi por ele q ganhamos força pra estarmos aqui compartilhando nossas historias. Uma coisa q gosto de pensar e q assim como surgem essaa doenças, surgem doenças do corpo como o cancer.ninguem pediu por nada dissi,ainda assim as pessoas sofrem. Graças a Deus existem profissionais qualificados a nos ajudar, ja pensou se so tivesse medicoa do corpo?

      Excluir
    3. cal.
      borboleta sua história é maravilhosa, pois mostra que somos sucesctíveis a altos e baixos e momentos dolorosos, mas que sempre não nos falta força, e quando nos sentimos fraquejar devemos entregar nas mãos de \deus e deixar que ele nos ajude a rolar ou levar a nossa carga. Muitas e muitas vezes me apego com ele , e sinto o Teu poder a Tua força ativa na vida e assim prosseguir , que deus te abençõe sempre.

      Excluir
    4. Gente tenho quase certeza que tenho Toc,comecei com rituais(se eu não fizer isso algo ruim pode acontecer)essa etapa estou vencendo,porém a um ano tenho pensamentos que me tiram do sério, tenho pensamentos que não são meus,atualmente vou ao psicológo e tenho vontade de ir ao psiquiatra e ficar dependente de remédios, o neurologista tinha me passado pamelor,parei por contra própria.Não sei se é a causa dos pensamentos. Vocês que já foram ao psiquiatra o que acharam?
      Obrigada

      Excluir
  10. RIC, eu te entendo, quando eu tomei Risperidona eu tinha sono o dia inteiro. Que bom que eu não tomo mais, porque além de tudo não melhorou em nada. Eu melhorei muito em relação aos outros anos, o segredo mesmo é ter fé em Jesus. Mas confesso que passei muito tempo sofrendo, com vontade de morrer, não sentia mais prazer na vida. É uma sensação terrível. Mais é viver cada dia de uma vez. Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Giuliana, a risperidona é punk.... Tenho pavor só de lembrar as sensações que ela me gerou.

      Vamos vivendo um dia de cada vez e lutando contra essas "coisa" chamada TOC.

      Excluir
  11. Muito legal seu blog.Tenho 29 anos, Toc sob a forma de pensamentos obsessivos desde os 12 anos e confesso que foi uma época difícil.Sempre fui muito curioso em questões ligadas a Filosofia,origem da vida e etc.Assim,como consequência entrava em pensamentos ruminativos, como por ex "Quem criou Deus;De onde viemos;Qual origem da vida".Até certo ponto esses pensamentos eram normais,mas me deixavam com uma espécie de vazio existencial e angústia,culminando num ataque de pânico.Poxa, aqui foi horrível, criando como consequência um trauma.Iniciei a terapia aos 13 anos e rapidamente regredi todo meu toc,sem nunca ter ido ao psiquiatra,tampouco tomado remédios.Acho que meu Toc foi 100% produto da criação dos meus pais.Fui muito preso e reprimido em casa,entretanto nunca me faltou amor e carinho.Hoje, aos meus 29 anos, sou advogado e em processo de aprovação em alguns concursos públicos. Estou nessa vida de concurseiro há 2 anos, tendo que voltar para minha psicóloga, pois é uma fase de bastante reclusão,isolamento e stress.Queria deixar algumas dicas que julgo serem úteis no processo de melhora do transtorno.1)Se abram para o mundo....mostrem sua cara..não se reprimam...quem tem toc geralmente é uma pessoa introspectiva, que tem medo de enfrentar a vida,trancando-se no seu próprio mundo,pois ali ele tem maior familiaridade.2)a melhor forma de vencer o medo é enfrentando-o...será difícil nas primeiras vezes,mas te garanto que fica fácil depois de um tempo.3)Amem e sejam amados....o amor cura,tenham certeza disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, q legal q vc venceu e hj está bem. :)
      Podemos conversar mais? Gostaria de saber mais sobre o q vc tinha, como foi ficar bom e como vc está hj. Obrigada.

      Excluir
  12. isso eh a mais pura verdade! a melhor forma de vencer o medo eh enfrentá-lo. isso faz com que você se torne mais forte cada vez mais!! E mudar a visão sobre a vida, pensando de uma forma mais positiva faz com que a gente ame mais a vida e saia da visão de vítimas do TOC! amar realmente cura..principalmente a si mesmo, mesmo com o TOC. ass borboleta

    ResponderExcluir
  13. Tenho uma dúvida.Como aparece a depressão em vcs?Em mim quando tenho tenho ansiedade exagerada sinto um vazio no peito,angústia,mas ao lutar contra o sintoma de isolamento, noto que molhoro muito.Acho que um grande macete é não se isolar,ou seja,enfrentar a vida de um modo geral.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro!! o relacionamento com as pessoas,desvia a mente de pensamentos obsessivos e do medo!! Pois a mente é ocupada ,nos ajudando a não dar importância a pensamentos intrusivos desagradáveis,não os deixando gerarem emoções negativas!! e não causando ansiedade,com certeza só precisamos dar importância a pensamentos agradáveis,aos desagradáveis não devemos dar uma dimensão maior!!!deixálos virem e irem, mas não ruminar mentalmente sobre eles!!!

      Excluir
  14. percebi que varias comunidades e grupos no face nem respondem as questões nem se ajudam, que bom que encontrei esse blog, quero muito desabafar, vcs podem me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim, Clara. Este espaço criado pelo Miguelito é justamente para este fim, nos desabafar.

      Sinta-se a vontade para contar sua história.

      Abraços!

      Excluir
  15. Gente, já falei da minha história aqui..o meu toc é medo de ter tiques...NUNCA TIVE, mas, MAS, TENHO MEDO DE TER, QUE MALUQUICE!!!! ISSO, POR QUE SEMPRE DEI MUITO VALOR à beleza física e o que as pessoas pensam de mim. Desenvolvi pensamentos obsessivos desde os 16 anos, hoje, tenho 41 anos...descobri, depois de anos, que não dar importância, aos poucos eles vão diminuindo...mas, surgiu um pensamento negativo novo pra bombardear minha técnica de não dar importância, algo assim: O medo e os pensamentos vão continuar e continuar, mesmo se eu n der importância". Pôxa, parece um ciclo..passei alguns anos bem...agora, vivo em crise de novo...estou gestante de 9 meses e tive q diminuir o rivotril e a sertralina tive que parar, tive duas crises fortes antes de engravidar...agora, estou aqui sem saber o que fazer, pois, tinha esperança nos remedios, depois que fizesse o desmame...mas, li na internet, que, remedios podem causar problemas do sistema nervoso central e podem causar com o tempo, nada certo, mas, podem causar tiques...mas, se justamente, meus pensamentos são o medo de ter tiques, como vou me tratar, se os tais remedios a longo prazo podem favorecer isso??????? Minha esperança agora é apostar nos remedios homeopatas ( ja ouvi dizer que podem ser muito bons no tratamento), fazer yoga, exercícios e sair do isolamento....voltar ao centro espírita, caminhar na praia...fazer terapia, essas coisas, mas, sinceramente, estou com receio de voltara a tomar sertralina para o toc. E vcs já pensaram em homeopatia? Força pra todos nós! Obrigada por esse espaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você estava no caminho certo! Também melhorei não dando importância e deixando os pensamentos virem sem dar valor para eles ,pois eles não tem! aconteceu o mesmo comigo ,veio a idéia de que não adiantaria e então eu também deixei ela vir e ela enfraqueceu,pois é tudo do toc,como exercício,com o tempo consegui até imaginar o que eu não queria e cada vez mais vi que eram um absurdo sem valor!!a persistência em deixá-los vir e não resistir,mesmo que a ansiedade demore a passar ,é a chave,estes pensamentos vêm de várias formas,quando você estiver bem feliz com ego elevado,segura ,eles vão querer atacar também e será mais difícil resistir,por isso acontecem recaídas,mas e aí que você tem que persistir,mesmo que eles lhe ofendam,deixe,nada é culpa sua eles vão com certeza ir embora!!!



















      Excluir
    2. Olá, tenho tb problemas com pensamentos obsessivos. Vc pode dizer como acontece com vc? O q acontece cmg eu expliquei hj há pouco, o caso das "árvores". Pode dar uma olhada lá e ver se tem a ver? Obrigada.

      Excluir
  16. gostei muito do seu blog e criei um no qual tento dar dicas de como estou superando doença http://loucurasemfronteiras.blogspot.com.br/ espero ki eu ajude com minha dicas...bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      como vc conseguiu vencer o toc e hj em dia estudar justamente o q te afligiu: sua mente?
      Obrigada.

      Excluir
  17. Obrigada, anônimo ( eu q escrevi em 14/08 ). Gostaria de dizer que vc me ajudou bastante, é muito confortante saber disso! Deus te abençoe...não vamos desistir da nossa Paz! abraço grande!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Complementando,como eu disse,nos momentos em que estamos felizes,contentes por conseguir não dar importância as obsessões,poderá ocorrer que esta satisfação nos torne intoleráveis a pensamentos e nos fazendo novamente tentar evitalos desencadeando novamente a bola de neve,e aí devemos deixa-los virem novamente até enfraquecerem. Fatos negativos,ofensas,discussões,decepções...,também podem desencadear pensamentos negativos,pois a mente de quem tem toc está mais fácil de ser estimulada por fatores externos.Por isso devemos saber disso e redobrar nossa resistência em não acreditar neles também nesses momentos,evitando então recaídas.Pense nisto!

      Excluir
  18. Lembremos sempre que os pensamentos obsessivos vêm de uma forma a nos enganar,tentando nos convencer que são poderosos ou sobrenaturais,isto faz parte deste transtorno mental!!não precisamos acreditar neles e temos sim que deixa-los virem sem rituais e sem substituí-los,não será fácil no começo ,mas eles vão enfraquecer ,e quendo estivermos contentes eles vão querer nos passar a "rasteira" de novo ,então continuaremos a deixa-los,são todos do toc e não culpa nossa,e se deslizarmos em algum instante, é normal a persistência vencerá,e assim deve ser sempre que eles vierem!!!!!

    ResponderExcluir
  19. Eduardo 38 anos,

    Muitas vezes eu odeio ter TOC outras tento pensar pelo lado menos pior, como eu descobri faz 8 anos eu consigo lembrar de algumas coisas sem ele, tem coisas boas mas também tem ruim eu lembro que eu era bem egoista, conseguia mentir para as pessoas que eu gostava e era bem individualista, lógicamente que isso mudou, costumo analisar minha vida A.T e D.T (antes do TOC e depois do TOC), e chego a confrontar algumas questões tipo será que sou assim porque tenho TOC, se não tivesse eu seria capaz de ser um mentiroso, arrogante ou esse agora sou eu independente do TOC, acho que a melhor resposta é a do Miguelito que diz que nossa personalidade foi remoldada pelo TOC, bom acho que nessa altura do campeonato isso é o menos importante já que somos julgados pelos nossos atos e se eu encontrasse um gênio com direito a 1 pedido, pediria com certeza para se curado e que por favor deixasse minha nova personalidade.

    ResponderExcluir
  20. ola vou me identificar como arcanjo tenho TOC a vários anos talvez desde os 8 a9 anos , mas só fui diagnosticado como TOC em 2004,antes disso andei em todos os lugares devido a família achar que o problema era de cunho espiritual o meu TOC ou melhor os rituais começaram do nada em pensamentos todos de relacionados em dar e não dar a minha alma ao demônio, eu consegui por um temo neutralizar mas em 1998 a 1999 foi um momento do crescimento fiquei sem tomar banho escovar os dentes começava a almoçar as 11da manha e termina as 16 da tarde foi bem difícil nessa época não tinha nenhum acompanhamento medico só ia em seções tipo espíritas e macumba cheguei ate ir numa bruxa o tempo passou os rituais aumentavam e diminuíam, a situação só piorava mas mesmo assim consegui uma melhora suficiente para ter uma vida agradável, melhor falando assim como da 1° vez consegui conviver isso ainda sem saber que era TOC só em 2004 trabalhando em super mercado tive uma piora, ai que eu descobri que tinha pensamentos obsessivos, ai conheci uma psiquiatra me me indicou o anafranil e outro que não lembro só nada de melhorar em 2005 abandonei o tratamento e voltei a os outro tipos de tratamento de mencionei que deixo bem claro minguem deve ir por esse caminho, só voltei o tratamento em 2008 mas só tinha um acompanhamento de um psiquiatra que todos devem saber que não e o correto tem que haver uma terapia, os sintomas só pioravam mas eram flutuantes hora estavam forte hora fracos

    ResponderExcluir
  21. continuação do arcanjo:
    então descobri o caps que da rede do SUS tive uma melhora inicialmente mas os sintomas continuavam e aumentaram depois cheguei a tomar a dose bem alta de cloripanima, e tb tomava Rivotril de 2mg a dose chegou a 1 e 1/2 por dia, só que nada de melhoras significativas o tempo foi passando ai eu tive um piora grande não tava conseguindo o trabalhar e basicamente minha família fazia tudo por mim ou me ajudava, sai do trabalho em 2012 no mês de dezembro, e em 2013 um antigo patrão que tinha me prometido me levar num medico particular me ligou, fui nesse psiquiatra comecei contando tudo pra ele tudo ele me falou que o medicamento que eu tava tomando e ultrapassado que a cloripanima que tem medicamento melhor e segundo ele mais eficaz e com menor efeito colateral na 2° consulta parei a cloripanima e comecei a tomar luvox e claro tb Rivotril de 2mg tb 1 e 1/2 por dia a melhora foi boa fique empolgado e tem uma coisa que não mencionei eu tinha acompanhamento de psicóloga isso desde 2010 que mudei em dezembro de 2012, então hj me encontro em uma situação que e a seguinte tomo luvox de 50mg 3 por dia 1 pela manha e 2 a noite e Rivotril de 2mg 1 e 1/2 por dia sendo que a três semanas para potencializar ele acrescentou a razapina 15m 1 por dia, o que tenho a relatar e que mesmo assim os sintomas continuam flutuante só que a irritabilidade aumentou e mesmo com terapia me sinto ao ponto de explodir minha vida com minha família se torna difícil pq pare que as vezes são duas pessoa fora em alguns ambientes parece que não tenho nada mas dentro de casa os sintomas são mais fortes a
    convivência e difícil como falei não mencionei mas no meio disso tudo aconteceu varias coisas boas um delas foi achar minha esposa e tivemos um filho hj com 2 anos, me sinto muitas vezes frustrado por não dar atenção que merecem devido aos rituais fico em um transe hj paro varia s vezes seja no inicio de calçadas ou na divisão ate na mudança delas se o ritual não for satisfatório volto e tenho que fazer de novo isso e desgastante sem contar em tudo o que eu vou fazer ate em digitar come ou seja ateo nos sonhos tenho TOC são 24

    ResponderExcluir
  22. CONTINUAÇÃO DO ARCANJO PARTE 2:
    TOC são 24 horas mesmo assim continuo estou aos poucos voltando ao trabalho divulgo isso no intuito de achar alguém para compartilhar a experiência e tb achar alguém com os mesmos sintomas ou o mesmo TOC que eu tenho que nunca encontrei ressalto que os medicamentos como luvox são caros, pelo SUS e impossível dou a dica de esse medicamento devieram ter o preço acessível alias o tratamento todos tirbuios psicológicos deviriam ser levados amais a serio não só pelo SUS mas pela sociedade que preconceituosa já passe por varia situações onde fui humilhado inclusive quando trabalhei em um super mercado fui vitima de assedio moral tem muitas coisa o que falar são anos pode se dizer que duas décadas sofrendo ate mais, mas como já falei compartilho para falar da experiência e tb nunca achei ninguém com o mesmo tipo de TOC que eu as vezes me sinto só no mundo e tb angustiado pq queria ter uma vida mais normal pq como já disse tb , e cansativo mas mesmo assim e contraditório dizer mas tem momentos que fico bem mais leve e consigo viver com mais calma, com diz a minha terapeuta a fala e erapeuitica claro que nao e pra vc ficar falando do seu toc para todos a nao ser que vc queira mas conversar com amigos, ver em que situaçõe vc se sente melho e investir nisso outra coisa que aprendi apezar disso tudo a resposta esta em mim tenho que acreditar no tratamento e tentar ser mais claro na terapia , e para que não tem um acompanhamento particular o que falo de novo prejudica e muito pelo menos na minha experiência deveria haver associações em todo Brasil não só para o TOC mas para todas os distúrbios psicológicos no intuito de melhorar a qualidade de vida de tods o que faltou dizer na próxima eu falo peço desculpas se nao fui claro, gostei muito do blog e das postagens e muito bom para quem tem TOC ate mas.

    ResponderExcluir
  23. É só fumar um braulio que melhora tudo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário medíocre! Amplie sua visão de mundo! Pense antes de escrever! Reflita sobre o impacto das suas palavras! Somos amáveis, tolerantes, o escambau... Mas, somos humanos e existem certas coisas que seria melhor nem dizê-las! Se vc não tem nada de bom a acrescentar, vá procurar sua turma!

      Excluir
    2. Boa eterna, falou bem rs

      Excluir
    3. Thanks, querido! rs. Fiquei brava! Este espaço é muito importante para nós que realmente precisamos dele,por isso não admito que seja desrespeitado e vou defendê-lo sempre que julgar necessário!

      Excluir
  24. Anônimo08 setembro, 2013
    ok,nossa mente criativa, formúla hipóteses,acompanhadas ou ou não de imagem, hipóteses que são retiras do nosso centro de informações e experiências arquivadas na mente e muitas vezes elas se revelam de forma requintada ajudando a acreditarmos que são previsões.Mas são mentiras amigo,mentiras em que muitas vezes temos medo por causa do estado semi-psicótico que a ansiedade inicial nos causa na mente e por medo aumentam os pensamentos,como se alimentássemos eles.Por isso que se conseguirmos respirar, relaxar ou com ajuda de um ansiolítico aliviar a ansiedade e resistirmos a fazer rituais e focalizarmos no que está em nossa volta (mundo real) a abssessão quase psicótica minutos vai embora,mas é difícil aderir a isso ,o que é uma causa da demora dos tratamentos .O uso de um neuroléptico (antipsicótico em dose baixa) e o antidepressixo é o usado em casos mais demorados pela resistência do paciente.Mas com certeza há a estabilização da moléstia sim. Concorda Miguel?

    ResponderExcluir
  25. ESSA CRENÇA DO PODER DOS OENSAMENTOS ESTÁ TÃOINCUTIDA E ENRAIZAD EM NOSSA MENTE QUE É PRECISSO ESTUDO E RACIOCÍNIO PARA RETIRÁ-LAS DE NOÓS,POR ISO QUE É DÍFICIL POI QUANDO NOSA MENTE ESTIVER ESTRESSADA OU ACELERADA TEMOS TENDÊNCIA A ESQUECER ESSA NOSSA DESCOBERTA E VOLTAR A RUMINAR O QUE NOS CAUSA DESCONFORTO E SENSAÇÃO DE FRAQUEZA EM RELAÇÃO AO TOC,MAS NÃO DEVEMOS NOS AUTO IMPOR A NÃO ERRAR,COM RELAXAMENTO E FOCO E ATENÇÃO TRANQUILA NO QUE ESTÁ ACONTECENDO EM NOSSA VOLTA NAQUELE MOMENTO ,LEMBRANDO ENTÃO SEMPRE QUE O PENSAMENTO NÃO TEM PODER ,O DESCONFORTO IRÁ PASSAR EM MINUTOS,MAS ISSO EXIGE TERAPIA E ESTUDO E FORÇA DE VONTADE E TEMPO ,MAS É O CAMINHO.

    ResponderExcluir
  26. A BASE É APRENER A SE EXPOR AS OBSSESSÕES E NÃO RESPONDER A ELAS,TENTANDO ALIVIAR A ANSIEDSADE NO MOMENTO E O MEDO PSICÓTICOS ,TENDO A CONVICÇÃO DE QUE OS PENSAMENTOS NÃO TEM PODER MÁGICO,SÓ OS COMPROVADAMENTE EQUIVOCADOS OU MAL INFORMADOS OU ENGANADOS CRÊEM NISSO!!!RESISTIR DESVIANDO O FOCO DOS PENSAMENTOS,MESMO EM SITUAÇÕES DE ESTRESSE,E TRISTEZA, COM A TÉCNICA DE PRESTAR ATENÇÃO ,OUVIR ,OBSERVAR DETALHES ,CURTIR DE UMA MANEIRA RELAXADA O QUE ESTÁ NA SUA VOLTA (MUNDO REAL) E ONDE VOCÊ DE FATO ESTÁ!!VOCÊ IRÁ ADQUIRIR MAIS FORÇA COM O TEMPO.POR ISSO OS NEUROLÉPTICOS ,E ANSIOLÍCOS E ANTIDEPRESSICOS QUE ENFRAQUECEM ESSE PENSAMENTOS NEGATÍVOS SÃO EFICIENTES MAS DEVE HAVER A PREVENÇÃO E ABSTINÊNCIA A RITUAIS ,TEMHA FORÇA DE VONTADE E CONSIGA AMIGO ,HAVERÃO DESLIZES PODE DEMORAR,MAS COM PERSISTÊNCIA HÁ A ESTABILIZAÇÃO EFICIENTE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi dinha, que a paz esteja com vc, e o meu toc e bem parecido alias todos os toc parecem parecidos, as angustias são as mesmas,tenho as mesmas duvidas, como o seu o meu toc e de cunho religioso, sugiro a vc que leia as postagens em especia as do dia 08/09 e as demais, queria saber qual o medicamento que vc toma, pois isso tb e relevante nao sou medico seria so uma dica claro, mas tenha fe em deus ele existe sem duvidas, tente mudar de ambiente busque lhe de faça bem, fala a fala e terapêutica, bom sei que tudo isso e mais simples na teoria do que na pratica tenha fe e fique cm deus.

      Excluir
  27. O MEDO DE ALGO AMEAÇADOR,O A PROBABILIDADE DE ALGO AMEAÇADOR ,UMA DISCUSSÃO OFENSIVA,O RISCO DE ALGUÉM ESTAR QUERENDO LHE PREJUDICAR,A VONTADE DE RESOLVER DA MELHOR FORMA UM PROBLEMA,ASSUSTAM A MENTE,ACELERAMM A MENTE ,GERAM ANSIEDADE,E DEIXAM A MENTE EM UM ESTADO DESCONFIADO E SEMI-PISICÓTICO,DESENCADEANDO PENSAMENTOS NEGATIVOS E LEVANDO NOSSA MENTE A CRIAR MAIS HÍPOTESES NEGATIVAS ,NOS FUGINDO A CONSCIÊNCIA E ACREDITAMDO NESTES O QUE PRODUZ O SEU PRÓPRIO COMBUSTÍVEL :A ANSIEDADE.MAS O DIA QUE NÃO ACREDITARMOS NESSAS SUGESTÕES MENTAIS REQUINTADAS QUE SÃO MENTIRAS SEMI- PSICÓTICAS,AJUDADAS PELA NOSSO CENTRO DE INFORMAÇÕES NEGATIVAS COLETADAS DURANTE A VIDA E ARQUIVADAS NO INCONSCIENTE E EXPERIÊNCIAS NEGATIVAS QUE VÊM A TONA NESSA HORA. O DIA QUE NÃO REAGIRMOS,NÃO DANDO RESPOSTAS MENTAIS OU RITUAIS MATERIAIS ,COM A CONVICÇÃO QUE SÃO MENTIRAS E ALIVIANDO A ANSIEDADE PARA ISSO E CONTINUARMOS O QUE ESTAMOS FAZENDO COM ATENÇÃO E INTERESSE ,ESTAMOS A CAMINHO DA ESTSABILIZAÇÃO DOS SINTOMAS E ANGÚSTIA.

    ResponderExcluir
  28. Oi Miguelito e todos,

    tenho sofrido com pensamentos obsessivos há uns meses. Na verdade só descobri o q se passa cmg há pouco. Só depois de ler um pouco na internet decidi procurar ajuda de uma psicóloga. Amanhã é minha primeira sessão! Estou animada pra começar e peço a Deus q me ajude e me dê forças pra me curar. Eu era uma pessoa MUITO feliz e cheia de planos pro presente e pro futuro, agora não tenho mais tanta certeza deles...
    Enfim, o q se passa comigo é o seguinte: não tenho rituais, como lavar as mãos, checar e afins. Tenho apenas pensamentos q não se desgrudam da minha cabeça, como aquelas musiquinhas chatas de televisão. Há uns anos, fiquei durante mto tempo com o nome de um vizinho na cabeça, por dias e dias, sem motivo algum. Sabia q isso não era normal, mas como passou, minha vida continuou mto boa e eu deixei pra lá, mas sempre com medo das coisas "agarrarem" na minha cabeça.
    Vou dar um exemplo pra q eu possa ilustrar o q acontece cmg: imagine vc pensando na palavra "árvore". Vc nunca teve medo ou problemas com árvores na sua vida, nem amou nem odiou. A partir de agora vc só pensa e vê árvore na sua cabeça, o dia inteiro.

    Jamais quero dar a entender q o q se passa cmg é pior do q o q vcs têm, pq cada um sabe o "monstro" q está dentro de vc. Só gostaria de dizer q apenas sinto q o meu problema é pior, pq não envolve rituais materiais, mas sim uma falta de controle dos meus próprios pensamentos.

    Alguém já sentiu a msm coisa? Alguém sabe dizer se isso tb pode ser curado com terapia e/ou remédios? Estou ansiosa pra ficar boa e tenho mta fé em Deus q isso vai acontecer a mim e a todos. Não podemos deixar jamais de acreditar na cura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CREIO QUE O ACONTEÇA CONTIGO É JUSTAMENTE UM DOS PRINCÍPIOS DE COMO O TOC AGE NA MENTE.A PESSOA FICA PRESA A UM PENSAMENTO ,IMAGEM OU LEMBRANÇA,E JUSTAMENTE ISSO SE PRENDE A SUA MENTE PORQUE VOCÊ ACHA ESTRANHO,E VOCÊ MESMO LEVANTOU A HIPÓTESE DE QUE POSSA FICAR GRUDADO EM SUA MENTE,E ESTA POR SUA VEZ CAPTOU COMO UM PERIGO,OU SEJA,VOCÊ SUPERVALORIZOU UM PENSAMENTO DE QUE ALGO VAI FICAR REGISTRADO,COLADO, GRUDADO, CONFIGURADO EM SUA MENTE E SÓ FICA POR QUE VOCÊ O SUPERVALORIZA E TEM MEDO DELE,É SÓ POR ISSO.SE VOCÊ EVITAR PENSAR EM UMA ARVORA POR MEDO ,MAIS ELA VAI APARECER EM SUA MENTE,HABITUE SUA MENTE COM A IMAGEM DE ALGO,PENSANDO PROPOSITALMENTE NESSE ALGO E NÃO SERÁ MAIS UMA COISA ASSUSTADORA PARA ELA,MAS ISSO EXIGE FORÇA DE VONTADE E AJUDA DO PSICÓLOGO QUE ENTENDE DISSO.LEVANTE ESSA HIPÓTESE...

      Excluir
    2. Isso acontece porque o pensamento gera ansiedade. Somente isso. O TOC funciona da seguinte forma em quase qualquer caso: Pensamento >> Ansiedade. Do contrário da Ansiedade generalizada que são efeitos ansiosos que nem sempre o pensamento que desencadeia. Portanto o que você deve fazer para a cura é controlar a ansiedade, que é o problema de todas as pessoas que possuem a doença, não conseguem controlar a ansiedade/medo. De certa forma acho esse TOC bem leve e de facil solução, embora saiba o medo de que você nunca mais vai esquecer a palavra na sua cabeça. Eu te recomendo um remédio homeopático nome de Aconittum Napellus, talvez somente isso te ajude.
      Boa noite abraços, Satriani.

      Excluir
    3. Obrigada pella sua resposta, mas esse toc nao e sobrr arvores nao. Isso foi so uum exemplo q dei pra explicar como fun iona na mminha cabeça. E ta longe de ser leve, meu caro... esse remedio e a base de q? Tem algum efeito colateral?

      Excluir
  29. COMPLEMENTANDO:NADA FICA COLADO, REGISTRADO OU CONFIGURADO EM NOSSA MENTE ,NÓS É QUE POR DAR UM VALOR A MAIS E JUSTAMENTE POR MEDO E QUE NÃO PARAMOS DE PENSAR NISSO.MAS NECESSITAMOS DE EXERCÍCIOS E CORREÇÃO DE CRENÇAS DISTORCIDAS QUE ESTÃO INCUTIDAS E DÍFICIEIS DE SEREM ARRANCADAS DE NOSSA MENTE,POR ISSO CHEGAM A TER PITADAS DE PSICOSE,QUE NOS PREJUDICAM FABRICANDO PENSAMENTOS ASSUSTADORES OU DESCONFORTÁVEIS COM AJUDA DA TAL DE ANSIEDADE QUE ACELERA A MENTE E PIORA TUDO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mto obrigada pela paciência em responder. :)
      Fiquei mto feliz de chegar em casa e ver q tive resposta.

      Espero ser clara nessa minha próxima pergunta: há possibilidade de embora um dia eu me lembre q tive esse problema ele não me afete mais? Por exemplo, lembrar q estive num consultório de psicologia tratando do toc vai me fazer ser acometida por ele de novo?

      Excluir
    2. POR EXPERIENCIA PROPRIA ,MEU TOC COMEÇOU COM MANIA DE CONTAMINAÇÃO E DEPOIS MUDOU,ME LIVREI DA MENIA DE CONTAMINAÇÃO ,APERTO DE MÃO,MAÇANETAS,ETC...,TOTALMENTE E HOJE SINTO QUE NÃO HÁ POSSIBILIDADE ALGUMA DE RECAÍDA DESSE TIPO ,E SE FOI ASSIM PODE SER COM QUALQUER TIPO DE TOC IMAGINO.HOJE ESTÁ ESTABILIZADO PARA QUALQUER TIPO ,É FATO.

      Excluir
    3. O como vc conseguiu fica estabilizado?

      Excluir
  30. "Amazing grace, how sweet the sound
    That saved a wretch like me
    I once was lost, but now I'm found
    Was blind, but now I see"

    :)

    ResponderExcluir
  31. oi sou Dinha quero fazer parte com voces desse problema que nos aflince a cada dia,trocar ideias nos ajudar a pasar por tudo isso.

    ResponderExcluir
  32. oi sou Dinha vou relatar a minha historia com o toc,tudo começou quando eu era criança não lembro a idade,mas sofria vendo minha amiga mangando de mim por que eu deixava cair um objeto no chaõ e pegava, e derrubava denovo ,pegava e derrubava denovo varias vezes sem mim controlar.Já tive manias de lavar as mãos achando que estavam suijas o tempo todo,ja passei por um lado de um árvore e tinha o desejo de passar pelo mesmo lado quando ia voltar,na adolecência foi piorando eu nao conseguia orar,orava varias vezes por na minha mente aparecia pensamentos ruins.Com minha subrinha eu pensava mal pra ela o tempo todo mas hoje sei que é por que eu a amava muito,depois com meu sobrinho que eu passe i a ama-lo também muitas vezes evitava de pegar neles por medo de pensar maldade pra eles,hoje esses pensamerntos foforam trans mitidos pra minha filha.Na gravidez foi que o toc piorou muito sofri muito na minha gravidez.Minha filha nasceu e até praescoler o nome dela foi dificil, todo nome que escolhia eu pensava coisas do tipo se eu colocar esse nome sua a alma de sua filha vai ser do diabo,então mudei muitos nomes que queria colocar, acabei fazendo um sorteio com os nomes que restaram, que eu não tinha pensado maldades e fiz um sorteio e disse que seja o nome que Deus quiser então escolhir o nome.como o arcanjo minha familha acha que era tiques,pesteras,mim levaram a centro espirita a magumba mas não adiantou ,e eu e minha familha não sabia o que eu tinha ,até que um dia eu vir uma reportagem na globo sobre pessoas como eu então eu descobrir o que tinha,fui ao psdicologo e de la pra cá tenho mim tratado com psiquiatra,psicologos e pscanalistra.Hoje não tenho mais rituais tipo falar duas vezes,lavar as mãos,fexar as portas varias vezes,tudo que você imagina que uma pessoa com toc tem eu posso dizer que tive,hoje prevalecem somente os pensamentos que eu considero pior de todos.Em 2010 tive uma melhora otima com os remedios e com a ajuda de Deus principalmente, e com ajuda da igreja ao qual faço parti pude mimconciderar boa cura não pensava mais esses pensamentos orivéis;mas voutou pior do que antes,eu não entendo porque se foi por que dechei a medicação e o tratamento, so sei que voutou pior.Eu sempre acreditei em Deus e na faculdade quando diziam que Deus não existia eu não ligava e continuava com a minha fé,mas hoje na minha cabeça Deus não existe ,mas procuro acriditar mesmo assim,então de hoje com 30 anos,minha vida se resume em esta boa agora e esta com crise amanhã,até o pensamento do nome da minha filha "que eu coloquei o nome nela,mas pensei que se eu deixasse esse nome a alma dela seria do diabo",coisa que aconteceu a 10 anos átras,voltou na minha cabeça essa semana.Estou sofrendo muito com essas idas e vindas do toc,eu odeio essa doença já tive começo de depressão por o toc ter voltado em minha vida, só sabe Deus como eu vivo as vezes não tenho animo pra trabalhar ,estudar, pra nada.ja pensei em dessistir parar de tentar ser feliz de acreditar que Deus posa mim curar .peço que se tiver alguém com o mesmo sintomas do toc que eu que mim fale.preciso de ajuda por favor pois tenho vontade de ter outro filho mas não sei se vai dar certo tenho medo de tudo que passei e da escolha do nome.mimajude se poder.

    ResponderExcluir
  33. Olá Dinha.
    Li seu depoimento e me identifiquei com um dos seus transtornos: A crença em Deus. Esse foi o meu primeiro e mais destrutivo TOC, que surgiu em 2007, se não me engano. Apareceu (do nada) a dúvida se Deus realmente existe, mesmo eu tendo minha fé, como qualquer pessoa teria. Esse pensamento entrou na minha cabeça de uma maneira incrível!!O tempo todo, 24 horas por dia!! Praticamente perdi toda a minha fé, pois, por mais que tentasse ignorar e mostrar a min mesmo que isso era coisa da minha cabeça, não consegui ignorar, esquecer, eliminar, nada. Hoje estou bem melhor, mas ainda se encontra na minha mente, de maneira bem mais fraca, é verdade, contudo ainda tenho essa dúvida me perturbando...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lucas M,

      como funciona com vc? Vc so tem paz qdo dorme? Logo qdo acorda seus pensamentos voltam? Como é ter esses pensamentos de maneira mais fraca? Vc consegue agora ter periodos em q eles nao aparecem? Vc ta se sentindo bem?

      Excluir
    2. Anônimo, atualmente ainda sofro com isso, mas como posto anteriormente, de maneira menos intensa. Não tenho isso o tempo todo e quando surge o assunto "Deus" me vem o pensamento, mas sei da realidade e procuro me focar nela, mesmo sem minha fé praticamente. Tento mostrar a min mesmo que isso tudo que existe (a vida,o planeta, emfim, tudo)foi criado por algo superior, e que isso não tem como ser criação do homem, que não surgiu do nada. Estou nisso há 6 anos, e de certa forma deixei nas mãos Dele, pois acho que já fiz o meu máximo... O que me incomoda no momento são os tantos outros pensamentos que estão na minha cabeça, uns de maneira intensa, outros não. Mas de uns 2 meses pra cá surgiram muitos outros, devido a ansiedade e muita preocupação que tive com 2 problemas... Tá foda!!!

      Excluir
    3. E sim, só tinha paz quando dormia, e assim quando acordava, apareciam. Hoje, com todos os outros têm sido assim também. To com muito medo de virem mais ainda! Não to aguentando mais! Comecei a tomar fluoxetina agora, depois de passar uns 4 anos com clomipramina.

      Excluir
    4. Obrigada pela sua resposta,Lucas. Esse remédio q vc ta tomando te faz algum mal? E terapia? Funciona?
      Olha, eu postei até isso embaixo, q sei q minha mente é vulnerável às obsessoes. Eu nunca gostei de ouvir musicas q gostava qdo falava de certos assuntos, por medo de ficar com a lembrança de tal assunto sempre q ouvisse aquela musica. Ou mesmo ficar com nomes e rostos de pessoas na cabeça por nada.
      O meu toc recente tem a ver com minha baixissima estima: como eu nunca me senti bonita e legal o suficiente pra ser amada, eu acabei generalizando essa condiçao pra tds as mulheres. Entao meu pensamento atual e como uma desconfiguraçao dos meus sentimentos amorosos: acho q uma mulher nunca merece estarcom um homem; q pra um homem e degradante estar com uma mulher... q ele esta perdendo tempo e deveria estar com os amigos, por exemplo. É como se eu exagerasse a nossa incapacidade normal e natural de entender o q o outro lado da relaçao pensa e sente. Resumindo:eu entendo como uma mulher consegue gostar de um homem mas nao ao contrario. Fiquei ate com medo de nao me interessar mais por homens e sim por mulheres, mas nao e o q sinto. So consigo amar e me interessar por homens msm... aquele bem estar q temos qdo alguem q mexe c a gente chega, aquele sorrisinho no cantinho, aquele embrulho no estomago, so tenho por algum carinha. Por mais q uma mulher seja linda e maravilhosa e super modelo, eu nao quero ela pra mim, entende? Ate msm um abraço de amigo sempre foi mais gostoso e confortavel q deamiga. Qdo estou ficando com alguem, e como se os braços dele fossem o céu, me fazendo me sentir segura.
      Esse toc ta sendo mto chato, pq quero mto me sentir bem pra conhecer uma pessoa legal e formar uma familia, com um pequenininho correndo por ai e eu correndo atras dele.
      Quero tb me sentir bonita e amada. Qdo passo na rua varios homens me cantam chamando de gostosa, mas sempre penso q ha algo de errado com eles.

      Excluir
    5. Outra coisa, Lucas: Deus existe sim, e Ele e o Deus do impossivel. Ele faz milagres em nossas vidas. Eu penso q da mesma forma q ha pessoas q sofrem de cancer e outras doenças, nos sofremos de toc. Por Deus eu acordei mais calma hj, querendo vencer. O nosso toc e nojento, pois ele se disfarça de duvidas para nos atormentar. Vamos pensar q estamos curados por Deus.
      Hj e dia da minha segunda consulta c a psicologa, tenho fé q vai ser boa! :)

      Excluir
    6. Deus existe! Deus é Pai! Graças a Ele conseguimos ouvir a voz da nossa própria consciência nos mostrando distintamente as coisas boas que pensamos e sentimos tão opostas ao que o TOC tenta impor! Todos temos pensamentos maus, mesmo os que não tem TOC, pq somos humanos, mas sabemos que o TOC intensifica tudo e não tem o mínimo de piedade em nos infligir com sentimentos de culpa...
      Fico feliz por vc estar se sentindo bem e ter essa consciência que o TOC se mostra para nós em forma de dúvidas e tantas coisas para nos perturbar. Deus olha por nós e com certeza a cada instante nos ajuda, nos motiva a alcançarmos a nossa cura. Às vezes não nos damos conta, mas o simples fato de lutarmos ainda que silenciosamente para vencer já é um grande milagre de Deus! A vida é uma dádiva!
      Super boa sorte na sua consulta! Aproveite bem!
      Fiquem com Deus!

      Excluir
    7. Obrigada!! Vai dar td certo pra nós!! :)

      Amém!

      Excluir
    8. Amém! Boa noite! :)

      Excluir
    9. Gente, que bom que eu encontrei esse blog. Tive sindrome do panico aos 20 anos e sempre tive muito medo de morrer. Com o tempo, melhorei mas depois veio o TOC. um belo dia começei a me perguntar o porque das coisas, como eu pensava, como eu existia, como sentia as coisas no meu corpo...começei a tomar LUVOX e melhorei muito, convivi uns 10 anos com 100 mg e as vezes, tinha algumas recaídas. Ha 2 anos dobrei a dose e melhorei 99%. Por estar super bem esses 2 anos, fui retirando a medicação aos poucos e me senti super bem, até que em menos de 1 mês, voltou tudo, os mesmos pensamentos..já voltei a tomar a medicação e estou com 150mg. Não tenho mais crises horríveis de ansiedade, mas estou com a sensação de estar muito aérea, sinto-me desconectada e estou com os questionamentos filosóficos de como surgiu o universo, o que tinha antes dele, como as coisas se deram e pq são assim. Deus existe? Fico me respondendo mas parece que nada adianta. Sinto um cansaço enorme na cabeça, de tanto pensar. Estou há uns 30 dias tomando a medicação, e estou assustada pois parece que estou demorado a ficar bem. As vezes parece que o pensamento chega sempre no mesmo lugar, faz um ciclo vicioso e dá uma sensação de "vazio de si mesmo" muito estranho. Alguem já passou por isso? A RETOMADA DA MEDICAÇÃO DEMORA EM MÉDIA QUANTO TEMPO PARA FAZER EFEITO QUANDO INTRODIZIMOS NOVAMENTE? Espero e mereço ficar bem com minhas 200mg de novo. Por favor! Preciso muito disso...tenho medo de ficar com essa sensação pra sempre e não conseguir me encaixar de novo em mim mesma!

      Excluir
    10. Alguem fala comigo gente!!!!

      Sou Gisele a do comentário aí em cima!

      Excluir
    11. Olá Gisele, as vezes demora até 3 meses para voltar ao normal quando retomamos o medicamento. Aguarde com paciência r nada de ansiedade. Sei que falar e fácil mas fazer e difícil mas tente esperar.
      Tenho certeza de que vai voltar a ser vc mesma :)

      Excluir
    12. Oi miguel! Obrigada pelas suas. Palavras! Vinha me sentido bem e tive uma recaida! Me sinto estranha acho tudo estranho e estou deprimida! A sensaćao que tenho e que preciso me reconectar! Me sinto longe! Quero que todos nos melhorsmos! Hj chorei muito por estar me sentindo assim! Tenho medo de ficar sempre com isso! Um grande abraco!

      Excluir
  34. Olá,
    gostaria de dizer q me identifiquei mto sobre os pensamentos obsessivos. Sempre soube q tinha uma mente vulnerável, q as coisas poderiam grudar ba minha cabeça, q eu nao era capaz de esquece-las. Por exemplo: se eu passar por algum vizinho puvindo uma musica, eu vou sempre me lembrar dessa pessoa qdo ouvir a tal musica. E por ai vai...

    ResponderExcluir
  35. Uma constatação: ainda não estou pronta para encarar a internet sem o risco de me envolver em armadilhas... rs... Às vezes, sinto-me confortável e confiante, mas é preciso que passe muita água embaixo da ponte antes de afirmar que estou no controle da 'situation'! Paciência e fé em Deus! Já passei por situações piores e não perdi minha essência de moça otimista e com vontade de vencer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs, realmente não tô pronta pra esse c@r#$&%... Acabei de passar por outro teste!

      Excluir
    2. Como assim armadilha??

      Excluir
    3. Rs, ah é, nem todos sabem! Vou explicar. Dentre as inúmeras formas que o TOC me atinge, uma delas é em relação a internet. Por exemplo, os sites que tem muitos destaques, muitas manchetes são uma armadilha pra mim, pq eu tenho necessidade de clicar em cada uma que me chama a atenção, pq eu acho q se eu não souber do que se trata eu vou ficar com aquilo na cabeça. Às vezes, eu consigo resistir e tenho sucesso, mas não é sempre! Armadilha tbm qdo eu pesquiso sobre determinado tema e uma coisa vai levando a outra e, de repente, eu embarquei em uma página tão distante do meu objetivo inicial, do meu clique inicial... E eu tenho muita consciência disso. Sei que às vezes vou parar em locais nada a ver com meu interesse, só interessam ao TOC. Não é fácil. Mas, olhando para trás vejo q sempre foi assim. Desde criança, qdo eu precisava buscar uma palavra no dicionário, acaba sempre olhando o significado de uma em que "batia os olhos" e olhava o significado de não sei quantas palavras mais além da que eu queria inicialmente! É isso aí, por isso eu não tenho facebook! :(

      Excluir
  36. A msg que recebi e quero compartilhar com todos. Tem tudo a ver conosco:

    "Tenha a convicção de que Deus está no controle de tudo.
    Não tenha medo de situações novas.
    Tire proveito das dificuldades.
    Não escute palavras de desânimo e dúvida.
    Lembre-se que você próprio é uma solução.
    Agradeça a Deus pela oportunidade de lutar e vencer".

    ResponderExcluir
  37. Eterna, vai dar certo. Fé em Deus, sempre! Deus é pai!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Eu não tenho dúvidas! Por isso sigo em frente! Com a convicção que vai dar tudo certo! A minha fé me guia! Mesmo nas adversidades, a esperança sempre está viva e logo me animo! Vai dar certo para todos nós! Falar igual o Miguel: "é uma profetização"! rs... :)

      Excluir
  38. Vei, a mina aqui é a maluquinha da internet! rs, falando sério! Esse negócio me deixa pirada! Sabe, eu andei respondendo uns testes de comportamento enviados pela operadora do celular e tô começando a achar que eles tinham razão qdo disseram que vão pensar em mim se precisarem de uma detetive, investigadora, sei lá... Eles fizeram umas perguntas que avaliavam minha capacidade de observação, hahaha, mal sabiam eles que eu tenho TOC e minha memória é minha aliada e minha algoz tantas vezes!!! :) :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é falta do que fazer não, sabe?! Eu nem fico navegando na internet, justamente para "evitar a fadiga"! Geralmente busco olhar só o básico. E-mail, o blog, material de estudo... Mas, eu tbm mereço ver outras coisas, né? Mas, tem que ser com cuidado! Não me agrada ficar buscando doses extras de ansiedade! Meu TOC (agh, chamá-lo de 'meu' é chato) já está há tanto tempo aqui, que tipo me acostumei (ei, acostumei, não me rendi), mas qualquer dose extra de estresse balança todo o equilíbrio desequilibrado a que já estou acostumada! rs.

      Excluir
    2. Acho que "desequilíbrio equilibrado" é mais adequado!

      Excluir
    3. "A água viva ainda está na fonte
      Você tem dois pés para cruzar a ponte..."

      Excluir
    4. :)
      "Mas, acima de todas as coisas, nunca se esqueça de Deus!"
      Porque Ele nunca, nunca nos esquece...

      Excluir
  39. oi desejo a todos muita fé em Deus e esperança,muita muita paciência.Hoje to um pouco triste por que o toc mim deixa assim,fé em Deus e bola pra frente,dias melhores viram,eu creioooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  40. oi desejo a todos muita fé em Deus e esperança,muita muita paciência.Hoje to um pouco triste por que o toc mim deixa assim,fé em Deus e bola pra frente,dias melhores viram,eu creioooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  41. "Esperar não é perder tempo, é ter certeza que há um tempo certo para tudo…
    Porque Deus nunca se atrasa…"
    No Momento Certo, no Tempo de Deus, as coisas vão se ajeitando e se tornando perceptíveis para nós! E, então, compreendemos tudo e nos damos conta que a única coisa que temos a fazer é confiar no Relógio de Deus!

    ResponderExcluir
  42. Gente, ta mto dificil vencer os pensamentos obsessivos!! Socorro!!! É um monstro q se aloja dentro de noossa cabeça. Queria q meu toc fosse de lavagem, por exemplo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil, mas é possível! A gente melhora aos poucos! Tem que ter paciência e confiar! Não podemos nos render! Olha, o TOC me acomete desde que eu era criança e ao longo do tempo foi sofrendo variações... Então, acho q eu posso afirmar q qualquer q seja a forma como ele te acomete, sempre é ruim... Eu entendo o q vc diz! Sei como é! Já me vi em situações em que queria q as coisas fossem de outro jeito, pq de um determinado modo me parecia q já sabia lidar melhor com o TOC! Mas, te digo, qdo vc diz q queria q o seu TOC fosse de lavagem, talvez não esteja analisando por completo. Sabe pq eu falo isso? Pq qdo o TOC te faz sentir necessidade de lavar constantemente as mãos, ele não o faz pura e simplesmente. Por traz do ritual, permanecem os pensamentos, as justificativas q o TOC impõe pra vc estar sempre se lavando e isso é horrível! Vc não se sente livre ao executar o ritual. Pq todo ritual sempre está condicionado a um pensamento. Os pensamentos q justificam a necessidade de lavagem, higienização não condizem com a realidade e vc sofre por saber q está refém de algo que não concorda! Do mesmo modo, sei como é ficar estagnada, parecendo hipnotizada, tentando anular um pensamento com outro. É muito muito muito horrível! Vc pensa algo q não gostaria de ter pensado e de algum modo busca anular o primeiro pensamento com outro pensamento! Enfim, é preciso lutar todos os dias! Não se render! Fazer questão das pequenas vitórias! Eu acho q se condicionamos a nossa mente a nos obedecer e a agir a nosso favor nas coisas mais simples e pequeninas, conseguiremos bons resultados em coisas maiores, pq acredito q nas coisas simples e nas mais complexas, o nosso cérebro está obedecendo o mesmo comando! Eu tenho muito a lutar e a conquistar! Mas, hj já consigo seguir adiante e ignorar mais o TOC, muito mais que antes! Já sofri, viu? Mas, eu tô disposta a continuar lutando! É o que devemos fazer! Confiar tudo o q somos a Deus! O tempo de Deus conserta tudo! Deus nos ama! Persistam! Lutem por vcs! OTOC é insignificante perto da nossa vontade!

      Excluir
    2. Mais uma vez obrigada pelo carinho, Eterna. :) obrigada pela compreensão. Realmente vc me entendeu: dá vontade de querer lavar as maos, ou checar portas, e nao pensar por pensar. Q loucura! Eu queria q minha cabeça nao fizesse tantas associaçoes negativas. :( eu faço coisas do tipo: ao ouvir uma musica e ver algum conhecido q nao falo, a musica fica sendo "da pessoa" em questao.
      Ai essa obessao desacompanhada de compulsoes faz com q a gente viva na superficie, q veja o mundo "embaçado"... qdo esses pensamentos somem, parece q o oxigênio volta...
      Acho q esse toc veio da minha imensa solidao, q vem se acumulando e agravando com os anos. Sempre quis gostar de alguem e ter alguem q gostasse de mim de volta, mas nunca soube o q e isso. Entao acho q isso foi me consumindo ao longo dos anos, e hj me pegou na forma do toc. Nao sei se da pra entender. Cheguei ao ponto de ver casais na rua e nao conseguir entender o pq de o homem gostar da mulher, e como se fosse uma generalizaçao. Isso me doi mto... :(

      Excluir
    3. Oi, querida! Não precisa agradecer! Tenho TOC e o que posso tirar de bom da experiência é a capacidade de compreender o sofrimento de outros que sofrem do mesmo modo que eu. Eu sei como se sente! Sei bem como é! Sei q vc se desespera e sente vontade de ter TOC de outro tipo, pq ser refém dos próprios pensamentos é doloroso demais, nos consome demais... Mas, TOC de verificação, de lavagem das mãos excessiva, de simetria, enfim de todos os tipos, nos consomem e fazem sofrer da mesma forma! Sabe, pode mudar a intensidade com que o TOC atinge a cada um, mas de todo modo sofremos, pq o TOC tira nossa liberdade, mexe com nossa capacidade de tomar nossas próprias decisões... Para muitas pessoas que não tem TOC, quando se fala sobre esse transtorno, já definem logo como manias de limpeza, verificação... Até nas reportagens, muitas vezes esquecem de abordar sobre os pensamentos, que para o portador de TOC, justifica os rituais... É difícil! Os pensamentos são a parte mais difícil, são o que nos faz sofrer tão intensa e silenciosamente! Existem tantas coisas que se passam em nosso íntimo e só Deus tem conhecimento! Nossa, sobre as associações negativas, vc não tem ideia do quanto sei do q vc tá falando! Sabe, qdo eu descubro algo novo, eu praticamente não me permito admirar, aproveitar, seja um objeto ou uma sensação, pq eu sei q eu vou associá-lo a algo ruim e aquela coisa estará irremediavelmente transformada pela associação... Sei como é! Faz parte do TOC impedir que a gente se permita ser feliz! Mas, a gente precisa freá-lo! Ele não pode definir isso!
      Vc disse que acha q o TOC veio da sua solidão, mas me permita sugerir que acho que a sua solidão é que veio do TOC, pq ele tá mexendo com sua mente no sentido de te convencer que nenhuma mulher merece ser gostada e amada por um homem! Vc precisa buscar tratamento para esse pensamento! E isso pra vc se livrar do TOC, pq vc não precisa necessariamente condicionar sua felicidade à existência de uma relação com alguém, mas claro q vc tem todo o direito de conquistar um amor, sua família sem o TOC a importuná-la com esse tipo de pensamento! Aproveite tbm as relações com as pessoas que lhe são importantes! Seja forte! Sei que dói ter todos os pensamentos que tem, mas não é culpa sua! Qdo tiver oportunidade, busque tratar-se! Confie em DEUS! Sua felicidade está dentro de vc!

      Excluir
    4. Oh, Eterna, suas palavras são um alento nesses tempos difíceis. Eu acredito q tive uma ligeira melhora, mas é bem pequena msm. Mas isso é bom, né?
      A minha psicóloga mandou pensar em coisas boas, momentos felizes q eu vivi, com pessoas q gosto. Só q isso nao e la mto facil... Música e família me ajudam, e um pouco de projetos tb. Às vezes perco a fé e acho q nunca vai melhorar, às vezes eu tenho td a fé e sei q há maravilhas de Deus pra mim.
      É assim msm? É bem aos pouquinhos q a gente melhora? Pq das duas vezes em q eu tive crise, mas nao tinha ciencia do q se tratava e td o mais, eu melhorei subitamente. Acordei um dia e estava bem.

      Obrigada!

      Excluir
    5. Oi, querida! Que bom que apenas com palavras eu consigo te ajudar um pouquinho! E olha q o q compartilho é baseado nas minhas vivências, na minha vida, eu nunca busquei auxílio profissional, mas sei que qdo tiver essa oportunidade, me fará muito bem! Então, no que puder contribuir com qualquer um que precisar, eu o farei com todo o carinho! Ei, é claro que é ótimo! A gente tem q valorizar as pequenas melhoras, as pequenas conquistas, é assim que a gente vai aumentando o passo! :)
      Na medida do possível, siga o que a psicóloga recomendou. Eu sei que a prática é mais difícil, mas é pq lidar com o TOC é difícil, se fosse fácil vc não precisa nem ir na psicóloga, fazia tudo sozinha! Requer esforço, mas te garanto q a conquista será proporcional ao esforço! Então, ânimo!
      Natural as oscilações de sentimento, mas sei q dentro de vc mesmo nas adversidades, conserva a fé e a certeza q tudo vai melhorar!
      É assim msm, é aos pouquinhos, vc vai construindo sua melhora! É melhor agora q vc sabe contra o q tem q lutar, pode crer! A gente luta pra isso msm... e te garanto, a persistência leva a resultados q te encherão de vontade de lutar cada vez mais e mais! Insista! Mostre ao TOC q vc consegue resistir a ele e não se desespere se vc tropeçar, pois Deus sempre vai te amparar, pois Ele nunca desampara seus filhos e nós estamos com vc! Bjos :)

      Excluir
    6. Obrigada, Eterna. Vc deve ser uma otima pessoa, iluminada msm. :)
      Cara, as vezes da vontade de ter cancer ou outra doença do corpo, melhor do q toc. Mto triste uma coisa invadir a nossa cabeça e ficar plantando coisas que nao queremos. Eu quero paz novamente!!

      Excluir
    7. De nada, garota! E obrigada! Peço a Deus que assim seja! Vc tbm é iluminada, todos somos e o TOC é sombrio! Mas o segredo para afastar a escuridão é iluminar o nosso coração! Muitas vezes é difícil, pq o TOC tem artimanhas que só Deus pra ter misericórdia de nós! Não fique se martirizando, pq não adianta! Cada um sabe de si e todos temos problemas, cruzes que gostaríamos de trocar por fardos mais leves, mas simplesmente não dá... A gente às vezes pensa q não, mas temos força pra suportar e lutar! Vc vai conseguir! :)

      Excluir
  43. Pessoal
    tenho lido vários comentários de vocês e me identifico em todos eles,antes eu tinha essas manias de fazer coisas repetidamente, de pensar que se eu não fizesse poderia acontecer alguma coisa ruim, em outros momentos tive crises de contaminação, de achar que tudo estava contaminado, de chegar em casa e lavar a minha roupa, mesmo estando limpa, porque eu achava que poderia estar contaminada por alguma coisa, já que eu havia saido de casa...
    Em outras fases tinham mania de ficar me sentindo mal, achava que a qualquer hora poderia acontecer um ataque cardiaco, ou algo parecido..
    agora a minha obsessão é por culpa, muitas vezes se passo por alguém penso se posso ter machucado essa pessoa, se passo em uma faixa fico pensando se eu não esbarei em uma pessoa e ela caiu e foi atropelada, coisas desse tipo, ai isso fica me consumindo, mesmo sabendo que eu não fiz nada, os meu pensamentos ficam lembrando detalhes e me fazem sentir culpada por algo que eu não fiz, e isso só passa quando acontece outra ocasião que envolvam outras coisas, aí eu volto a me preocupar com esta outra coisa..
    e assim por diante,não sei se isso é TOC,mas acho que sim, vou procurar um profissional, mas tenho medo que ele me de remédio, e tenho medo de tomar esses remédios..
    não sei o que faço.
    mas ler os comentários de vcs é bom, pois me acalma um pouco..
    Um abraço no coração de todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. caro como ja postei hj me identifico com isso a sessaçao de culpa e algo que convive com quem tem toc pelo menos foi os os medicos disseram mas nao tenha medo de tomar os remedios eles so vao te ajuadar, procure um bom medico pesquise tb e fique ligado nas postagens elas ajuadam muito, eu me sentia muito so pq pensava que era a unica pessoa com toc como o meu hj vejo diferente, tnho varias angustias e dificil masi vc tem ser preseverante como falei hj tb a teoria e mais facil mais se for colado em pratica ajuda e muito fique com deus

      Excluir
  44. boa noite me auto denomino como arcanjo, ja postei a vários dias, de la pra cá as coisas não mudaram muito as angustias aumentaram notei que os problemas financeiros e outros interferem muito já que me preocupo demasiadamente, tenho passado por momentos de muito estresse mais vou levando lendo hj os depoimentos me cinto bem melhor em saber que possível sim viver sem toc, e de muita importância um blog como esse, aqui falo de novo da importância de se levar o tratamento de transtornos psicicologicos mais a serio em particular pela rede do sus que nao da um tratamento eficaz pelo menos em muitos os casos no meu em particular não resolveu, mais nao se apaguem a minha experiencia com sus e sim nas boas coisa que aconteceram e tenho certeza iram acontecer, bom não sou muito letrado, mais da minha forma peço uma luz em relação a minha sensação de culpa permanente e horrível fazer as coisas pela minima que seja e ficar com a sensação de culpa, de nao fazer nada certo de se culpar por tudo e pra mim tudo da errado e contraditório disse agora apouco que se apeguem as coisa s boas e relato isso mais no meu caso isso e uma coisa que fica martelando como o toc em si so tenho descaço quando durmo, em relação as coisa boas, e que tem gente que quer me ver melhor e que acredita em mim e minha família tb bom misturei tudo mas resumindo e dificilmais e possível viver sem toc acreditem pois eu acredito a todos fiquem com deus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Arcanjo!
      Conheço muito bem essa sensação constante de culpa. Vc não está sozinho! Sei bem como é sentir culpa por absolutamente tudo, desde as coisas mais simples às mais relevantes... Essa sensação de culpa me acompanhou por tanto tempo, que eu sempre estava pedindo desculpas a todos por tudo, mesmo qdo não tinha nada a ver, mesmo qdo não tinha do que me desculpar! Até na rua se alguém pisava no meu pé, automaticamente quem se desculpava era eu... E isso é um exemplo de coisa simples. Eu sei bem como é ficar remoendo que vc não fez o melhor q vc pode, q a escolha q vc fez foi errada, q sua decisão ferrou tudo, q vc maltratou alguém, q tudo podia ser diferente, q alguém podia ser mais feliz se vc tivesse feito as coisas direito, q vc não faz nada certo... enfim... Mas, sabe o que eu percebi? Que não importava a escolha que eu fizesse, não importava por qual caminho eu seguisse, eu sempre sentiria q poderia ter feito melhor! Eu me dei conta q mesmo qdo eu fazia o meu máximo, qdo me esforçava o máximo possível para alcançar um resultado, ainda assim eu nunca estava satisfeita comigo mesma! E isso me fez perceber q isso não estava certo, pq de toda forma uma decisão precisava ser tomada... Se escolhesse a opção 1, sentiria culpa, se fosse a opção 2, sentiria culpa, se buscasse um meio termo, sentiria culpa, se não escolhesse nem uma das duas, sentiria culpa, se não tomasse decisão nenhuma, sentiria culpa... Então, fui me convencendo que eu sempre fazia o meu melhor, q não devia me culpa, exigir tanto de mim, já que me esforçava para alcançar bons resultados. E, digo feliz, que obtive sucesso. Eu fico até pensando, sabe? Que a culpa me perseguiu tão intensamente, que hoje em dia eu não sinto culpa por quase nada, como se tivesse esgotado minha cota de culpa na vida na fase em que o TOC mais me afetou nesse sentido. E acho que consegui porque fui me esforçando nas situações mais simples, pq eu acho q vale muito qdo nos esforçamos nas pequenas coisas, pq qdo vemos já estamos lutando pelas maiores tbm da mesma forma. Então, a partir do momento q eu fui me convencendo a não me martirizar tanto, ficar remoendo as decisões e escolhas, eu consegui ser mais feliz. Hj sou muito mais minha amiga. Não é de uma hora pra outra q a gente consegue mudar, mas aos poucos e o importante é não desanimar.

      Excluir
  45. Obrigado por responderem, Anônima e Eterna. Obrigado pelas palavras. Anônima, percebi que temos Um TOC bem parecido. Queria muito conversar com você a respeito disso, pois nunca tive a oportunidade de conversar com alguém que tivesse um TOC parecido.
    Queria saber se podemos conversar via Facebook por exemplo, porque por aqui é meio demorado. Grato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas, vamos conversando por aqui msm... fala mais sobre o q vc ta passando, abre o seu coraçao. E lembre q Deus é conosco sempre! Nao e msm, Eterna?

      Excluir
    2. Sim, meus amores! Deus está conosco! Está em cada um de nós! Está no outro! Podemos perceber a presença constante Dele uns nas palavras do outro aqui no blog... Deus nos deu o consolo de termos uns aos outros, querido? A chance de ajudarmos sem querer nada em troca e isso é lindo! Eu gosto de ser a pessoa amável e preocupada com o próximo que eu sei que cada um de nós é!

      Excluir
    3. Perdoem errinhos de concordância aí, gente! Escrevi e não revisei, mas o que vale é a msg... Bjos!

      Excluir
  46. SOCORRO GENTE!! NÃO TO AGUENTANDO MAIS!!! ESSAS COISAS NÃO SÃO DE MIN!! NÃO SO ESSE TIPO E NÃO PENSO ESSAS COISAS!! POR FAVOR DEUS, ME AJUDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lucas M.
      Tenha calma, querido! Tenha certeza q todos aqui sabem exatamente o q vc ta sentindo! Espero q vc já esteja melhor! O TOC é todo complicado, mas essa sensação é uma das mais difíceis! Mas, por mais cruel q possa ser, eu sei q vc tem consciência q existem tantos pensamentos q não pertencem à sua vontade, à quem vc é... Se acalme, coragem! Vc sabe o q é, nós sabemos e o mais importante Deus conhece vc e tudo a seu tempo fica bem! Não fique se martirizando, vc sabe q esses pensamentos não são seus. Não perca o foco q é tudo devido ao TOC. É difícil, eu sei... Mas, vai melhorar! Confie! Acredite! Deus está te ouvindo! Deus nos deu uns aos outros para nós nos ajudarmos! Eu gostaria de te ajudar... espero q as palavras amenizem sua dor! Espero q fique bem, de todo o coração eu desejo! O TOC é horrível! Mas lembre, o culpado é ele, os pensamentos surreais, horrorosos e etc são dele, não pertencem a vc! Sabe, qdo eu era criança, eu cheguei a falar assim: "Deus, tudo o que eu disser no pensamento é mentira!", rs. Vc percebe? Eu era uma criança, mas eu sabia q aqueles pensamentos não me pertenciam! O TOC continuou e ainda está aqui, mas a gente não pode se render, não podemos deixá-lo nos enganar e nos culpar para sempre! Deus te ama!

      Excluir
    2. Muito obrigado Eterna! Procuro pensar assim como você diz, mas é muito difícil! Mas suas palavras me acalmaram um pouco. Deus te ilumine. Obrigado pela atenção.

      Excluir
    3. Oi, Lucas M.! Não há o que agradecer! E, vc pode ter certeza, que tudo o que disse é pra valer! Que realmente tudo o que me esforço para melhorar, eu percebo os resultados! Sei o quão difícil é! Imagine, quantas vezes o TOC me fez pensar q não seria feliz... Imagine quantas vezes, nas pequenas coisas, eu pensei: ah, pra quê lutar por isso, se não vai adiantar? Vou continuar tendo TOC... Mas, sempre adianta! Então, não desista! Não dê o gostinho ao TOC! Vença-o aos poucos! Vc vai ver como isso o estimulará a lutar cada vez mais! E sua qualidade de vida irá visivelmente melhorar! Amém e Deus te ilumine, te proteja e ajude sempre!

      Excluir
  47. é eu acho que a pior coisa é essa sensação de culpa...
    semana passada eu estava caminhando na beira da faixa e der repente me vem um pensamento na cabeça, será que você não esbarrou em alguém , será que essa pessoa, não caiu e não foi atropelada... essas coisas...

    aí eu fico lembrando passo a passo que eu dei e me convenço de que nem se quer passei perto de alguém, aí quando eu estou tranquila, feliz, vem esse pensamento de novo, como se fosse para não deixar eu ficar em paz, e faz eu pensar, mas será que eu fiz alguma coisa errada, e me atormenta de novo..
    eu sei que não sou capaz de fazer mal a ninguém, eu desvio até das formigas do chão para não pisar nelas...
    mas esse sentimento de culpa insiste em me perseguir..
    eu só sei que esse pensamento de ter esbarrado em alguém, só vai passar quando acontecer um outro evento eu eu começar a me preocupar com o outra coisa..
    as vezes eu penso que não é justo, tem tanta pessoa que rouba, mata, briga com as pessoas e não tem esse sentimento, porque eu que nunca faço mal a ninguém tenho que me sentir assim..

    Mas tento não me perguntar porque esta acontecendo isso comigo, mas para que, tenho certeza que Deus esta olhando a gente, e se temos que passar por estes obstáculos, certamente ele esta guardando coisas maravilhosas para nós..

    Mas enquanto isso, eu fico me sentindo assim, como se fosse proibido ser feliz.

    Fiquem com Deus, e Bons pensamentos a todos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Anônimo... Tenho pensamentos que chegam como o seu e só ficam mais fracos quando outros surgem. E de umas 3 semanas pra cá eles têm aparecido quase que diariamente!!! Não aguento mais!! E alguns deles me fazem pensar o contrário sobre coisas que gosto! Já outros me forçam a acreditar em coisas que nunca fiz, pensei, ou faço. Comecei a tomar medicação nova, fluoxetina, 3x ao dia. Espero que me ajude logo!!!!

      Excluir
    2. Como se começa com remédios?

      Excluir
    3. Oi, Anônimo! Acho que é 'Anônima'! :)
      Realmente a sensação de culpa e essas loucas incertezas que nos acometem não são brincadeira. Mas é que o TOC mexe conosco de um jeito, faz questão de nos deixar em eterna dúvida... E sobre coisas que a gente tem lucidez de tratarem-se de meras ilusões! Sabe, que às vezes eu chego a fixar o olhar em estranhos na rua para me convencer que não é uma pessoa conhecida minha... Tipo, eu sei que aquela pessoa não é o meu namorado, mas eu olho para me certificar! É algo absurdo e eu me repreendo: enlouqueci! rs. Mas, sei que é o TOC! E o TOC é mau demais para que percamos a lucidez. O negócio dele é este mesmo de nos fazer pensar e fazer cada coisa, mas bem conscientes do absurdo... Agora, sobre o lance das formigas, rs, caramba, eu tbm desvio para não pisoteá-las... Meu, o que eu faço que não tem TOC? Difícil... Eu fiquei bem revoltada na época que me dei conta disso, qdo percebi q em todos os gestos que eu analisava, via o TOC presente! Menina, quantas formigas eu já salvei? Além de me esforçar para não pisoteá-las, eu já as tirei da água, já as ajudei a encontrarem um caminho sequinho e seguro, rsrsrs... kkkkk... Meu Pai! É comum encontrarmos semelhanças entre as manias, mas essa nossa das formigas é demais! kkk.
      Eu sei o quão amável vc deve ser, com certeza incapaz de maltratar alguém intencionalmente! Imagina, a culpa nos acomete tão ferozmente por nada, q a gente vive se esforçando para ser o mais amáveis e compreensivos possível, mas somos humanos! É bonito buscar compreender o próximo, mas não podemos permitir que abusem da nossa boa vontade por causa do TOC!
      Então, sempre que ele te colocar em dúvida, continue fazendo como já faz, recordando q vc não fez mal a ninguém! Não se deixe enganar! O TOC é dúvida! Mas Deus é certeza de vitória! Vc não está só! Todos aqui já passaram ou ainda passam por sensação de que não nos é permitido ser feliz, mas lembre que é o TOC que nos deixa assim muitas vezes! E, sei que vc confia que venceremos, que estamos passando por isso, mas juntos somos capazes de vencer! Quem sabe o propósito seja essa solidariedade e ajuda mútua e fraterna com que nos acolhemos aqui e assim todos os dias?
      Finalizo com essa msg que chegou a mim hj e não foi por acaso:
      "O verdadeiro vencedor é aquele que mesmo nos momentos de dificuldades jamais desiste dos seus objetivos e enfrenta o sofrimento de cabeça erguida, sabendo que mais a frente a grande vitória chegará"!

      Excluir
    4. Procure um psiquiatra e ele te dará remédios

      Excluir
    5. Ei, moço, essa resposta sua é pro Anônimo que perguntou como se começa com remédios, né? :)

      Excluir
    6. Oi Miguelito, eu sabia rs
      E q eu nao me expressei brm.... e so ir no psquiatra e ja começamos a tomar remedios? Ou leva um trmpo ate comecRmos?

      Eu queria msm era uma formula magica p ficar boa logo.

      Excluir
  48. oi gente, hoje to muito triste por causa do toc ,ele é uma desgraça em minha vida .Esse pensamento que Deus não existe ta mim deixando mal ,por que sempre mim peguei a Deus nesses momentos ,e agora tenho que lutar com minha cabeça pra Deus existir....se tiver alguém como eu ,com esse pensamento fale comigo,por favor.tch

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinha!!! Esse foi o meu primeiro e mais poderoso toc, que surgiu em 2006 e está comigo até hoje! Acabou com minha fé, e me deixou a beira do abismo. Mas fui aprendendo a lidar com ele. Perdi quase que minha fé toda, e até hoje não a tenho de volta, mas ele só aparece quando surge o assunto, ou quando vou orar, mas não me incomoda mais tanto. Acho que me acostumei com ele, sei lá. Deus sabe o quanto tentei e tento ter minha fé de volta, mas Ele também sabe que isso não fui eu quem quis, então aprendi a não me culpar nem me martirizar por conta dessa "falta de fé". Você tem ele há quanto tempo?

      Excluir
  49. Lucas desde 2012, quando o toc voltou na minha vida depois de um tempo que tive praticamente boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dinha, você usa Facebook? Seria bom conversarmos mais sobre isso, e pelo bate-papo do Face fica melhor.

      Excluir
  50. meu face é rose de fatima esse é o link do meu perfil
    https://www.facebook.com/rosedefatimasantosdacosta.santos?fref=ts

    ResponderExcluir
  51. Gente, precisamos de fé sempre! É terrível ter pensamentos bombardeando a nossa cabeća quase 24 h por dia (pelo menos é o q acontece cmg). Sinto q esse ano está sendo desperdiçado com o toc. :(
    Aí eu sinto q os pensamentos enfraqueceram um pouco, mas é bem pouco msm. Como faço pra enfraquecer eles de vez? Demora mto tempo?
    É como se eu quisesse chegar do outro lado da ponte, mas essa ponte é longa demais...
    Só Deus, com sua honra e sua glória, me poe de pé td dia. Mas é mto difícil...
    Será que vou voltar a ter a cabeça "limpa", ou seja, com um fluxo normal de pnsamentos q vem e vao?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido Anônimo, vc tem razão: precisamos ter fé sempre! A fé nos mantém de pé e seguindo em frente ainda que a ponte pareça enorme demais e a travessia seja cheia de obstáculos, mas tbm sempre encontramos coisas boas no caminho! Confie! Ao invés de pensar q este ano está sendo desperdiçado com o TOC, prefira pensar no quanto vc é e está sendo forte este ano mesmo com o TOC... Pq vc já reparou q msm qdo a gente se sente da pior maneira, algo dentro de nós sempre se mantém vivo? Já reparou q a gente sempre tem nossa esperança viva? Q mesmo com as porradas do TOC a gente está sempre a buscar modos de vencê-lo um pouquinho a cada dia... Vc com certeza vai conseguir tudo o que almejar e lutar para conquistar! lute por sua melhora! E lembre q é aos pouquinhos q a gente se supera! O importante é lembrar q msm q a espera seja grande, a recompensa virá! Enquanto caminha, viva, faça o bem! Não viva exclusivamente para atravessar o caminho e vencer o TOC! lembre q há outras coisas q aproveitar! :)

      Excluir
  52. Mas os pensamentos um dia somem da nossa cabeça?? :/ Tá mto difícil!! SENHOR, piedade!!!! Nós não merecemos isso... :( Nao aguento maaaaaaaaaaaaaaaais! Tá doendo mto! Quero entrar em coma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo e sinto muito! Compreendo seu sentimento... São muitos pensamentos, não é mesmo?! Eu sei. São muitos pensamentos que parecem que não é vc q está pensando, né? Eu sei. Deus sabe como vc se sente! Não se sinta desamparado (a)! Sei o quanto dói não ter controle sobre o q pensa, pensar o q não se quer pensar... e quanto mais vc quer se livrar eles vão se intensificando, eu sei. Mas, te digo: os pensamentos somem? Bom, acho q é bem variável, tem pensamentos que sim, mas é como o Miguel fala, a gente não pode impedir que os pensamentos venham, mas o que a gente faz em consequência a eles é que é determinante, tipo o pensamento pode até vir, mas vc pode evitar o ritual... Eu quero te dizer q qdo vc conseguir melhorar um pouco mais, vai entender q os pensamentos não são o pior, o pior é essa angústia que é fruto do inconformismo q sentimos perante o que o TOC faz. Vc me entende? Eu tô te dizendo q a gente fica se preocupando em sumir com os pensamentos e isso é absolutamente compreensível, mas na verdade a gente precisa ter outro foco. Precisamos focar em nos convencer que esses pensamentos não refletem a realidade e aprender a lidar com eles. A gente sofre por tê-los, mas a gente fica se martirizando tentando evitar pensar e os pensamentos aumentam. Se a gente se concentrar em melhorar, mas buscando deixar claro o absurdo q o TOC faz, nós vamos conseguir! E, consequentemente, os pensamentos vão diminuindo e mesmo que vc ainda se depare com eles, vc vai relaxar, vai deixar passar, não vai ficar remoendo! Falar é fácil? Claro q é super-fácil falar! Mas, não esqueça q eu tbm tenho TOC, eu posso falar com propriedade, então acredite! Vamos tentar não supervalorizar os pensamentos... Vamos seguir adiante todos juntos mantendo nossa fé em Deus, que olha por todos nós! E me responda! Não esquece que eu sou TOC'ada... Se vc sumir eu vou ficar muito preocupada! Todos passamos por momentos difíceis, tem horas q tão difíceis que a gente fica prestes a se descontrolar, mas nada de desespero! Nós vamos conseguir! Paciência!

      Excluir
  53. Ola Miguelito, Lendo seu blog estou conseguindo entender mais ou menos o que se passou comigo. Eu tinha um namorado e ele depois de alguns anos de relacionamento me contou q tinha TOC, Não me importei muito achando q ue a doença não é tão grave, mas do nada depois de uma palavra q eu disse ele foi embora e nunca mais voltou a falar comigo. Ainda me encontro perdida e solta no ar... leio tudo q encontro sobre TOC na tentativa de entender o que se passou. Ele só conseguiu me dizer que na vida dele não aceita nada que tenha quebrado e partiu! Estou sofrendo muito!!!

    ResponderExcluir
  54. Pessoal, ta doendo mtooooo!! Os pensamentos nao querem sumir da minha cabeca. :(

    Da vontade de sumir!! Eu PRECISO vencer logo! Ou minhas forças vao acabar... tenho momentos de oxigenio, principalmente a noite, mas ainda doi mto. De manha e o pior periodo do dia, assim q acordo minha cabeca me bombardeia... nao da mais p resistir, socorro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo de 30 de setembro, vc faz terapia? Eu li numa reportagem que terapia cognitiva tem dado ótimos resultados no caso do TOC.
      Desejo melhoras e que seu tratamento lhe traga paz e bons resultados.

      Excluir
    2. Oi, eu comecei há pouco tempo, estou na 3a consulta ainda. Ela me passou um exercício de distrair meus pensamentos com momentos bons da minha vida. To tentando mas e dificil. Eu tbli q tcc e mto bom, mas tb li q pode nao funcionar tanto no caso de obsessoes desacompanhadas de compulsoes. Isso me assusta mto, tenho medo de nao ficar boa. :(
      Como disse em outro post, eu sei q Deus tem maravilhas pra tds nos e so precisamos ter fr, mas as vezes isso enfraquece e td fica pesado...
      Meu sonho e acordar boa, curada e pronta pra recomeçar minha vida,mas sei q isso leva trmpo e mto esforço com os exercicios da terapia... As vezes acho q nao voj aguentat mais.
      Mto obrigada pelo desejo dr melhora, e o q eu espero. :) fique bem vc tb!

      Excluir
  55. Oi pessoal, eu não tenho TOC mas meu namorado tem e do nada ele terminou comigo e disse que gostava mais de mim do que eu dele , mas que o melhor era ele se afastar... por favor, alguém me diga, é assim mesmo???

    ResponderExcluir
  56. Oi Eterna...vc é muito legal com todos aqui, obrigada! além de todos os outros, claro! Escrevi como anônima no dia 14/08 ( 3 dias antes de meu filho nascer) já tinha contado minha história antes, é um toc que nunca vi ninguém comentar...tem uns que são mais comuns, como contaminação, etc..o meu, nunca vi igual, nem parecido...vou colocar meu nome como "serena" já q são tantos anônimos por aqui...beijo e força a todos!

    ResponderExcluir
  57. Lembremos sempre que os pensamentos obsessivos vêm de uma forma a nos enganar,tentando nos convencer que são poderosos ou sobrenaturais,isto faz parte deste transtorno mental!!não precisamos acreditar neles e temos sim que deixa-los virem sem rituais e sem substituí-los,não será fácil no começo ,mas eles vão enfraquecer ,e quendo estivermos contentes eles vão querer nos passar a "rasteira" de novo ,então continuaremos a deixa-los,são todos do toc e não culpa nossa,e se deslizarmos em algum instante, é normal a persistência vencerá,e assim deve ser sempre que eles vierem!!!!!

    ResponderExcluir
  58. Oiii galera me adicionem aqui nesse Facebook https://www.facebook.com/felipe.guerreirodecristo?ref=ts&fref=ts Lá estarei conversando e tentando ajudar a vcs q passam por isso. Pois tbm já passei e O Nosso DEUS ele pode nos ajudar JESUS ele cura mesmo e pode te curar tbm.. DEUS nos usa apenas pela sua misericórdia creio q pelo poder do ESPIRITO SANTO ele fará o sobrenatural na tua vida tbm amém... melhorei bastante graças a DEUS ele está me curando aos poucos.. :D Creiam e entrem em contato comigo a reposta está na fé e na palavra de DEUS. Estarei os consolando como DEUS tem me consolado tbm amém..

    16 dezembro, 2013

    ResponderExcluir
  59. Tenho TOC de cunho sexual, e horrível, as vezes penso que sou pedofilo, sofro demais com esse transtorno, pois, nunca senti atraçao sexual por crianças e sei que sou uma pessoas boa, que não teria vontade de praticar um ato tao repulsavel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. busquem no google, ou no facebook

      Falando de toc

      e curtam minha p[agina, mandem perguntas e estorias por inbox, caso queiram privacidade, ou publiquem na p[agina.

      Excluir
  60. busquem no google, ou no facebook

    Falando de toc

    e curtam minha p[agina, mandem perguntas e estorias por inbox, caso queiram privacidade, ou publiquem na p[agina.

    ResponderExcluir
  61. anonimo tenho toc tenho medo de ficar perto da facas quando tem pessoas perto principalmente crianças etc

    ResponderExcluir
  62. Boa noite a todos!
    Estou com depressão e TOC há seis meses, após o diagnóstico passei a tomar Clomipramina e Risperidona. Esse segundo remédio tem diversos efeitos colaterais sobretudo a impotência (Uma coisa absurda, não tem tesão, não tem vontade de nada).

    O TOC começou com a dúvida sobre a minha sexualidade, pensava ser gay... Após o medicamento e várias consultas, esse sintoma não permaneceu, mas agora obsessões ou pensamentos intrusivos são relacionados a minha namorada, só vejo defeito nela, as ideias de traição e a vontade de terminar, como se isso fosse a solução para tudo. É algo que chega de forma incontrolável.

    Continuo nesta luta, com medicamentos cada vez com doses maiores e terapias e mais terapias.

    Deixo aqui meu e-mail pessoal para qualquer tipo de contato para podermos conversar e nos ajudar nesse momento difícil:

    frarodrigues89@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Boa noite! Olha, primeiramente queria deixar claro q eu entendo absolutamente tudo o que vc disse com relação a namorada.. Eu tambem tomava clomipramina e risperidona, e também tinha o mesmo problema que vocÊ.. não tinha tesão, tinha muita dificuldade pra conseguir ter ereção, e isso me atormentava muito.. Mas sinceramente amigo, acho que o problema não está na risperidona e sim na clomipramina. Lhe digo isto por experiência própria, porque foi só o doutor aumentar minha dose de clomipramina que esses efeitos começaram a me atormentar....

      Eu não tinha tesão algum, nem tinha vontade de fazer sexo, e isso me deixou muito nervoso, mas agora eu troquei a medicação e espero que melhore... Com relação aos defeitos tambem, só reparo nos defeitos dela, as qualidades passam batidas, não sei porque isso acontece..

      Boa sorte a vc tbm meu caro!

      Excluir
  63. Tive TOC por mto tempo, até perceber q era só ñ acreditar mais no q minha mente inventava e me recusar a fazer QUALQUER COISA ligada ao transtorno, foi assim q eu me livrei. Ñ fazia absolutamente nda, ñ estava nem aí! A única coisa q fiz foi ter consciência d q nda era real, era tudo coisa da minha kbça, e se eu tivesse me dado conta disso antes me pouparia mto sofrimento. Meu conselho pra quem tem o problema é: tenha sempre em mente q tdo é invenções criada por vc mesmo, ñ acredite nem faça mais nda,ñ existe motivo pra ter medo. IGNORE-O, pois a única coisa q pode acontecer é q vc fique livre da doença! Foi isso q fez com q eu me livrasse completamente. Pense nisso e seja livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei sua dica! Abraços!

      Excluir
  64. Olá, gostei do Blog, estou pesquisando isso porque sei que sempre tive TOC, as vezes de repetição de movimentos tipo apagar a luz, se encostar em algo com a mão direita tenho que encostar com a esquerda também senão ela fica com uma sensação esquisita, não pára enquanto não fizer, pisar sempre com o pé direito primeiro e muitos outros. Também tive muitos Tiques quando criança e sumiram um pouco quando fui ficando adulto. Hoje ainda tenho alguns, mas oque me deixou mais preocupado foi uma depressão que está me acabando. Sempre tive bipolaridade, tinha medo de ficar feliz porque sabia que duraria pouco e logo viria uma tristeza grande, tipo pensamentos em que estou já condenado a ser triste e nada dar certo ao ponto de ter felicidade. Fui ao psiquiatra e ele receitou Luvox (muito caro), Risperidona e Alprazolan para pânico/ansiedade e insônia; Mas como li por aí, tem muitos efeitos colateraias e uns dizem que não podem ser tomados juntos, outros já dizem que é para potencializar. comecei esse mês a dose ainda é fraca, mas já tomei escitalopram e Fluoxetina, mas não achei que melhorou, não senti nada de melhora, as vezes com o estresse as coisas pioram e voltam os tiques e TOC de encostar. mas o que mais me maltrata são os pensamentos de morte, e vontade de cometer vingança com quem me sacaneou, tenho medo disso, não quero ser criminoso, nunca nem bati em ninguém. Sou muito da paz, mas fico pensando nisso muitas vezes. Matar meu ex chefe, e outros desafetos, tipo Charles Bronson em seus filmes rs. Mas ainda bem que não tenho coragem, mas sei que isso é grave e me dá muita insônia que me arrasa no dia seguinte, as vezes nem com medicamentos consigo dormir. Alguém já teve esses pensamentos também. Já tomaram esses medicamentos, sentiram bem?
    E também bebo muita cerveja, todo dia praticamente, as vezes piora a depressão e choro muito com raiva de meus erros, falta de sorte etc, Já fui gago e acho que era por medo de falar, uma fobia social. era muito tímido, isso prejudicou minha vida e carreira, mas tudo veio desse problema porque tem vez que pareço ter outra personalidade e ela é bem aceita e admirada por amigos e profissionalmente, mas a instabilidade me faz fracassar. tenho vontade de mudar de cidade onde ninguém me conhece. Também recentemente piorei porque perdi promoção e dinheiro em aplicação, estou devendo, isso acabou comigo e estou muito ruim, até então estava levando bem sem tomar nada.
    Alguém bebe álcool tomando esses remédios? Essa é minha fuga, não uso outras drogas, já usei quando mais novo, mas no momento que começou a me deprimir e dar pânico parei com elas, apenas álcool agora, mas está difícil largar.
    Outra coisa, tem muita mulher no Blog, nem sabia que afetavam tantas, sempre vi mais homens falando sobre isso, mas homens são mais contidos, e mulheres se abrem mais. Gostei de saber disso e espero que tod@s melhorem. Por favor, falei demais, mas se puderem falar dos remédios e do álcool, agradeço. Abraço a todos. Tem mais histórias, depois conto mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo,

      Álcool e nossas medicações não combinam. Antigamente, meu grande problema em fazer o tratamento era justamente o álcool, pois eu não passava sem a velha cervejinha. No último tratamento que fiz, decidi parar e consegui. Foi bom, porque depois mesmo sem a medicação já não sentia mais necessidade de beber e minha vida mudou.

      Forte abraço!

      Jaguar

      Excluir
  65. Cara, todos nós podemos encontrar uma forma de autocontrole. Lembremos que nosso cérebro também tem suas defesas (orgânicas e psicológicas).

    Tenho TOC desde os 9, um TOC exclusivamente obsessivo (livre de rituais). Fui diagnosticado com + ou – 18. Hoje tenho 28. No decorrer desse tempo, tive outras crises, umas muito depressivas, mas fui aprendendo o autocontrole, criando meus próprios mecanismos saudáveis de defesa (praticar esportes, ler, escrever poesia, sem rituais).

    Depois de altos e baixos, há 3 anos atrás encontrei um centro espírita com o qual me identifiquei muito. Desenvolvi minha mediunidade e compreendi o que se passava comigo em termos espirituais. Claro que o TOC é devido a um desequilíbrio químico em nosso cérebro e precisamos de tratamento fármaco, sem dúvida; mas a fé nos ajuda muito nesse processo.

    Estive curado por quase 3 anos, nem lembrava que um dia tive TOC, uma sensação inenarrável! Porém, tão autoconfiante que estava, achei que já podia enfrentar o "gatilho" que desencadeava minha crise e provar pra mim mesmo que estava livre do TOC: ler sobre crimes violentos. Ledo engano! Caí novamente em nova crise...

    Mas nada de desânimo! Se estive 100 % livre uma vez, porque não de novo? Comecei a tomar Luvox 50 mg e fazer terapia. Mais uma vez, estou confiante! Vai dar tudo certo!

    O que acham do Luvox? Dizem que é um medicamento novo... Meu receio é sobre os efeitos colaterais. Tempos atrás, tomava o Assert e quase não tinha reações colaterais.

    Forte abraço!

    Jaguar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi, iniciei tratamento com luvox,no entanto, agora no início senti uma queda bruta da libido. Esse efeito colateral passa com o transcorrer do tratamento, ou é um efeito constante?? Muito chato, pq tem umas semana que tomo e caiu bastante o apetite sexual

      Excluir
    2. ola! também comecei a tomar esse medicamento, iniciei no dia 9/3/2016, actualmente tenho me sentido ainda pior. De uma forma geral acabo por me identificar com o sofrimento que, na sua essência, o TOC provoca a nós. Acrescento dizer que a medicação, por melhor que nos faça sentir, sem acompanhamento psicoterapêutico, a longo prazo, ela não faz desaparecer os nossos medos!! A meu ver, os comportamentos ou ideias obsessivas que temos actuam na nosso cérebro como uma droga uma droga que necessitamos para "camuflar" os nossos medos.
      Aguardo feedback...
      Cumprimentos

      Excluir
    3. Deixei o Luvox após tomar apenas um comprimido que me causou um novo sintoma terrível (obsessivo). Imediatamente voltei ao psiquiatra e voltei ao meu velho e bom assert. De um ano pra cá, estou ótimo! É muito bom estar com o TOC controlado organicamente através da medicação, sinto minha mente mais forte. O desagradável é apenas alguns momentos de vazios inexplicáveis. Minha namorada psicóloga diz que pode ser simplesmente efeito colateral da medicação. De resto, só alegria e muitas vantagens em relação ao retardo da ejaculação o que deu um 'up' na vida sexual! Maravilha!

      Agora é um fato que a TCC foi essencial para o desaparecimento dos sintomas.

      Jaguar

      Excluir
  66. Esqueci-me de dizer o medicamento que tomo. É o dumyrox 50mg (luvox).

    ResponderExcluir
  67. Boa tarde gente, existe genérico do luvox? Fui comprar ontem e paguei R$ 150,00 em uma caixa,até mês passado pagava R$130,00

    ResponderExcluir
  68. Oi...Gostaria de compartilharilhar minha experiência com vcs e ver se alguém teve algum sintoma parecido para poder me ajudar.
    Há um ano atrás procurei uma psiquiatra porque estava muito deprimida e ela prescreveu o citalopran. Depois de algum tempo percebi que melhorei da depressão mas desenvolvi um tique de piscar. Conversei com a médica sobre isso pois
    percebi que foi depois da medicacao
    Ela me disse que não tem nada haver a medicação com o tique mas não acredito nisso....Será que tudo é coincidência? Por favor alguém saberia me dizer se é possível o remédio desenvolver um tique? Estou com 44 anos e nunca tive isso. Por favor me ajudem....

    ResponderExcluir
  69. Posso compartilhar.com vocês um pouco da minha experiência?
    Ainda sofro com isso

    ResponderExcluir
  70. Posso compartilhar.com vocês um pouco da minha experiência?
    Ainda sofro com isso

    ResponderExcluir
  71. Oi Meu nome é Vanda e tenho toc... tenho pensamentos estranhos, faço coisas repetidas vezes como conferir se a porta esta fechada, se realmente desliguei o gas.É horrivel, minha qualidade de vida é pessima.Tenho uma filinha de 1 ano e meio sou casada, mas não consigo ter bons momentos com minha familia.Penso em coisas negativas o tempo todo.Fiz tratamentos com psicologos por algumas vezes, mas não me sentia nada bem.A duas semanas procurei uma psiquiatra e ela me receitou luvox e disse que era um tratamento que essa coisa não tem cura. Chorei demais e me senti um lixo. Comecei a tomar meio comprimido de 50mg por seis dias agora tomo um inteiro a noite... me sinto estranha, com sono o tempo todo... a cabeça confusa parece que os pensamentos vão e vêm, e me sinto com medo.É um medo de fazer algo errado de não conseguir dominar meus pensamentos.Eles dizem que o remedio demora uns 15 dias pra fazer efeito e começar a agir.Tomara que seja assim porque nao estou nada bem. Quero apenas uma vida tranquila pode aproveitar minha familia.

    ResponderExcluir
  72. Tenho toc desde os 22 anos,tenho 48 anos hoje estou numa crise de toc a uns 7 meses tenho mania de perseguição e tá foda para me livrar dos pensamentos obsessivos doença do caraio não dá sossego,tomo 100 MG de sertralina mais 75MG de venlafaxina e 25 MG de levomeprazina para poder dormir abraços do Fernando.

    ResponderExcluir