29 junho 2010

Vencendo a batalha de cada dia

O dia nasce e começamos mais um dia na batalha contra o TOC. Antes mesmo de levantar da cama já tenho meus rituais, rituais para que eu possa sair da cama em segurança e seguir até o banheiro.
No banheiro segue outra sequencia de ritual antes de lavar o rosto e prosseguir. Já houve dias piores, dias em que eu "pulava" a parte do banheiro. Em resposta às obsessões existem algumas compulsões ou rituais ou então evitações. Nessa época evitava entrar no banheiro porque gastava muito tempo com os rituais. Não havia outra solução senão sair descabelado, cara amassada e apertado para fazer xixi. No trabalho ou numa padaria no caminho eu usava o banheiro para lavar o rosto, fazer xixi e arrumar o cabelo. Engraçado como nesses lugares não fazia os mesmos rituais torturantes que eu fazia em casa. Graças a Deus depois que descobri o TOC e começei o tratamento nunca mais saí de casa com cara de louco (pelo menos eu acho que não rs).
Vencida a batalha do banheiro eu descia para tomar café e as coisas fluiam um pouco mais amena até a hora de sair de casa...... sair ou entrar em casa sempre foram uma tortura para mim. Era um ritual longo para fechar a porta de casa e também o portão.... como eu queria tanto ter um portão automático para facilitar a minha vida. Como não tinha portão automático muitas vezes ficava na espreita do próximo a sair de casa para, rapidamente, tomar a frente dele e deixar a porta e o portão para ele fechar :)
Não eram raras as vezes em que eu dava a volta no quarteirão e voltava para "tocar" novamente umas 10-15x o portão. Um vizinho achava que meu portão era eletrificado por isso eu o tocava e tirava rápido a mão. Não podia usufruir muito do transporte fretado oferecido pela empresa pois quase nunca dava tempo de pegá-lo então ia de carro mesmo.
A chegada ao trabalho até sentar em minha mesa também envolvia alguns rituais, compulsões mas quando me sentava para trabalhar parece que eu desacelerava e os rituais seguiam de forma mais lenta e com mais intervalos. Mas a saída da empresa compensava todo esse "marasmo" vivido durante o expediente. Evitava sair no horário de pico, quando estava de carro esperava uns 15 minutos após o horario de sair e quando estava de fretado, 30 minutos antes do horário de sair eu já estava a caminho do ônibus para garantir que chegaria a tempo. Como fazer todos aqueles rituais complicado meio a 800 funcionários desesperados para chegar em casa? Era cada um por si e todos contra quem tem TOC.
Ao chegar em casa, todos aqueles rituais para entrar em casa, um aceno ao desocupado do vizinho que tinha medo do meu portão "eletrificado", dois degraus para cima e um para baixo para chegar ao quarto, ritual do banho, descer para jantar (2 degraus para baixo, 1 para cima), subir para o quarto e...... o banheiro novamente :(. Dessa vez não tinha como escapar, precisava entrar e fazer todo o ritual da purificação antes de domir.
Chegava em minha cama me arrastanto e pronto! Tava vencida a batalha daquele dia. Agora era só relaxar 8hs para começar a batalha novamente no dia seguinte afinal, a batalha anterior foi vencida mas a guerra ainda não.

75 comentários:

  1. Oi Júnior...desculpa,não pude deixar de rir...o portão eletrificado foi demais rsrsrs...então,hj vc me perguntou como começou meu martírio...vou lhe contar sim...eu disse que não gosto muito de tocar no assunto,mas é com as pessoas que não acreditam nisso...o meu começou eu ainda era criança...devia ter meus 8 anos...tinha muito medo...via aranhas na parede,sempre eram tres...antes de dormir me olhava no espelho milhares de vezes...deitava e estalava todos os dedos,aff como é tenebroso quando um dedo não estala e dói,mas eu insisto...olhava para as bonecas da minha prima (eu ficava mais na casa de uma tia do que na minha)depois t conto minha história...então,olhava pras bonecas e de repente levantava e tirava todas do lugar,colocando-as alinhadinhas...fazia isso cinco vezes...depois deitava até com dor no peito de tanto que palpitava,mas estava bem...passando pela rua,tinha que tocar nos muros e portões tres vezes...e pegar uma folha de cada árvore ou plantinha que visse(muitas vezes colocava na boca)a força que me impulsionava era muito forte...lembro de uma vez ter passado mal com uma das folhas...mas td bem...o ritual estava completo...uma vez,estavamos voltando da escola,e eu fui apertar uma árvore com o dedo...tinha que fazer isso se não ja viu...alguém morreria atropelado...quando coloquei o dedo...era uma casa de abelha que estava em baixo da casquinha...picou toda minha mão...e vieram as agulhas...minha avó e tia são costureiras...pegava uma agulha e ia fazendo estradinhas,caminhos na pele da palma das mãos até que conseguia fazer sangrar...as casquinhas da cabeça...vibro quando encontro alguma só pra ter a sensação de tirar...e isso foi acontecendo comigo durante td minha vida...numa fase da minha vida me mudei de cidade...na casa onde morava,tinha aquele olho mágico na porta...eu passava muitas horas da noite com os olhos ali,vendo se passava alguem no meu quintal...o volume da tv tbém...sempre tinha que ficar e tem ainda no impar...o pior é qdo só fica no par...saia na rua e tinha que contar só as motos...tinha que ver cinco carros vermelhos,se não aconteceria algo de muito terrível...quando estou falando com alguém,tenho que dar a volta na pessoa sem que ela perceba...se não...aff.
    já cheguei à ficar limpando a casa até as 2 da madrugada.lavei quintal e td.
    Contava e conto os números mentalmente,se tocar em algo tem que ser impar...cantava alto quando achava que via algo,pra espantar o medo...bato tres vezes na boca quando penso em uma coisa feia...tbém bato tres vezes na madeira direto,sempre que vem um pensamento ruim...se derrubo ou bato a faca,tesoura ou algo de ponta,eu risco nove vezes...e assim vai...essas manias me acompanham até hj...sem dizer que junto os lábios no nariz,fazendo tipo um focinho de porco rs que minhas amigas batizaram de porquinho...nossa,nao consigo parar.

    ResponderExcluir
  2. Desde criança, desde sempre...isso me acompanha...mas estou tão triste,pois não acreditam em mim...hj eu perguntei sobre o email com seu texto pro meu marido..e ele disse: Pra que vc me mandou aquele negócio de TOC...eu ja li sobre isso...Dé,vc não tem isso,aí eu perguntei e como vc sabe?
    Ele não respondeu...isso dói em mim...sei que isso me fez ser uma pessoa difícil...acho que afetou muita coisa...tenho uma péssima mania...mentir...mentir sobre contas,sobre conversas...tipo esconder,com medo que as pessoas se afastem,fiquem bravas...mentirinha idiotas,coisas que não tem sentido...contas deixadas de ser pagas por causas bobas que eu não conto,e depois vira uma bola de neve...a sensação que tenho hj é de que não sou nada,ninguem...não tenho uma história pra contar,não tive família fixa...na tentativa de construir essa família me envolvi com uma pessoa quando tinha 16 anos...fui embora e depois me arrepandi,voltei...foi muito ruim pra mim,e sei que pra ele foi pior.
    Depois disso,comecei a namorar meu marido e tivemos nossa filha.
    Eu e meu marido somos o oposto,talvez seja por isso o amor imenso que tenho por ele...e por esse amor, assim como o amor que tenho pela minha mãe,eu escondo, minto para que ele não se amgoe e se afaste de mim...aí td vem a tona e ele só fica mais nervoso...até o ponto de ter mudado radicalmente comigo...não sei...eu tento não cometer os mesmos erros,tento mas é tão difícil hj eu chorei muito depois que ele saiu pro trabalho...pensei:estou sozinha...e tomei uma decisão...vou ir ao médico,fazer meu tratamento, e levar td como foi até hj...sem afetar ninguém...não quero afetar ninguém e nem perder meu marido por todas essas coisas que me acontecem...graças à Deus que encontrei aqui uma válvula de escape,onde eu posso contar td...onde eu leio relatos assim como o seu acima,e não tenho vergonha nem medo de me expor.
    Isso já é um grande passo pro meu tratamento...as pessoas pensam que nos conhecem...mas só nós e Deus sabemos o que se passa em nosso coração...estou triste,mas entendo tudo isso,eu também me sentiria assim,pensaria ser uma grande besteira,frescura...sabe,não quero ninguém me adulando, e nem falando nisso toda hora,mas pelo menos sentar, conversar...vc esta bem com o medicamento,vc qr falar sobre algo que está te fazendo mal...mas não,é tão triste quando as pessoas nos veem como um ser inútil,falso,discimulado...só mesmo Deus.
    Outra hora eu conto sobre a minha vida...tem muito a ver com isso td que me acontece,acho que vem de lonje...desculpe pelo imenso desabafo,mas só eu sei qto está difícil.
    Bjs e boa noite!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho esperiências com o toc tbm, se quiser conversar tai meu e-mail: falandodetoc@bol.com.br

      Excluir
  3. OI TUDO BEM? EU GOSTARIA DE SABER SE UMA PESSOA QUE TEM TOC É MAIS LERDA QUE UMA PESSOA NORMAL SE ISSO ALTERA ALGUMA COISA, DEMORA PARA ENTEDER ALGUMA COISA, POIS EU TENHO TOC E EU SOU MUITO LERDA DEMORO PRA ENTENDER AS COISAS NÃO CONSIGO LER E ENTENDER O PSIQUIATRA DISSE QUE EU NÃO TENHO DILESXIA VC PODE ME DIZER SE VC É ASSIM TAMBEM ME AJUDE POR FAVOR OBRIGADO SE RESPONDER, EU QUERO SABER SE UMA PESSOA QUE TEM TOC ELA PODE SER INTELIGENTE POIS EU SOU LERDA E EU REPITO MUITO AS FRASES NÃO VOU APAGAR OQUE EU ESCREVI POIS EU SEI QUE REPETI E SE APAGAR VOU REPITIR DE NOVO MAIS ME REPOSNDE OBRIGADO BJSSSSSS ME RESPONDE NÃO SEI SE SUA CABEÇA DOI DE TANTO PENSAR POIS A MINHA DOI TANTO EU PENSO EM TANTA COISA SEM SENTINDO PENSAMENTOS INVADEM MINHA MENTE É UMA TORTURA GRAÇAS A DEUS EU NÃO TENHO MANIA DE LIMPEZA E NEM DE CONTAR AS COISAS,SÃO PENSAMENTOS QUE INVADEM MINHA CABEÇA E EU FICO OBSECADA POR HOMEM E QUANDO EU FICO ESSE HOMEM FICA 24 HORA EM MINHA MENTE NÃO CONSIGO ESTUDAR E NEM LER UM LIVRO É LOUCURA E QUANDO EU VOU FAZER ALGUMA COISA TIPO LEVANTAR CEDO IR AO BANHEIRO EU ACHO MUITO DEMORADO TAMBEM E QUANDO VOU ESCOVAR OS DENTES EU FICO QUASE 2 HORAS É COISA DE DOIDO .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu tenho toc (repetir algumas coisas em números pares e mais augumas coisas complicadas de explicar) e eu acho que quem tem toc pode ser inteligente, por exemplo eu,fís uns testes de qi e o meu qi é assima da media.
      E aquelas coisas complicadas de explicar é tipo se eu ver alguém ou viér a imagem de alguém morto,bom é relacionado e respirar(se eu ver a minha vó morta e aspirar o ar e depois soltar em alguém pode ser (pelo menos na minha mente) que essa pessoa sofra algum prejuiso relacionado).espero que tenha entendido o meu tipo de toc

      Excluir
    2. A pessoa muda mas o TOC não muda, é quase sempre igual. Entendo seu tipo de TOC e já vi parecidos

      Excluir
  4. Olá, geralmente quem tem TOC demora mais sim para fazer as atividades, demora mais no banho ou fazendo algum trabalho pq além de fazer as coisas ela ainda tem que fazer os rituais juntos. Mas em relação ao pensamento as pessoas que tem TOC não são mais lerdas. Eu já ouvi de alguns psiquiatras e tb de pessoas que tem TOC e me escreveram que as pessoas que tem TOC são mais inteligentes que os demais. Somente pessoas com inteligencia acima do normal possuem TOC então pode se considerar uma pessoa inteligente :). Nâo pense que o TOC é coisa de doido pois quem é doido não tem noção do que faz e nós uqe temos TOC temos noção de que o que fazemos não é necessário mas emsmo assim é mais forte que nós. A melhor coisa é procurar um psiquiatra e começar a tomar remédios. Todos esses pensamentos que invadem a nossa mente e essa necessidade de fazer os rituais é somente pq temos um nível baixo de serotonina no cérebro. Serotonina é um neurotransmissor que leva os sinais elétricos de um neuronio para o outro e a falta dessa serotonina é que causa o TOC. Se vc tomar remedios para elevar o nivel de serotonica boa parte dos pensamentos somem e vc não sente tanta necessidade de repetir as coisas.
    Abraços e espero que eu tenha ajudado, senão continue a escrever :)
    Junior

    ResponderExcluir
  5. oi muito obrigado por responder, mais quais são os rituais que você faz? e não consegue parar me explique, pois eu não faço rituais então eu não tenho toc, mas o meu psiquiatra disse que eu tenho toc talvez ele tenha me dado o diagnostico errado, eu não tenho mania de limpeza(rituais)nem ligo para limpeza nem penso nisso pra mim tanto faz se esta limpo ou sujo nem de ficar contando sem parar não tenho isso e,não sou perfecionista ,o que me incomoda mesmo é pensamentos que invadem minha cabeça e ficam por horas 24horas só isso eu sou mais obessesiva do que composiva quando vem pensamentos em minha cabeça ruins coisas que eu não gosto eu não faço nada , para aliviar esse pensamento eu fico sem fazer nada não tenho rituais nada que estranho ,pois o psiquiatra disse que existe, vários tipo de de toc , então o meu não é de limpeza né?
    e eu tenho mania de conferir exemplo numero de telefones e etc... mas enfim se não der para conferir tudo bem eu nem ligo . O que me incomoda são esses pensamentos invasores que não me deixa estudar nem ler pois tira a concentração e gasta toda a energia do meu cerébro em coisas que estou obrigada a pensar eu demoro para entender as coisas , minha memória fica fraca não consigo pensar direito e muito menos ter criatividade, isso atrapalha muito, estou tomando remédios mais não esta adiantando em nada faz um mes que estou tomando eu sou ansiosa , mas eu conheço casos de pessoas que tem que pedir para alguém dar aguá se não a pessoa não consegue parar de tomar exemplo quando sai do carro bater as porta e abrir varias vezes no meu caso graças a deus eu não tenho isso. talvez o meu não é tão grave né?
    porque rituais eu não tenho que me lembre e se tiver também não ligo se eu não fizer pois tem pessoas que se não fizer esses rituais elas pensam que vai acontecer algo de ruim com sua família ou com ela etc... comigo não eu não penso assim que estranho né, mais eu tenho muito medo medo de mais eu chego a ficar obcecada se alguem na rua um estranho me parar eu já fico com medo penso que esta me seguindo que vai me matar mais esse medo obcecado fica por um tempo mas a pessoa fica na minha cabeça ex: uma foto grudada dentro do cerébro 24 horas só isso não entendo isso.Eu me lembro de uma coisa quando eu era pequena eu não dormia de medo do chinelo virar e minha mãe morrer mais esse medo era de minha falar isso eu me lembro que eu era obsecada. Mas agora eu nem ligo pra isso e nem sou igual as outras pessoas que tem o problema mais serio que existe casos mais serio . Você pode responder pra mim desde ja obrigado , eu fiz um teste de QI na internet e deu como indicie baixo demais então no meu caso o toc a trabalha para eu raciocinar não é ? disculpa mais eu acho que me atrapalha pois eu me acho burra não consigo entender fisica nem quimica matematica calculos eu detesto não sei oque fazer da vida é muito chato estou com 19 anos e meus amigos ja estão na faculdade daqui 2 ou 3 anos se formam e eu não consigo não passei na federal puc vamos ver agora o enem eu acho que no meu caso o toc atrapalha meu raciocínio logico pois eu estudo ,mais as coisas nunca são obvias pra mim no mes de setembro eu queria morrer estava com depressão você tem dicas pra mim respostas obrigado se responder serei grata.

    ResponderExcluir
  6. Acredito que vc tenha TOC sim só que como vc mesmo disse vc é mais obsessiva do que compulsiva. Pensamentos invasivos já são considerados TOC. Com relação aos remédios é pouco tempo para vc ver algum resultado, as vezes pode demorar mais para vc sentir melhoras com os remédios. Que tipo de remédio vc toma?
    Os rituais que faço é parecido com o que vc escreveu. Geralmente se vou pegar um copo de água e tenho um pensamento ruim então eu jogo a água fora e pego novamente até conseguir pegar um copo dágua sem ter um pensamento ruim. PAra facilidar muitas vezes peço para alguém colocar água no copo para mim. Além desse tenho outros como pisar várias vezes em uma determinada pedra da calçada mas se vc escrever para meu email acho que fica melhor eu descrever os demais rituais. Pode escrever para: miguelito_obsessivo-compulsivo@yahoo.com.br que conto com detalhes os rituais. Eu acho que vc deveria se preocupar menos com os pensamentos. Se vc não faz nenhum ritual quando esses pensamentos vem então é mais fácil ignorá-los. Tente se distrair, pensar em outra coisa ou então deixe que esses pensamentos venham mas nõa ligue para eles. Tentar fazer os pensamentos sumirem é a pior coisa e nunca funciona.
    Beijos e aguardo seu email
    Junior

    ResponderExcluir
  7. Já li vários livros sobre Toc e num deles que não recordo o autor, uma pesquisa americana apontou que os obssessivos compulssivos têm inteligência acima da média sim.

    ResponderExcluir
  8. tenho pensamentos que não saem da minha mente muitos de origem sexual mas tenho vergonha de contar ao psiquiatra será que devo contar tudo ou só o que vem na minha mente não sei o que fazer se ele me perguntar alguma coisa intima mas que for util para meu tratamento oque devo fazer se alguem puder me orientar desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  9. Anônimo, na verdade para o psiquiatra vc não precisa contar tudo, nos detalhes de como é seu TOC. Vc precis contar o básico para que ele saiba que vc tem TOC e qual a intensidade do TOC e como ela varia de acordo com os medicamentos e dosagens. Se vc fizer terapia é mais interessante sim contar tudo pois o terapeuta ira conduzir a terapia de acordo com os pensamentos que vc tem, o que te gera mais ansiedade, o que te causa mais constrangimento, etc mas vc não precisa se abrir na 1a sessão. Vai contando as coisas que vc considera mais suaves, que vc se sente mais a vontade em contar e o que vc ainda não se sente a vontade não conte ou então use exemplos parecidos com os pensamentos sexuais mas sem tocar nesse assunto. Conforme vc for se sentindo mais a vontade vai contando as demais coisas. Lembre-se de que vc não é a única pessoa a ter esses pensamentos e que isso não é por causa da sua índole mas sim por causa do TOC. Com certeza o psiquiatra já ouviu estórias piores do que as que vc tem para contar e isso não o escandaliza pois ele estudos anos para compreender isso e ajudar as pessoas. Eu mesmo tenho vários pensamentos invasivos de conotação sexual.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LUIS FERNANDO07 maio, 2012

      OLÁ NA VERDADE NAO QUERIA PERGUNTAR NADA, MAS SIM ESPOR UM POUCO DESSA COISA QUE ME ASSOMBRA FAZ ANOS JÁ, TENHO 25 ANOS E TENHO TOC, ASSOCIADO A BIPOLARIDADE LEVE TAMBÉM,JÁ LI MUITO SOBRE O TOC, E SEI O QUANTO É DIFICIL CONVIVER COM ISSO, AS PESSOAS QUE CONVIVEM COM VC NAO CONSEGUEM IMAGINAR O QUE SE PASSA DENTRO DA SUA CABEÇA, EU SEMPRE DIGO PRA MINHA ESPOSA, QUE ELA NAO AGUENTARIA FICAR 10 NINUTOS COM A MINHA CABEÇA,HEHE, MAS ESTOU DESESPERADO, ESSES RITUAIS NAO SAIEM DA MINHA CAXOLA, POR EXEMPLO FICAR REZANDO DIRETO, FAZENDO PEDIDOS , AGRADECENDO, PEDINDO POR PESSOAS MORTAS PARA QUE DEUS O TENHAM NO CÉU,E SE NÃO FAZER, BAH MINHA NOSSA QUASE PIRO, QUANDO TO OLHANDO E FALAM ALGUMAS PALAVRAS, TENHO QUE PEDIR POR AKELAS PESSOAS, ACHO QUE DE TANTO MINHA CABEÇA TRABALHAR, DESCOBRI QUE SOU BIPOLAR E TENHO ALGUMAS CRISES DE PANICO, QUE PAREÇO QUE NAO TEM MAIS VOLTA, AS VEZES DURA DIAS , AS VEZES FICO ATÉ MESES MUITO MAL SEM EMOÇÃO NENHUMA, KRA TENHO UM FILHO LINDO DE 11 MESES, AMO ELE, UMA MULHER LINDA QUE AMO TAMBÉM,,MAS ESTÁ SENDO DIFICIL VIVER ASSIM, PAREI COM AS TERAPIAS E COMEÇEI EU MESMO A ME ALTO MEDICAR,MAS NEM SEMPRE TENHO SUCESSO, QUERIA PODER CONVERSSAR COM ALGUEM QUE JÁ PASSOU OU ESSTÁ PASSANDO POR ISSO, E PODER TROCAR ALGUMAS IDÉIAS DE COMO VIVER MELHOR.

      Excluir
    2. Se quiser conversar ta aí o meu e-mail: falandodetoc@bol.com.br

      Excluir
  10. miguelito queria saber qual a medicação mais indicada para o meu toc pois praticamente não tenho rituais a não ser um pouco de medo de contaminação por isso não gosto de pegar em trinco de portas e maçanetas e nem descarga de banheiro mas fora isso só os pensamentos obsessivos,gostaria de tomar um remédio que não me impedisse de trabalhar pois ando de moto quase o dia inteiro todo.já procurei o médico mais ele ainda não me receitou nada tenho medo dos efeitos colaterais queria saber se eles demoram muito a passar,se puder me responder desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  11. Olá Carlos, vc está indo a um psiquiatra ou psicólogo? Ou a outro médico? Geralmente os psicólogos nao receitam remedio mesmo. Somente um psiquiatra poderia dizer qual o medicamento mais indicado para seu caso. Os efeitos colaterais varia de remedio para remedio e tb de pessoa para pessoa. as vezes duas pessoas tomam o mesmo remédio mas cada uma tem um efeito colateral diferente. O organismo demora um pouco para se acostumar com o medicamento e diminuir os efeitos colaterais. Para mim eu demorei um ano até que os efeitos colaterais diminuissem. Infelizmente é o preço que temos que pagar para ficar livre dos pensamentos.
    Converse melhor com seu médico e ele irá decidir se vc deve tomar medicamento ou nao e qual medicamento.

    ResponderExcluir
  12. Oh, ainda bem que encontrei este site! Para mim, torna-se algo familiar pois eu sei muito bem o que é isto... eu tenho esse distúrbio e, realmente é muito inervante não só para o que sofre como para quem está ao seu redor. Eu faço cada coisa mais estúpida que muitas vezes penso o quão vergonhoso é para quem assiste às minhas manias. Desde muito pequenina que tenho isto. Comecei a perceber que algo de anormal se passava comigo quando ia na rua e por várias vezes voltava atrás para ver melhor qualquer coisa, o facto de lavar tantas vezes as mãos, clicar várias vezes no rato ou no interruptor da luz até me sentir satisfeita, passar várias vezes por cima de palavras que eu escrevo e que considero que alguma letra não está bem "ligada". Sofro também muito de ansiedade e, po esse motivo, desenvolvo vários tiques nervosos que se tornam muito incomodativos tanto para mim que fico desconfortável como para quem está ao lado! Outra coisa que me acontece, mas que não sei se poderá ser um outro sintoma deste transtorno compulsivo é a incapacidade que eu tenho de ficar a olhar durante muito tempo para a cara de uma pessoa enquanto estamos numa conversa, quando dou por mim já estou a olhar para outro sítio...isto poderá ser mal interpretado por parte dessa mesma pessoa mas na realidade é algo que faço involuntariamente e sem qualquer maldade.

    Gostaria ainda de perguntar se tens conhecimento de uma doença chamada Sinestesia... é a capacidade de atribuir e associar cores ao abstracto. Eu sofro disso também e, quando soube que ninguém à minha volta tinha isso, fiquei admirada pois pensei que todos fossem capazes de o fazer. Por exemplo, segunda-feira para mim é azul, Terça-feira é vermelho... a mesma coisa acontece com os números, sólidos geométricos, gostos e paladares, como por exemplo o amargo que para mim é roxo... e ainda consigo "ouvir" sons inexistentes em imagens que estão em movimento. Isto terá alguma coisa a ver com o facto de eu ser obsessivo-compulsiva? Estarão estes dois problemas no mesmo ramo?

    Obrigada pela atenção. Adorei o blog e vou segui-lo. :)

    ResponderExcluir
  13. Olá Cris, é um prazer tem mais uma amiga de portugal, gosto dos conterraneos :). Não sinta vergonha pelas coisas que vc faz pois não são culpa sua e sim dessa doença. VC sbae que não é de sua vontade realizar isso mas essa doença as vezes é mais forte que nós. Digo as vezes pois se quisermos podemos ser realmente fortes e resistir a ela. É dificil, a ansiedade aumenta mas quanto mais resistirmos mais rápido essa doença se vai.
    Não ouvi falar em Sinestesia, não conhecia essa capacidade de dar cores a coisas abstratas. Nâo posso afirmar se é do TOC ou não pois tu eres a 1a pessoa que me conta mas todo portador de TOC tem comorbidades, ou seja, outros transtornos associados. Seja transtornos do humor, depressão ou outros. Espero que continue seguidora. Beijos

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigada pela força, o carinho e a recepção!
    :D É muito bom poder partilhar estas coisas com quem percebe e vivencia isto.
    Pelo que eu estive a pesquisar, a Sinestesia é uma doença (ou dom, seja o que for) rara e afecta mais o sexo feminino do que masculino. É estranho, mas quem tem um distúrbio e vive com ele, olha... vive com mais um!

    Continuo seguidora deste blog como é óbvio. Sempre me ajuda a ficar mais calma. Obrigada! Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Olá Cris, que bom que sente conforto no blog, tb sinto conforto e abraçado quando recebo comentários das minhas leitoras.
    MAnde um beijos para as gajas em portugal e um abraço para os gajos rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. ola miguelito,sua atitude de ajudar as pessoas é muito nobre,e quem sofre dessa doença sabe o sofrimento que passamos.
    tenho 37 anos e desde os 18 sofro com esse problema,eu tenho muita fé em Deus e dou graças a ele por ter uma familia, trabalho e mesmo por estar vivo,pois ja houve momentos em que já pensei até em suicidio.
    olha não sei qual a sua ideia,miguelito,sobre Deus,más quando comecei a relacionar as minhas manias e pensamentos com religião e Deus ai é que a situação complicou de verdade.
    pois faço minhas orações toda manha e se ao terminar minha oração olhasse para algo que julgava não ser correto, minha oração não teria valido nada e voltava a orar de novo
    e se por acaso saisse por motivo maior,quantas vezes cheguei atrazado no emprego,ai eu ficava o dia inteiro fazendo oração discretamente.
    é comun misturar religião nessas manias,muito obrigado

    ResponderExcluir
  17. Ola anonimo, eu tb tenho varios pensamentos em relacao a blasfemea. Depois que descobri a Jesus melhorei bastante mas ainda sao fortes os pensamentos relacionado a religiao. Tb tenho a mania de fazer oracoes mentais o dia todo
    Vi que nosso TOc eh bem parecido, espero qeu possamos conversar mais
    Abracos

    ResponderExcluir
  18. olá miguelito,eu sou a pessoa que tem manias relacionadas a religião e foi a primeira vez que falei sobre o meu problema, mesmo após 19 anos,
    jamais fui a um medico e só Deus sabe o que já passei na minha vida
    após ler os comentarios e as suas orientaçoes me senti outra pessoa e ainda mais depois que voce disse que as nossas manias são parecidas
    estou mandando meu e-mail, e espero que voce me adicione para conversarmos melhor
    oda_flor@hotmail.com obrigado e feliz 2012.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já te adicionei no MSN e espero que possamos conversar mais

      Excluir
  19. Olá,

    Acho que estou começando a aceitar que tenho TOC, tenho medo de tudo e todos, acho que sempre uma tragédia vai acontecer comigo, depois que tive minha filha que tem 1 ano e 6 meses piorei. Tive várias fases do TOC, quando pequena muitas manias, adolescente eu jogava handeboll e isso me ajudou muito a me socializar. Sempre fui muito ansiosa, faço mil coisas ao mesmo tempo, sou considerada uma pessoa bem sucedida profissionalmente, porque sou organizada demais (porfª metodologia), que armadilha para quem tem TOC.

    Comecei a pensar hoje as 3 da matina que tô com mania de mentira, minto qualquer coisa demonstrando sempre que estive em perigo que me salvei por pouco. Será que relação com o TOC. Mentiz que ia me suicidar, minha irmão que tem TOC em tratamento ligou pra minha mãe e foi umá confusão, eu disse que ia tomar meio frasco de rivotril e não tomei porque a neném tossiu, eu não fiz isso. Mas tenho pensamentos suicidas, me sinto um lixo depois disso tudo e minha irmã que ajudei a um tempo tá me ajudando muitoooooo. Pensando bem, estou sempre aumentando as histórias esses tempos, e quando era pequena eu contava pela noite quantas vezes mentia para pedir perdão a Deus. Nesse momento, percebi que tudo que falo se refere-se a uma mentira tipo quse fui assaltada, briguei com alguém, meu Deus! isso é do TOC? Sou muito ansiosa, nem durmo direito, enfim, estou numa crise e acho que nãodá mais para adiar um tratamento...já tive medo até de se pedófila!? com pensamentos inoportunos, ter minha filha foi uma vitóriaaaaaaaa porque meu marido me ajudou muito, sobre os pensamento inoportunos sobre sexo falei com ele, e nossa o apoio dele foi por esses 4 anos minha tábua de salvação. Mas nesse momento, ele está menos cúmplice nisso me senti sóooooooooooo...pedi divórcio, tem hora que quero sumir no mundo e outras estou centrada, dei um curso na igreja essa noite de formação para professores super normal eu acho né. Depois desabei a chorar, sinto muita angústia tá quase incontrolável.

    Vou cedo marcar um psiquiatra, acho que não dou mais cona sozinha...

    gostei do blog, sobretudo, porque você nos responde, me senti menos só.Tenho vergonha, da minha falta de auto-controle.

    abraços!
    eu com dor na alma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, fico feliz, mas muito feliz que sua filha tenha tossido e vc não tomou todo o rivotril assim podemos conversar mais vezes :). Eu sei o que vc quer dizer quando se sente um lixo depois de todas essas coisas, o TOC por várias vezes me fez sentir um lixo mas isso quando eu não sabia que o que eu tinha era TOC e que tudo isso não era culpa minha mas sim de uma doença. MAs depois que procurei ajuda médica e descobri o que é o TOC eu naõ me sinto mais assim e acho que vc tb não deveria se sentir pois não é verdade. Vc diz que está com mania de mentir mas isso é culpa do TOC, ele é um mentiroso e vive enchendo nossas cabeças de mentiras e pior que as vezes a gente acredita. Já procurou um médico? Para que fazer sozinha as coisas que vc pode fazer com a ajuda de um profissional?
      Falta de auto-controle não é vergonha nenhuma pq tudo é culpa do TOC e ter TOC nao é vergonhoso. Como eu costumo dizer, seja bem-vinda ao nosso mundo, não gostaria que vc tivesse TOC mas já uqe tem saiba que vc é especial e apesar de varias outras pessoas tb terem TOC vc é única :). Somos diferentes das demais pessoas mas iguais entre nós :)
      Espero sua resposta e agora não mais "eu com dor na alma" e sim "eu feliz da vida"
      Beijos
      Junior

      Excluir
  20. Olá Miguelito,

    Nossa, agradeço de coração a resposta, estou em mais uma noite de insônia, dessa vez filhota doentinha, mas já sarando. Na verdade, procurei ajuda médica e consegui uma consulta para o final do mês. Acho que tá certo, preciso de ajuda profissional não dou conta sozinha, e 8 dias depois do meu desespero estou ainda meio zonza, mas começando a aceitar que tudo vai dar certo. A neném adoecer foi uma choque de realidade, estou consumida com os cuidados com ela.

    Nesse momento, decidi adiar o inglês que tava fazendo porque acho que preciso melhorar antes de fazer tanta coisa. Queria tentar o um curso, mas meu emocional não tá legal e antes de me encher de coisas para fazer para não ter manias, vou centrar em mim..

    Abraços!
    eu com menos do na alma...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida, como vc está? :)
      Fiquei muito feliz em ler que vc está com menos dor na alma. E sua filha, já melhorou?
      Concordo que vc deva fazer uma coisa de cada vez para aansiedade não aumentar, depois sim vc pode voltar a fazer tudo o que queira, de uma só vez. Por enquanto ser mãe já é um grande desafio, ainda mais sozinha.
      Vc tem email? Acho que seria tao legal e mais rapido se a gente conversasse por email.
      Ah, e qual seu nome? :)
      Beijos e boa noite

      Excluir
    2. Olá Miguelito,

      Estou bem melhor mesmo, fui a um psiquiatra ontém e descobri que não tenho somente TOC, mas uma depressão pós parto tem me atrapalhado muito, além da ansiedade. Meu Deus! eu vou me equilibrar e isso me deixou bem esperançosa, sei que não tem milagres, mas acredito que seguindo o tratamento com medicação e terapia vou sair dessa.

      Minha neném tá ótima, acabamos de sair de uma virose, mas a pequeninha é forte. Sou mãe, mas também profissional e esposa, acho que não ficou claro mas sou casada, meu marido coitado tá e apoiando muitooooooooooooooo e isso tá me ajudando demais.

      Quanto ao email podemos dialogar sim, mas vou criar um para nosso diálogo, o meu é de trabalho e meus alunos mandar email toda hora. Quanto ao nome prefiro te dizer isso no email, meu nome é muito peculiar, rssrssr, tem poucas pessoas com esse nome pelo que já pesquisei...kkkk

      Bom dia!
      Eu com esperança no coração

      Excluir
    3. Oi querida, como eh bom ler isso, principalmente a frase: Eu com esperanca no coracao :). Queria te dizer que existem milagres sim, na epoca de Jesus ocorriam mais milagres pois as pessoas criam mais mas hoje tb ocorre soh que Deus pode fazer um milagre para nos curar como pode usar a medicina para nos curar. Creio em Deus qeu vc ficara bem, eu sei como eh depressao pos-parto apesar de nunca ter engravidado :). Vc vai ver como os remedios podem mudar a nossa vida, ou melhor nossa mente. Estou aguardando vc criar o email, quando criar me envia um email para o miguelito_.....etc rs.
      Beijos e fique com Deus

      Excluir
    4. Oi querida, tudo bem com vc? Estou aguardando o email para que possamos conversar :)
      Beijos

      Excluir
  21. Olá!
    Poxa... eu estava incomodado com as coisas que eu ando tendo, e achava que era o único no mundo a ter isso. Fico aliviado em saber que não, haha.
    Pelas coisas que eu penso, acho que realmente tenho TOC (nunca fui em um médico... descobri que devo ter isso hoje msm).

    O meu problema é com pensamentos que incomodam. Não tenho manias, tenho obsessões. Por exemplo, tenho medo de chegar em uma sacada, e do nada me jogar de lá, sem motivo. Também tenho medo de estar com uma faca na mão e atacar alguém. Eu tenho certeza que eu não faria essas coisas, mas mesmo assim tenho esses medos. Eu fico enfrentando certas situações por pensamento, imaginando oq eu faria. Por exemplo, fico imaginando que estou na beira de um precipicio, e fico lá enfrentando. Entro em desespero só de pensar nisso.
    Eu fico remoendo esses pensamentos, não tiro eles da cabeça. Quando eles aparecem, eu fico enfrentando eles. Hoje, pesquisando pela internet, descobri que o que tenho que fazer é ignorar eles, já que não fazem sentido mesmo.
    Tenho medo de contar essas coisas para familiares e eles acharem que eu sou um suicida ou um assassino... mas é o contrário. Tenho MEDO até de segurar uma faca. Mas vou tomar coragem e contar para eles.

    Muito bom encontrar um lugar com pessoas com problemas similares, que me entendem. :)

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É triste dizer mas bem-vindo ao time :D. VC é um de nós!!! rs
      Aconselho vc a procurar um psiquiatra para realmente diagnosticar o TOC e entrar com medicação se for o caso. As vezes ele apenas indica uma psicologa para fazer terapia. Fico feliz em poder ter lhe ajudado a se identificar e espero que procure ajuda para melhorar logo.
      Abraços

      Excluir
  22. Foi muito bom descobrir esse blog e conhecer melhor essa doença.Tenho uma filha de treze anos que está passando por isso a algum tempo e agora está piorando.Seus rituais estão começando a interferir em sua vida e eu não sei o que fazer quando isso acontece,como posso ajudar.Procurei um psicólogo e descrevi todos os sintomas da minha filha,e ele me aconselhou a procurar um psiquiatra,acho que vai ter que tomar remédio.Uma consulta com psiquiatra é um absurdo de caro e pelo sus é praticamente impossivel conseguir.Então vou começar a pagar um plano de saúde que tem carencia de seis meses.Então vou ter que esperar.O pior é que ela está sofrendo.A primeira sessão com o psicólogo será amanhã.Eu espero do fundo do meu coração que amenize o seu transtorno até que eu possa levá-la ao psiquiatra.Tem dias que ela deixa de tomar banho á noite antes de dormir para não vir esses pensamentos ou então fica adiando o sofrimento tomando banho cada vez mais tarde,indo dormir só de madrugada ,ela está muito estressada e cansada,tem que acordar cedo para ir à escola e de manhã começa os rituais tudo de novo.Outro dia a noite,ela ficou deitada na minha cama ouvindo música no meu celular e cantando junto com os olhos fechados e bem apertados,como se tivesse querendo expulsar os pensamentos ruins,então eu não insisti para ela tomar banho,senti que ela estava com medo.Meu coração de mãe dói e na maioria das vezes não consigo ajudar.O toc está acontecendo praticamente o dia todo,antes de tomar banho,antes de dormir,na hora de fazer as refeições,antes de desempenhar alguma tarefa,eu deixo ela dormir bastante tempo á tarde, pois ela chega com muito sono da escola e pelo menos nessa hora,ela descansa e não sofre,isso foi ela mesma quem disse.Me escreva uma palavra de apoio.Obrigada

    ResponderExcluir
  23. Olá, entendo o que sua filha está passando, eu tb adiava muitas coisas para não ter que fazer os rituais. Várias vezes pulei algumas etapas para não fazer o ritual. Etapas como, lavar o rosto ao acordar e ir no banheiro. Tinha muitos rituais no banheiro então levantava, me trocava e tomava café. Saia de casa sem lavar o rosto, sem fazer xixi e cabelo despenteado, devia parecer um veidadeiro doido mas tudo para não ter que entrar no banheiro :) Eu parava num padaria para poder lavar o rosto, fazer xixi e passar uma agua no cabelo. Mas passou tudo isso :) Com remédios e terapia aos poucos essas coisas foram diminuindo. Entendo o seu sofrimento por sua filha mas não há o que vc possa fazer por ela além de levar ao psiquiatra e ao psicologo. Por falar nisso ela voi À consulta? Como foi?
    Minha mãe tb sempre tentava me ajudar mas não adianta muito, ela não podia fazer os rituais por mim. Quando eu pedia para ela pegar um copo dagua pq se eu tocasse na torneira teria que ficar horas fazenod rituais na torneira, ela pegava e eu nao fazia esse ritual mas em compensação eu fazia outros.
    Algo de apoio que posso dizer é que sua filha não é a única. 3% da população tem TOC. 2o lugar tem um ditado que diz: o que nao me mata, me fortalece. E o TOC não mata então ele só me deixou mais forte. Quem luta com a propria mente e vence consegue lutar com qualquer coisa.
    Por ultimo, saiba que somente pessoas inteligentes tem TOC :). ISso mesmo, os portadores de TOC são pessoas mais inteligentes que as demais, já ouvi isso de varios psicologos.
    Beijos e não desista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então,eu consegui psicólogo numa faculdade,são alunos que acompanham,mas tudo é supervisionado por psiquiatras formados,espero que funcione.Eu expliquei tudo que acontecia com ela e ele foi fazendo perguntas relacionadas,aos poucos ela foi se soltando,nas próximas sessões,ela vai entrar sozinha.Na saída ela não fez comentário nenhum,também nós discutimos por alguma coisa que eu não sei explicar o porque.Coisas bobas,mas que pra ela tem uma importancia muito grande.A gente começa a conversar numa boa e de repente tudo desava,parece que eu falo alguma coisa que ela não concorda ou interrompo sem querer aí ela tem que repetir de novo o que ela falou várias vezes, aí eu tenho que repetir tá bom, tá bom umas tres ou quatro vezes,se na segunda vez eu responder tá bom e balançar a cabeça,qualquer gesto involuntário meu,ela se irrita,me culpa e começa tudo de novo,não sei se fui clara.mesmo se eu disser,filha,tá bom entendi e tento mudar para outro assunto,não tem jeito,ela diz que sou culpada dela estar tão revoltada e que vai ter que falar tudo de novo,acho que até afirmar,não sei.Só que eu presto atenção,ela esquece até o que tem que falar,tem que ser tudo na mesma ordem e aquilo fica muito tempo,aí eu fico quieta,calada pra não piorar,ela fica com muita raiva de mim,mas depois passa.Não sei se ela é nervosa por causa do toc,ou se é da personalidade dela.será que isso pode prejudicar o tratamento.Tenho medo que ela não tenha uma cabeça boa pra lidar com isso.Agora mesmo ela teve alguns rituais e quando acabou ela disse graças à Deus,to livre agora.Está acontecendo várias vezes ao dia,praticamente o tempo todo.Muito obrigada por ter me respondido,pelas palavras de apoio.Beijos,não vou desisti

      Excluir
  24. Olá pessoal, boa tarde! Bem, venho em meio a este comentário, revelar-lhes que eu também tenho "TOC", e sinto-me um pouco mais animada pois acredito que vocês podem me entender e analisarem este fato, como algo não aterrorizador (talvez), mas que aceitam as diferenças e seres aos quais, possuem este tipo de "síndrome"...
    Bem... Para sentir-me bem, devo limpar passo a passo, todos os meus materiais da universidade, tenho que limpar as canetas, lapiseiras (caso sejam mais do que uma), organizar todos os livros em seqüência decrescente, e sentir pessoal, que eles estão bem... que estão "felizes"... Vocês me entendem? Creio que sim...
    Enfim turma, mas a questão é que perco muito tempo com estes "rituais"... e entristeço-me por não conseguir organizar tudo e milimetricamente organizar até mesmo a minha auto-jornada... Alguém poderia ajudar-me em questão de auto-realização, ou até mesmo, como ser menos demorada e mais tranquila em tal transtorno? Obrigada...

    ResponderExcluir
  25. Olá pessoal, boa tarde! Bem, venho em meio a este comentário, revelar-lhes que eu também tenho "TOC", e sinto-me um pouco mais animada pois acredito que vocês podem me entender e analisarem este fato, como algo não aterrorizador (talvez), mas que aceitam as diferenças e seres aos quais, possuem este tipo de "síndrome"...
    Bem... Para sentir-me bem, devo limpar passo a passo, todos os meus materiais da universidade, tenho que limpar as canetas, lapiseiras (caso sejam mais do que uma), organizar todos os livros em seqüência decrescente, e sentir pessoal, que eles estão bem... que estão "felizes"... Vocês me entendem? Creio que sim...
    Enfim turma, mas a questão é que perco muito tempo com estes "rituais"... e entristeço-me por não conseguir organizar tudo e milimetricamente organizar até mesmo a minha auto-jornada... Alguém poderia ajudar-me em questão de auto-realização, ou até mesmo, como ser menos demorada e mais tranquila em tal transtorno? Obrigada...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andressa, que bom qu resolveu compartilhar. O 1o passo para a cura é aceitar que tem o transtorno. E melhor coisa a fazer é procurar um psiquiatra para que ele avalie a gravidade do TOC e veja a necessidade de medicação ou não. O 2o passo é procurar uma psicóloga para fazer terapia, independente de tomar medicamento ou naõ. A TCC é a melhor terapia para tratar o TOC, se quiser saber mais sobre ela leia o livro "Vencendo o transtorno obsessivo compulsivo" é ótimo.
      Espero que continue compartilhando suas experiencias
      Beijos
      Miguelito

      Excluir
  26. sempre mus pensamentos me mandam fazer algum ritual se nao Deus nao vai mais gostar de mim..alguem tem esse sintoma..

    ResponderExcluir
  27. Olá pessoal, sou Edi desde já venho agradecer ao grande companheiro Miguelito por esse espaço maravilhoso para expressarmos nossas experiências e ferramentas de superacao relacionadas a esse transtorno tao complicado de se conviver.
    Pelos sintomas demonstrados e citados pela literatura e aqui acredito também sou portador de TOC, principalmente pela isoforma obsessiva de pensamentos de carga negativas que me magoavam e furtavam minha valiosa alegria de viver. Desde criança, possuía pensamentos de caracter negativos que me ocasionavam em insônia” Será que vou morrer ao dormir” “Como será a morte” e por assim ia. Logo depois esses pensamentos evoluíram para a esfera religiosa, como fazer sexo com os santos(ave-maria, Deus, Jesus) e pensamentos contra eles. Por ser oriundo de uma família bastante religiosa, esses pensamentos, apesar de sem nocao, me magoavam muito, chegando até a pensar que havia um demônio em minha cabeça e me dava vontade de bate-la na parede. Depois daí, comecei a pensar em pensamentos contra minha salvação, família, amigos e até mesmo contra minha vida, pensamentos de caracter homicida e suicida mesmo. Apesar da dimensão de tamanha estranheza de tais pensamentos, posto que jamais praticaria-os, eles furturam minha alegria de dormir, de comer, de sexo, em suma de viver, entrei em depressão, mas nunca me comuniquei nada com ninguém, por virtude do medo de ser titulado como doido pela sociedade, de endemoniado e condenado pela religião e doente pela minha família. Pessoal, sou academico de medicina, e uma barreira muito grande que enfrentei, foi a falta de concentração, principalmente por intermédio de músicas chicletes que “grudavam” em minha mente e não queriam mais sair. Apesar de meu esforço de tirá-las, gastava muito energia mental e nada adiantava.

    ResponderExcluir
  28. (Edi)

    Mas sempre acreditei em minha superação, foi tanto que um determinado dia, encontrei o as obras de exímio escritor psiquiatra August Cury, alguém que admiro muito, e que devo minha vida! Atraves de seus ensinamentos superei o cárcere da emoção, estou muito melhor do que era e um exemplo de superacao. Aconselho que todos leem as obras de August Cury, algumas ferramentas que me marcaram e que me ajudaram muito e que podem lhes ajudar foram:
    (Gente acredito muito na psicoterapia e na medicacao como potencializador coadjuvante, embora não fiz uso, por isso facam o tratamento corretamente e procure um profissional da area)
    1º Segundo August, O processo de construção dos pensamentos não é unifocal,isto é,não é só meu eu my-self que comanda meus pensamentos, já que existe outro processo inconsciente fora de nosso voluntário que também medeia pensamentos em nosso palco da mente(tirei um peso muito grande em cima de mim, todo aquele sentimento de culpa foi retirado de minhas costas, pensava que era um assassino, agora descobi que a culpa é do auto-fluxo fuleiro ).
    2º Pratica diária do DCD(dúvida, crítica, determinacao)
    Dúvida
    Tudo que cremos nos aprisiona, por isso duvide de todo pensamento de carga negativa, pessimista e diabólica que tiram suas alegrias de viver! Tudo é mentira, culpa do auto-fluxo, drible esses pensamentos
    Crítica
    Jamais seja uma ovelhinha sendo atacada por um lobo, critique e grite dentro de vc que não aceita esses pensamentos de jeito nenhum, vc é mais forte que imagina!

    ResponderExcluir
  29. (Edi)

    Determinacao
    Essas conversas fiadas que não há mais jeito e cura é conversa fiada! Jamis perca a esperança, há jeito sim!Determine a vitória em sua vida, determine que vc vai sair dessa, que será muito feliz e será um exemplo de superação para muitas pessoas que possuem o mesmo problema!
    Valorize-se
    Vc é o maior atleta, escalador, alpinista e vencedor da historia, antes mesmo de vc nascer vc já venceu milhares de concorrente na corrida da fecundação. NÃO SE SUJEITE AOS PENSAMENTOS RUINS, VC VALE MAIS QUE IMAGINA, NÃO SE REBAIXE A PENSAMENTOS TAO TOSCOS E SEM NOCAO QUE NÃO PROVEIM DE SUA VONTADE.
    Religiao
    Peça forcas e orientações divinas
    Pedra
    Tenha esse transtorno não como uma montanha insuperável, mas como um pedra em seu caminho, utilizada como Michelangelo para construção de uma bela escultura, homens da cavernas para construção das rodas, Davi para derrotar o gigante Golias!
    Introspecacao para dentro de si
    Muitos pessoas ao decorrer de suas vidas, fazem diversas viagens internacionais e intercontinentais , mas nunca na historia de suas vidas fizeram uma viagem para dentro de si mesmas, converse consigo mesmo, faça uma reunião de mesa redonda com seus problemas, dificuldades, alto-fluxo, medos, aflições.
    Pratique meditação: veja como e os benefícios comprovados cientificamente: http://www.meditacaotranscendental.com.br/
    As musicas chicletes
    Em relação as músicas chicletes, ao estudar, comecei a colocar músicas de relaxamento e sons da natureza para cobrí-las e consegui recuperar de volta minha concentração!
    Pessoal desejo a todos do fundo de meu coração superação! Só sabe quanto é sofrido quem possui o TOC, acredito em vcs. Pratiquem essas dicas, que se não forem a solução, pelo menos serao uma pequena semente plantada nos coração de todos e que darão arvores e bons frutos de melhoras. Um grande abraço...

    ResponderExcluir
  30. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  31. Tenho 15 anos, todo dia tenho que me cortar para me sentir bem e saber que o dia vai ser bom. Antes de dormir tenho que bater na madeira 3 vezes, faço isso 15 vezes seguidas. Abaixo a tampa do vaso e fecho a porta do banheiro, ou não durmo. Tenho que deitar de barriga para baixo e conferir se não tem ninguem no quarto...

    ResponderExcluir
  32. Boa noite, queria saber se isso que eu tenho e TOC.
    Nao consigo para de duvidar de Deus de questionar, tipo assim, sera que ele e o Deus verdadeiro ou sera que ele existe?, quando estou orando falo com os labios uma coisa e minha mente questiona o que eu estou dizendo, quando vou ler a biblia, lendo e questionando sera que e verdade ou sera que e assim msm?nao consigo para de de duvidar e questionar, e como se eu tivesse que ver pra crer.
    E como se minha mente criase um mundo e eu vivesse nesse mundo, isso atrapalha toda a minha vida, meu trabalho, minha via em familia, vivo tentando vencer esses pensamentos , tentando nao duvidar, tem hora que me da um desespero uma angustia tremenda, tem hora que tao intenso que ja nao e mais duvida mas sim uma certeza de que Deus realmente nao existe, como se minha mente nao aceitase eu crer que Deus existe, coisa tao simples crer ou nao crer, mas pra mim e uma luta onde sempre eu perco pois nao quero crer que ele nao existe, e e isso que minha mente quer, me convencer que Deus nao existe, rouba totalmente minha fe e confianca.
    Isso destroi minha vida, rouba toda minha esperanca, ja nao sei o que fazer, pois pra mim acreditar é confiar, ai quando eu digo que vou confiar em Deus me da um medo um desespero como se eu fosse quebrar a cara e visse que realmente Deus nao existe, quando vou ler um texto por mais simples que seja da biblia nao consigo entender por que fica a duvida sera que e assim msm, sera que estou entendendo certo?, e como se eu tivesse medo de ser enganado, como se tivesse que crer pra ver, agora isso me domina de uma maneira que so melhora quando evito ler a biblia, ir a igreja, nao orar, ou seja quando quebro todo relacionamento com Deus.
    Foi entao que procurando resposta para toda essa minha aflicao que encontrei materias sobre o toc, e descobrir que e a doenca da duvida e da evitacao, e entao descobrir teu blog e pude ler alguns comentarios, e gostaria de saber se isso que eu tenho e toc, pois se for preciso de tratamento, nao.aguento mas sofrer, minha vida e consumida por causa disso pois vivo lutando com minha mente e seus argumentos que querem me fazer nao acreditar em Deus, pois é, ele busca argunmentos para me convencer e me fazer para na minha caminhada crista, como se tivesse vida propia como se fosse outro eu dentro de mim, outro eu que morre de medo de se machucar e se desepicionar e vive tentando me sujestionar a isso, eu sinto esse medo muitas vezes no meu corpo na minha mente de um maneira tao poderosa que nao consigo raciocinar direito e uma ansiedade horenda, pensamentos negativos que vai tudo errado e nao vou conseguir sair dessa, ate em suicidio ja pensei, pois e muita dor, e as pessoas olham para voce e nao sabe de nada que esta acontecendo, essa luta que e travada la dentro de nos, por favor me responda isso e toc?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demétrius,
      É difícil eu dizer se vc tem toc ou não porque não sou psiquiatra e também não estou conversando pessoalmente para analisar outros fatores. Pelo que vc relata aparenta sim ser toc,principalmente porque o toc sempre nos questiona no que mais tememos e pelo visto vc teme muito a religião então é aí que seu toc vai se desenvolver.
      Eu acho que vc deve procurar um psiquiatra para diagnosticar se tem toc ou outro transtorno. Independente do que for tenho certeza que há cura e controle do transtorno. Não tenha medo e nem preconceito e depois nos conte comofoi.
      Abraços

      Excluir
    2. Demétrius,
      É difícil eu dizer se vc tem toc ou não porque não sou psiquiatra e também não estou conversando pessoalmente para analisar outros fatores. Pelo que vc relata aparenta sim ser toc,principalmente porque o toc sempre nos questiona no que mais tememos e pelo visto vc teme muito a religião então é aí que seu toc vai se desenvolver.
      Eu acho que vc deve procurar um psiquiatra para diagnosticar se tem toc ou outro transtorno. Independente do que for tenho certeza que há cura e controle do transtorno. Não tenha medo e nem preconceito e depois nos conte comofoi.
      Abraços

      Excluir
    3. Demetrius engracado o seu caso e igual ao meu so que fora essas duvidas tenho tb pensamentos contra deus e uma loucura se quizer conversar meu email e hallysonlins@hotmail.com

      Excluir
  33. Oi porfavor me responda, estou precisando saber se ou nao toc.

    ResponderExcluir
  34. Olá pessoal! Nossa,vocês só sabem como me sinto aliviada em ler o depoimento de todos vocês e saber que nao sou uma pessoa má, tampouco endemoniada. Compartilho dos mesmos sintomas do colegas. Tive inicio de crises de pânico com medo de morrer, com a certeza de que estava com alguma doença cardíaca, por mis exames que fizesse e me comprovassem minha saúde. Sempre foi muito sofrido pra mim, porque tudo isso começou depois que perdi seguidamente 3 amigos. Fiquei sofrendo com isso durante dois anos, 2010 e 2011 e vejo que este ano me encontro bem melhor. Só que para minha infelicidade comecei a ter pensamentos horríveis, de ordem suicida e de ordem assassina. Eu jamais tive a vontade de realizar tais atos, mas as ideias me deixavam muito mal... Eu me sentia a pior pessoa do mundo... Nao podia olhar uma faca, uma tesoura ou ficar perto da janela da minha sala que os pensamentos ruins já apareciam. Esses pensamentos era como imaginações e tudo isso fazendo terapia. Até hoje eu nao tive coragem de contar para minha psicóloga a respeito e olha que acabei de me formar em psicologia.
    Como encontrei esse blog e fui ler mais a respeito, pude comprovar para mim mesma que eu naosou o que essas obsessões queria fazer de mim...a partir de hoje sinto que vou ficar mais tranqüila por saber que tudo isso é fruto de minha imaginacao e terei coragem de contar para minha psicóloga. É interessante porque na faculdade a gente vê tanta coisa, ainda mais no inicio, quentão me lembrava desse tipo de obsessão... Abraço a todos

    ResponderExcluir
  35. Ola, esta semana fui ao pisicatra e fui diagnosticado com pensamentos obsessivos ou seja toc, fui medicado com haldol e libitrol e nao vejo a hora de sentir as melhoras, pois atrapalha demais a vida, so quem tem e que sabe.
    Espero da proxima vez que postar contar os resultados positivos ou seja a vitoria em relaçao a tudo isso.
    Obrigado pela sua atençao em responder a minhas duvidas, as pessoas precisam de alguem que entenda o que se passa na cabeça delas, para que elas sabam que nao estão ficando loucas e que tem muita gente sofrendo a com a mesma coisa, e terem a consciencia de que isso e uma doenca e que tem controle e tratamento.
    Eu tive que aprender isso, e hoje sei que tudo aquilo que nos empata de viver uma vida normal, que quer nos travar e encalhar e uma doenca e que precisa ser tratada.
    E a mesma de um alcolotra, para ser tratado ele tem que aceitar que esta doente e que o alcolismo e uma doenca, assim tambem e o toc que se levanta dentro de nos, nos nao o escolhemos mas ele veio e se estalou, agora temos que lutar, e aida bem que existe vitoria contra ele.
    Que DEUS abencoe cada um que tem esse transtorno para que possa vencer pois sei que ele tem o melhor para cada um de nos, pois assim ele ja demonstrou dando JESUS em nosso lugar para morrer pelos nossos erros.

    ResponderExcluir
  36. eu tenho manias desde pequeno, hoje eu tenho 18 anos, as minhas manias parecem ter diminuído um pouco, quando eu era mais novo eu sofria muito com isso, a mais ou menos 2 anos atrás eu dormia em uma cama de madeira, todas as noites eu tinha que fazer o ritual, no começo eu tinha que bater 3 vezes na madeira antes de dormir, (meus pais pensavam que eram alguém batendo na porta) e depois rezar a mesma oração duas vezes, ao passar dos anos isso foi piorando eu passava uns 15 minutos batendo na madeira, minha irmã que dormia em outro quarto chegava a brigar comigo, todos já estavam acostumados com isso, hoje graças a Deus eu durmo em uma cama que não é de madeira e esse ritual foi embora, mais quando eu ia pra escola eu sempre passava próximo de uma funeraria, nessa hora eu tinha que prender a respiração pq se não já viu o que acontece... hoje eu ainda sofro com isso, quando eu estou assistindo TV, e passar algo de ruim, eu tenho que pegar em todos os santos de minha casa e pedir proteção para minha família, quando é a noite eu faço isso umas 10 vezes, agora mesmo nesse momento no meu quarto tem tres santos, de 5 em 5 minutos eu tenho que me virar e rezar. alguem pode me passar informações de como eu devo fazer pra livrar um pouco disso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anonimo,
      A melhor maneira de vc se livrar é procurar um psiquiatra para ele receitar um anti-obsessivo que diminua seus pensamentos e depois uma psicologa que faça TCC para vc parar com os rituais. Enquanto isso continua desabafando nesse blog :)
      Abraços

      Excluir
  37. Demetrius R. Queiroz09 agosto, 2012

    Ola anonimo, procure um pisquiatra para fazer uma avalicao, de uma coisa eu tenho certeza, voce nao esta ficando maluco, pois eu acho que e isso que voce pensa como eu tambem pensei, mas fui a o pisquiatra e fui diaguinosticado com TOC, o meu era tambem de pensamentos e ideias obsessivas e isso me fez sofre muito, muito mesmo e eu pensava que estava ficando louco, e como de tivesse dois eu, um querendo uma coisa e outro outra, mas agora esto fazendo o tratamento e estou bem melhor, nao estou 100% mas ta bem melhor, olhe, nao esqueca, voce nao esta ficando louco, pois essa doenca nos faz pensar que estamos e ate as vezes nos convence disso, mas tenha uma certeza de uma coisa, e uma doenca, procure um pisquiatra, tenho quase certeza que e TOC, mas quem vai lhe explicar melhor eo pisquiatra, procure um e boa sorte.

    ResponderExcluir
  38. Oi pessoal ! Também sofro desse mal. Já tem muitos anos mesmo que tenho esse TOC religioso. Fiquei muitos anos no anonimato sofrendo com esses pensamentos cruéis, pois não tinha e não sabia o que era o Pecado (Blasfemia contra o Espirito Santo). Conversei com Pastores e acontece que se estamos preocupados em estamor tendo esses pensamentos, mesmo que contra nossa vontade, já é o suficiente para saber que não cometemos tal pecado. O inimigo não tem essa preocupação, muito pelo contrário, sente feliz com pensamentos desse tipo. Fui ao médico e constatei que tinha TOC - Transtorno Obsessivo Compulsivo e então o médico me receitou (Fluoxetina). REalmente foi uma benção esse remédio.MElhorei muito. Fiquei aliviado também depois por saber que muitas pessoas tem isso também. Consegui uma melhora grande, mas não a cura completa, pois dependendo do momento da sua vida, as circunstâncias, os acontecimentos, o TOC pode voltar, pois na verdade a nossa mente é uma somatória de memórias e as lembranças por mais que fraquinhas, estão lá e podem voltar a mente quando algo acontecer. Só que com o tempo e com a ajuda de nosso Deus querido, você vai atingindo maturidade, vai orando e pedindo para Ele em seu poder soberano e misericorida, nos ajudar, pois isso é mais forte que a gente. Graças a Deus por Jesus Cristo nosso Senhor que disse nunca nos abandonar e por ser o amor dele incondicional, sabemos que podemos contar com Ele. Olha tive experiências maravilhosas com Deus mesmo após ser acometido por essa doença. A questão é que como é neurológica, a gente precisa tomar remédio para que o número de neurotransmissores do Cérebro aumente e com isso os pensamentos obsessivos diminuam. A questão é que não conseguimos entender o fato de amarmos tanto a Jesus e praticarmos essa "injustiça" através dos pensamentos. Mas o mais legal é que sabemos que abominamos esses pensamentos, pois o nosso coração, alma e espírito pertencem a Deus, nosso criador. Jesus é maravilhoso, já apareceu para mim em sonhos dizendo que sou Dele. Tenho outras experiências marcantes com o Amor de Deus e creio que o Senhor está me usando e a cada um de vocês para nos unirmos e nos ajudarmos e ajudarmos outras tantas pessoas que sofrem com isso.
    Mas o mais legal é que quando pensamos no "AMOR de Deus " tudo vai embora e tudo fica bem, na paz verdadeira do Cordeiro de Deus.
    Gente, não vamos desanimar, Deus é maravilhoso e sempre que os pensamentos aparecerem, por favor, coloquem os respectivos no altar do Senhor Jesus, aos pés da Crus do nosso Senhor JEsus todo Poderoso que um dia estará conosco.
    Graças a Deus que olhamos para o nosso ser e constatamos que esses pensamentos não combinam com o nosso modo de ser, agir, falar e até mesmo pensar. São pensamentos intrusos, mas por conta de não termos a clareza exata do significado do que provocou tudo isso.
    Minha oração hoje é para que Deus em seu amor infinito nos ajude, nos limpe , nos purifique para que possamos nos apresentar a Ele de forma limpa e justa.
    Jesus é maravilhoso. Senhor Deus nos ajude com esses problemas e que o seu poder e amor infinito nos cure de todo mal. Em nome de Jesus AMEM.
    Fiquem na PAZ.

    ResponderExcluir
  39. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  40. Olá tal com vocês sofro de toc,ao inicio como nao sabia o que se passava comigo pensava que andava louca, acerca de mais ou menos um ano deixei de conseguir controlar e tive de pedir ajuda hoje consigo passar o dia muito melhor sem que pensamentos obssessivos me invadam a mente gostava de partilhar convosco e que me ensinassem tecnicas para superar e aprender a viver com toc obrigado :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu testemunho Carol, é bom ouvirmos estórias de sucesso. Para aprender a viver com o toc vc precisa ignora-lo, não dar bola aos pensamentos e não realizar os rituais.

      Excluir
  41. boa noite,
    me chamo Nil tenho 32 anos
    e a primeira vez que entro neste blog..
    pessoal tenho toc desde pequeno e tenho muitas experiencias para passar para voces..
    amanha entrarei para poder dividir melhor o que sinto
    beijos

    ResponderExcluir
  42. Eu tenho TOC a mais de 10 anos. E já consegui tirar mais de 90%,sem ajuda de psicologo ou psiquiatra emuito menos de remédios, só na ração mesmo, na força de vontade. mas ainda existe os 10% teimosos que insisteem em não sair e atrapalhar a minha vida, e entrei aqui, porque gostaria de trocar umas idéias com quem tem TOC para que possamos nos ajudar. Se tiver algum interessado o meu msn é wesley_ar@hotmail.com me adicionem e podemos nos ajudar.

    ResponderExcluir
  43. entao pessoal,boa noite...
    tudo começou quando eu tinha uns 14 anos,quando eu estava caminhando para o trabalho e de repente passei pelo um lugar e vi uma arvore velha seca de repente olhei e me deu tristeza depois ficou aquela imagem da arvore na minha mente o tempo todo entao eu teria que passar todos os dias pelo mesmo lugar para poder olhar para a arvore e pensar diferente para ficar feliz,,essa obsessao vai e vem passa anos e chega anos e sempre insiste em voltar..eu sofro muito com isso pois tenho a sensaçao que ela ira me acompahar por toda vida...hoje em dia a arvore nem existe maism so que na minha mente e como se ela estivesse do mesmo geito me trazendo tristeza..outro epsodio triste foi uma vez eu parei em um local para fumar um cigarro e quando estava quase pela metade quando eu fui tragar ao puxar o cigarro meu dedo pegou na brasa e deixei o cigarro cair ou lancei para algum lugar nao sei para onde foi so sei que nao achei..passei a noite toda de prondidao no mesmo local procurando o cigarro,na minha cabeça era como se algo falasse se vc nao encontrar vc nao vai ficar mais feliz se vc nao encontrar vc ficara eternamente angustiado..quando amanheceu o dia fui procurar novamente e achei bem distante do local uma bituca de cigarro mesmo assim nao me convenci que fosse o meu pois imaginei que foi alguem que jogou por la...entao eu fico o tempo todo pensando..para onde foi?como um objeto pode sumir assim?sera se foi algo provocado do maligno? e agora como irei viver sem ter achado o cigarro?gente isso e terrivel vivo com essa duvida ha 10 meses junto com a obsessao da arvore que sempre insiste em voltar.....e tenho outras varias obsessoes,,ex:quando estou estressado e vejo alguem gordo e feio costumo falar mentalmente para mim um nome de alguem bonito para que eu fique eternamente bonito tipo penso e falo em alta voz so para que eu escute fabio assunçao....nossa isso e terrivel..
    hoje estou com 32 anos e começei meu tratamento a 1 mes e tomo o exudos ainda nao vi melhoras significativas...gostaria de saber se alguem ai ja passou pelo o que eu estou passando?
    vamos partilhar comigo pessoal estou no processo de tratamento preciso de alguem experiente que possa entender tudo isso que eu estou falando...
    abraços a todos

    ResponderExcluir
  44. Ho miguelito porque vc nunca postou um comentario das minhas obsessoes? te adicionei no face ok?
    entao cara estava agora a pouco lendo as postagens e fiquei tao triste com um cara que postou dizendo que a 30 anos tem toc e que ha '10 faz tratamento e que nao melhorou nada eu começei dar uma suadeira aqui e imaginei meu Deus sera se eu tambem nao vou ter melhora igual a este cara...nossa
    aguardo um retorno seu amigao
    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí cara, não são todos os comentários que consigo responder porque são muitos. Mas leio todos, vi que vc passou a noite procurando o cigarro. Eu quase passei a noite indo verificar se o portão estava fechado. Pedi a minha mãe que escondesse a chave da porta mas acabei saindo pelo portão do lado, não adianta, o toc sempre arruma uma saída. Será que esse cara do testemunho não sou eu? Rs

      Excluir
    2. nao era voce nao Miguelito srsrs,cara sucesso ai sempre viu e o blog e showw espero com ele aprender e passar tambem minhas experiencias..

      Excluir
  45. bom dia ou boa noite... tb tenho toc, e outros transtornos. Eu penso q pessoas q tem toc traz consigo experiencias mt sofridas, dificeis de ser administradas sem ajuda de um profissional...desde crianca eu tenho este problema. Existe algumas formas de amenizar o problema....primeiro eh nao se sentir lixo por causa do transtorno embora toc transtorna mt nossa qualidade de vida. todo mundo tem algum tipo de transtorno relativo ao emocional, por pequeno q seja, mas tem. Os maiores inventores, musicos e artistas sao os q tem piores transtornos, e' so' pesquisar sobre estes famosos. Entao nao somos nada anormais.....o problema e' q sofremos c isto........e por isto e' melhor procurarmos varias alternativas p melhorar......tratamento medico e' importante pelo menos ate' a situacao se estabilizar...alimentacao....descanso..atividades e' mt importante.....Hoje nao tenho mais sofrido apesar de saber q nao tem cura por causa da baixa serotonina. Nao tomo remedios nenhum mas jah os tomei por um tempo. E sabem onde aprendi a me gostar e saber q Deus me conhece mais do eu mesma e este mesmo Deus e' um Deus de amor q ama cada filho na terra?! .....nasci e cresci na igreja catolica mas o q me ensinaram soh piorou meus transtornos e mts vezes eu quis me suicidar pois eu tinha conhecimento de um Deus castrador e q castiga e isto somado aos meus problemas familiares na infancia foi a formula perfeita p piorar. Um dia uma pessoa bateu em minha porta e perguntou se eu queria conhecer Deus e eu disse q conhecia....ela fez-me perguntas e eu nao soube responder e cheguei a conclusao q sabia nada mesmo.....comecei a estudar sobre Deus e isto fez diferenca p meus transtornos. Jesus Cristo disse: conhecereis a verdade e a verdade vos libertara' ....... mas precisa tomar mt cuidado com quem vais aprender sobre Deus. Muitos usam o nome de Deus p interesses proprios. Quem nao esta se sentindo bem, pode correr atras de qqr coisa q prometa cura. Eu estudo com uma testemunha de Jeova e todo mundo fala q sao fanaticos e sei mais la o que e eu digo q nao sao nada disso e tenho profundo respeito por eles pois sao educados, agradaveis, tem padrao moral elevado(nao tem o habito de mentir ou de pegar o q e' dos outros e nao sao abusados) .
    Conhecam Deus Criador, Pai de Jesus Cristo e tb nosso Pai, e acredito q todos melhoraremos. Aprendi a educar meus pensamentos e com isto melhorei mt. Maria Andrade

    ResponderExcluir
  46. SempreAprendendo28 agosto, 2013

    Se por um lado o TOC é um problema, por outro tenho que admitir (depois de ler diversos comentários desse blog e de outros) que de certo modo tenho sorte...
    Tenho TOC e descobri a cerca de 3 anos, apesar de lidar constantemente com uma ansiedade enorme e algumas vezes ficar exposto perante colegas ou conhecidos por causa de mudanças de comportamento repentinas (fora os pensamentos indesejáveis), percebi que tenho uma visão diferenciada sobre muitas coisas, que as outras pessoas não conseguem ver...
    Convivendo com as pessoas em ambientes de trabalho, estudo, ou outros, pode-se perceber, observando com cuidado, que a maioria dessas pessoas tem sentimentos reprimidos, que as perturbam, mas que elas preferem deixar intocados; e são esses sentimentos que induzem essas pessoas a serem falsas, infiéis,desleais... Nós como portadores do TOC, enfrentamos todos os dias tais sentimentos, somos desafiados pela nossa própria mente a entender o por que de sermos o que somos, e aprendemos que o problema não está nas outras pessoas, está em nós...
    Entendendo a nós mesmos, e aprendendo a lidar com nossos próprios sentimentos reprimidos, nós temos em mãos o dom de compreender as dificuldades do próximo.
    Enquanto mundo a fora a sociedade brasileira (ou mundial) preocupa-se em se engolir em meio a agressividade, falta de respeito e violência gratuita, um grupo de pessoas num blog cede tempo do seu dia para ler sobre as dificuldades de um desconhecido, e fazer o melhor para ajudar a resolver esses problemas.
    Refletindo sobre tudo que li (e o que acabei de escrever) chego à conclusão de que o TOC, na minha vida, não simboliza uma doença, e sim uma oportunidade (o mesmo vale a todos vocês).
    Agradeço a todos os participantes desse blog, por terem escrito tantas coisas boas e úteis aqui, e/ou por terem lido meu comentário.
    Meu nome é André e as maiores dificuldades geradas pelo meu TOC são: insegurança, estresse (principalmente em lugares lotados/barulhentos) e perda de foco constante em diversos tipos de atividades; aprendo a cada dia como lidar e enfrentar tais dificuldades, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Caso alguém sinta-se interessado/a em me ajudar ou se precisar de alguma ajuda (conselhos, etc...) com relação ao TOC; sinta-se a vontade para me contactar pelo meu e-mail: andrerdei@Gmail.com
    Mais uma vez obrigado a todos, e boa noite.

    ResponderExcluir
  47. carolina 32 lina
    tenho toc a 10 anos e sofro muito com tudo isso pois amooooo crianças e meu maior sinho é ser mae mas os meus pensamentos nao me deixam , tenho pensamentos horriveis de envenenar a criança, jogar da janela e ate achei que era pedofIla pois tenho medo em colocar a mao de proposito nos genitais das crianças , meu Deus como sofro tenho uma sobrinha que é minha vida e nao consiguia cuidar dela de tanto medo aggora a pouco tempo que melhorei um pouco ,,,, alguem ja passou por isso pelo amor de Deus

    ResponderExcluir
  48. Respostas
    1. Sim, as vezes me acho errado, mas não tenho vontade alguma, só tenho muito medo...eu adoro crianças.Não gosto de ficar em público fico incomodada com pessoas perto de mim, é e as pessoas notam...

      Excluir
  49. Oi..eu acho qe tenho toc..algeun pode me ajudar..me chama no zap.18 997774903..pfvr

    ResponderExcluir